Books Brasil Books

Novidades

[News]Conheça a nova sensação do pop alternativo: Madeline The Person

 

CLIQUE AQUI E OUÇA AGORA “MEAN!”https://madelinetheperson.lnk.to/MEAN

CONHEÇA A NOVA SENSAÇÃO DO POP ALTERNATIVO: MADELINE THE PERSON

Com mais de 2 milhões de streams na primeira semana de estreia do single “MEAN!” e viralização no TikTok, que inclui mais de 150 mil criações, a faixa colocou a artista no radar e já foi repostada por influenciadores e artistas de renome, como Bella Poarch

Uma nova estrela desponta no pop alternativo, trazendo como um trunfo da própria narrativa a vulnerabilidade e a transparência. Madeline The Person é o nome da jovem de 19 anos, nascida em Houston, Texas, Estados Unidos, que atualmente figura no chart do Spotify em 12 praças diferente. Apenas na semana passada, o single acumulou mais de 6,7 milhões de streams – um estouro que, em apenas uma semana, trouxe 1 milhão de visualizações e mais de 150 mil criações no TikTok.

Madeline The Person tem na música e na composição grandes aliados para processar traumas, registrar conquistas – e tudo que estiver confusamente disposto entre esses dois polos. Compulsivamente honesta, o projeto de estreia da artista, em 2021, deixou isso claro: “Chapter 1: The Longing” traz, como em antigas inscrições de diário, quatro músicas que documentam os altos e baixos que foram a visão de mundo e da vida de Madeline.

Clique e assista "MEAN!" aqui:

Como muitos prodígios do pop, Madeline cresceu em uma casa cheia de música. O talento dela foi cultivado desde cedo e ela foi descoberta pela Warner Records – uma distribuição nacional Warner Music Brasil – depois de postar uma série de covers virais no TikTok, dando início a uma história que ainda terá muitos capítulos e que já começam a ser desvendados: no segundo EP, “Chapter 2: The Shedding”, no qual Madeline se foca no aqui e agora e aborda temas como sexualidade, identidade e crescimento.

Divulgação

O principal single da cantora antes do crescimento de “MEAN!”, “Haunted”, é um hino pop acústico sobre um romance condenado. Já em “August”, da americana com o amigo Adam Melchor, é sobre um relacionamento que cresce à distância. E, sim, é autobiográfico. Mas, como sugere o apelido que ela escolheu, a artista inovadora planeja manter os pés firmes no chão. “Tenho muitas falhas, defeitos e sentimentos que machucam”, diz ela, “mas também todas as coisas boas. Eu sou apenas uma pessoa”.

Redes Sociais:
YouTube: youtube.com/madelinetheperson
Instagram: |@madelinetheperson

PR/WMB

Nenhum comentário