Novidades

[News] Filmes estrangeiros dirigidos por mulheres se destacam na programação do Festival do Rio

O poder feminino no cinema não poderia ficar de fora desta edição do Festival do Rio, que acontece entre os dias 9 e 19 de dezembro. Filmes dirigidos por mulheres integram a programação da mostra Panorama do Cinema Mundial, incluindo o longa de abertura: Adoráveis Mulheres (Little Women), de Greta Gerwig, uma adaptação do famoso livro homônimo, de Louisa May Alcott, lançado entre 1868 e 1869.

Outras produções comandadas por mulheres também ganham destaque. Um Lindo Dia na Vizinhança (A Beautiful Day in The Neighborhood), de Marielle Heller, é estrelado por Tom Hanks e forte concorrente ao Oscar®. Já O documentário The Kingmaker (The Kingmaker), de Lauren Greenfield, oferece um retrato da ex-primeira dama das Filipinas Imelda Marcos, enquanto Retrato de uma Jovem em Chamas (Portrait of a Lady On Fire), de Céline Sciamma, é o novo drama da diretora francesa que foi vencedor da Palma Queer do Festival de Cannes.

Confira as sinopses:

Adoráveis Mulheres:
A diretora e roteirista Greta Gerwig (Lady Bird – A Hora de Voar) costurou seu filme Adoráveis Mulheres usando como base o romance clássico e também os escritos de Louisa May Alcott; e criou uma história que se desenrola enquanto o alter ego da autora, Jo March, relembra fatos do passado e do presente de sua vida fictícia. Na visão de Gerwig, a amada história das irmãs March - quatro jovens mulheres, cada uma determinada a viver a vida em seus próprios termos – é uma história clássica e ao mesmo tempo muito atual. Retratando Jo, Meg, Amy e Beth March, estão as atrizes Saoirse Ronan, Emma Watson, Florence Pugh e Eliza Scanlen, respectivamente. Timothée Chalamet interpreta o vizinho Laurie, enquanto Laura Dern vive Marmee e Meryl Streep é a Tia March.

Um Lindo Dia na Vizinhança
Tom Hanks é Mister Rogers em Um lindo dia na vizinhança, uma história atemporal sobre a gentileza triunfando sobre o cinismo, baseado na amizade real entre Fred Rogers e o jornalista Tom Junod. O entediado escritor de revista é escalado para fazer um perfil sobre Fred Rogers e supera sua incredulidade, aprendendo sobre gentileza, amor e perdão com o vizinho mais querido da América.

The Kingmaker
Centrado na trajetória de Imelda Marcos, este filme examina, com acesso inédito, o improvável retorno da família Marcos ao poder nas Filipinas. Explora o perturbador legado do seu regime e narra os esforços recentes de Imelda para ajudar seu filho, Bongbong, a conquistar a vice-presidência. Imelda reescreve a história de corrupção de sua família, substituindo-a pela narrativa do extravagante amor de uma matriarca por seu país. Numa época em que notícias falsas manipulam eleições, a história de retorno de Imelda funciona como um sombrio conto de fadas. Veneza 2019.

Retrato de Uma Jovem em Chamas
Na França de 1770, Marianne, uma pintora, é contratada para fazer o retrato de casamento de Héloïse, jovem recém-saída do convento. Héloïse é uma relutante candidata a noiva e Marianne deve pintá-la sem que ela saiba. A artista a observa durante o dia e dedica-se ao quadro em segredo. Prêmio de melhor roteiro e vencedor da Palma Queer, para filmes de temática LGBT, no Festival de Cannes 2019.

Sobre o Festival do Rio
Desde sua criação, o Festival do Rio já exibiu 7 mil longas, incluindo filmes recém-premiados em festivais e mostra internacionais como Cannes, Berlim, Toronto, Veneza e outros. Formador de público mas também de mão de obra, o Festival do Rio capacitou mais de 7 mil profissionais para o mercado audiovisual e de eventos. Distribuídos em diferentes mostras, incluindo a Première Brasil, os filmes nacionais compõem parte importante do festival, que é a maior vitrine da cinematografia brasileira.

Para fotos de edições passadas e informações sobre o Festival, acesse o site: www.festivaldorio.com.br



Nenhum comentário