25 abril 2018

[News] Co-produção Brasil-Argentina ´´Los territorios´´´estreia dia 7 de junho



O filme LOS TERRITORIOS, de Ivan Granovsky,  estreia no Brasil no dia 07 de junho. O longa acompanha a jornada de Ivan, filho de um importante jornalista argentino que, após o ataque ao jornal Charlie Hebdo, em Paris, sai em busca de diferentes eventos e conflitos geopolíticos ao redor do mundo.  O filme teve sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Roterdã, no início do ano.
Além de filmagens realizadas na Argentina, França, Espanha, Palestina, Israel, Grécia, Síria e outros lugares do mundo, o filme também foi rodado em São Paulo e Brasília e conta com a participação especial do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
-Durante minha infância, era cercado de jornais de todo o mundo. A imagem mais marcante que tenho dessa época é a do meu pai carregando caixas e caixas de jornais de um lado para outro. Além de jornais, eu cresci cercado por mapas que meu avô tinha me dado, memorizei todas as capitais rapidamente. Durante esses anos, quando visitava meu pai na redação, me vangloriava desafiando outros jornalistas sobre as capitais do mundo. Não estudei geografia e não virei jornalista. Mas, graças ao cinema, viajei bastante, e, por causa disso, pude pensar no filme.– conta o diretor Ivan Granovsky.
Além do próprio Ivan, que protagoniza o filme, seu pai,  Martin Granovsky, também participa do filme. Formado em história, Granovsky é colunista diário do jornal “Página 12”, na Argentina, dirige o “Núcleo de Estudos sobre o Brasil” na Universidade Metropolitana para a Educação e Trabalho, é professor de relações internacionais e coordenador da TV no Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais.
Produzido pelas produtoras argentinas Autocroma e CSP Filmes e pela brasileira SANCHO&PUNTA, LOS TERRITORIOS teve toda sua pós-produção realizada no Brasil. O roteiro é assinado também pelo brasileiro Michael Wahrmann, e a trilha original, além do desenho de som, é do brasileiro Edson Secco. O longa chega aos cinemas após uma longa carreira em festivais, inclusive o Festival Internacional de Cinema do Rio em 2017, com distribuição da Vitrine Filmes.
SINOPSE
Depois do ataque ao jornal Charlie Hebdo em Paris, Ivan, o filho fútil de um importante jornalista argentino, embarca em uma jornada perseguindo diferentes eventos e conflitos geopolíticos ao redor do mundo. No entanto, encontrar os acontecimentos na linha de frente é uma tarefa árdua. E ainda mais difícil do que se tornar um correspondente de guerra é marcar as fronteiras entre sua vida, o egocentrismo que o guia, seu pai e os conflitos globais da atualidade.
FESTIVAIS
Festival Internacional de Rotterdam, Holanda 2017
Festival de Cartagena, Colombia 2017 - Premio Especial do Júri
Viennale - Festival Internacional de Viena, Áustria 2017
BAFICI - Festival Internacional de Buenos Aires, Argentina 2017
Festival Del Nuevo Cine Latinoamericano De La Habana, Cuba, 2017
Festival Do Rio, Brasil, 2017
Festival Internacional De Cine Del Desierto, Mexico, 2017
Festival De Cine Latinoamericano De Quito, Equador, 2017
Santiago Festival Internacional De Cine, Chile, 2017
Festival International Du Film Independant De Bordeaux, França, 2017
Rencontres Internationales Du Documentaire De Montreal, Canada, 2017
Festival Internacional De Cine De Medellín, Colombia, 2017
FICHA TÉCNICA
Doc-Ficção | 2017| 90’ | Brasil-Argentina
Diretor: Ivan Granovsky
Elenco: Ivan Granovsky, Martin Granovsky, Alberto Ajaka, Valeria Lois, Rafael Spregelburd, Joana De Verona, Barbara Gauvain, Juncal Altzugarai, Iris Becher, Aitor Beltran, Sofia Brito, Jeri Fastere Rita Naspit
Produzido por: Ivan Granovsky, Ezequiel Pierri & Tebbe Schöningh
Coproduzido por: Julia Alves , Michael Wahrmann, & Silvia Cruz
Produtores associados: Constanza Sanz Palacios, Marion Klotz, Jeronimo Quevedo, Victoria Marotta, Alessio Rigo de Righi, Leticia Bernaus, Angela Massoni, Pablo Ottonello & Ana Godoy
Roteiro: Ivan Granovsky, Ezequiel Pierri, Ana Godoy, Felipe Galvez & Michael Wahrmann
Produtores executivos: Ezequiel Pierri & Julia Alves
Diretores de Produção: Felipe Santo, Pierre Lazarus & Romina Salem
Ciinematografia: Tebbe Schöningh
Direção de arte: Marina Raggio
Figurino: Flora Caligiuri & Florencia Gabelli
Edição: Ana Godoy
Trilha Sonora: Edson Secco
SOBRE A VITRINE FILMES
Em sete anos, a Vitrine Filme distribuiu mais de 100 filmes. Entre seus maiores sucessos estão “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, que alcançou mais de 200 mil espectadores; “O Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho, considerado pelo New York Times um dos melhores filmes de 2012; o Americano “Frances Ha”, indicado ao Globo de Ouro em 2014; “Califórina”, filme de estreia de Marina Person, selecionado para o Festival de Tribeca; “Mãe Só Há Uma”, de Anna Muylaert, diretora do premiado “Que Horas Ela Volta?”; “Aquarius”, segundo longa de Kleber Mendonça Filho, que competiu no Festival de Cannes e levou 360 mil espectadores aos cinemas brasileiros; e o documentário “Cinema Novo”, que ganhou o prêmio “Olho de Ouro” também no festival de Cannes. Em 2017, a distribuidora lançou “O Filme da Minha Vida”, terceiro filme como diretor de Selton Mello e que já levou mais de 250 mil pessoas aos cinemas.


Nenhum comentário

Postar um comentário