11 janeiro 2019

[News] Sara e Nina lançam a música ¨Movimento de translação¨ em show inédito,¨Atenta¨ e perguntam: Você beijaria uma travesti?


As drags Sara Lola e NinaPaola começam o ano cheias de novidades. No dia 30 de janeiro a dupla lança a música “Movimento de Translação” em um show inédito no Manouche, na Zona Sul do Rio, denominado ATENTA, um espetáculo que promete colocar as pessoas para pensarem e falarem sobre coisas que vão deixá-las atentas, além de promover um movimento de união e amor.

“O show vem desse choque que foi esse ano, desse trombar de gente. De posicionamentos políticos acabando com relações, mas sem fechar os olhos para questões que acreditamos em nossa posição como cidadãs. O show é para que nos mantenhamos em diálogo e não em posição bélica. É preciso olhar o outro com amor e compreensão para que o mundo se torne melhor e não se torne um lugar de guerra. O show fala sobre a necessidade de mudança, de uma sociedade mais diversa e flexível, de um olhar mais amoroso ao próximo e de saber como lutar por seus direitos aceitando e respeitando as diversas manifestações humanas”, contam Sara e Nina.

Um dos momentos auges de ATENTA será o lançamento da música “Movimento de Translação”, música de autoria própria de Sara e Nina e que por coincidências graciosas do destino, se tornou uma espécie de canção que retrata histórias vividas pela atriz e ativista travesti, Dandara Vital.

“Estávamos compondo a música e quando chegamos à letra final vimos que a personagem principal não era nós duas e sim uma travesti. Escolhemos Dandara para esse papel porque é uma mulher engajada nessas questões e na época que a escolhemos, ela estava postando em suas redes sociais a campanha: “você beijaria uma travesti?, achamos incrível e aderimos a essa campanha”, conta a dupla.

A música busca despertar nas pessoas um olhar mais carinhoso sobre o outro, qualquer que seja, ressaltando que as diferenças são a diversidade humana que está em toda forma de vida.

‘Movimento de Translação’ traz a certeza de que não se pode mais excluir, marginalizar, nem pré-julgar uma pessoa porque ela não está incluída na normatividade. Segundo Sara e Nina, ela é perfeita para o show ATENTA, por todo conceito que desejam passar através dele: “É preciso ter um olhar atento às mudanças sociais que já estão aí e incorpora-las no comportamento social como uma atitude para além da inclusiva, uma atitude de compartilhamento da vida. Esta música é um alerta para a sociedade entender que tudo já mudou, que não tem mais espaço para retrogradar. Que o olhar obtuso e antigo não faz mais parte da evolução humana. As travestis em sua potência são maravilhosas e belas, e deseja-las e ama-las é possível”.

ATENTA terá um pouco mais de 1 hora de duração e será composto por músicas autorais do novodisco e músicas de autores novos e autores consagrados.  Além do lançamento de “Movimento de Transição”, o repertório contará também com sucessos da MPB como “Divino Maravilhoso” de Gal Costa, “Genil e o Zepelim”, de Chico Buarque, além de outras músicas autorais da dupla como “Céu de Framboesa” e “A História de Mafalda”, que estarão em breve em um novo disco.

“O show é sempre irreverente e engajado, com texto e falas que comunicam diretamente a quem nos assiste. Haverá possibilidade de levantar e dançar, mas é um show principalmente para ser ouvido e absorvido”, complementam as drags.

ATENTA conta com direção de Luís Felipe Sá que faz um convite ao público: “Sara e Nina misturam passado e presente, política e diversão, luta e erotismo, música e dramaturgia, homem e mulher, atenção e tentação. Saia do bode e venha curtir Sara e Nina”.

Sobre Sara e Nina

Sara e Nina são duas cantoras e atrizes que fazem arte como veículo de transformação. Sara é bacharel em letras pela UFRJ e formada em teatro pela Casa das Artes de Laranjeiras, Nina é bacharel em artes cênicas pela UNB e formada em balé clássico e canto erudito. Construíram juntas um histórico de atuação artística/musical engajado e em diálogo com questões de gênero e sexualidade. Apresentam-se em shows de música como dupla desde 2014 e preparam agora o primeiro disco a ser lançado no início de 2019.

Receberam Moção de Louvor e Congratulações, concedida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro, por ampliarem a voz de engajamento em causas de igualdade de gênero e direitos sociais para a população LGBT+. Foram palestrantes da versão regional do TED em Belo Horizonte para falarem sobre “Ser humano”. O trabalho da dupla cria reflexão social e conscientização da liberdade como potência humana. Elas primam por empatia para erradicar as intolerâncias.

Serviço ATENTA:

Data: 30/01/2019, quarta-feira

Horário do evento: 21h

Abertura da casa: 20h

Local: Manouche - R. Jardim Botânico, 983 – Jardim Botânico – Rio de Janeiro/RJ

Ingressos:

R$ 30 (meia entrada)

R$ 40 (solidário: levando um quilo de alimento não perecível)

R$ 60 (inteira)

 Cartões aceitos: Todos os cartões, exceto Amex.

Telefone: 21 3514 – 8200

Classificação etária: 18 anos. Menores a partir de 14 anos entram acompanhados dos pais, ou dos responsáveis legais mediante apresentação de autorização; proibida venda de bebida alcoólica e permanência após 22h.

Capacidade para 90 pessoas.



Nenhum comentário

Postar um comentário