Novidades

[News] Eles estão de volta! ¨Sai de baixo-O filme¨ chega aos cinemas dia 21 de fevereiro


“Sai de Baixo” está de volta e, desta vez, nos cinemas de todo o país! O trailer do filme foi divulgado hoje: 07 de janeiro, junto com o primeiro pôster oficial. Baseado em um dos seriados de maior sucesso da história da televisão brasileira o filme é dirigido por Cris D'Amato (“S.O.S. - Mulheres ao Mar”, “É Fada!”) e é uma produção de Daniel Filho (idealizador da sitcom). O longa-metragem tem estreia prevista para o dia 21 de fevereiro.

Os icônicos personagens Caco Antibes (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth) e Ribamar (Tom Cavalcante) estão novamente juntos. Aracy Balabanian, sucesso como Cassandra e Luis Gustavo como Vavá também estão presentes no filme, que conta ainda com novos personagens que vão aumentar à bagunça. Caquinho, filho de Caco e Magda que nasceu na temporada de 1999, já estará um jovem adulto, interpretado por Rafael Canedo. Também estão no elenco nomes como Lúcio Mauro Filho, Katiuscia Canoro e Castrinho.

As diaristas, que sempre fizeram sucesso no seriado, não ficaram de fora. No longa-metragem, o destaque é a atriz Cacau Protásio, como Cibalena, trazendo mais uma vez o espírito mal humorado e confrontador das quatro personagens anteriores.

O improviso, uma das marcas registradas da série, assim como as brincadeiras de duplo sentido, continuam na telona. “O filme é tão inconsequente quanto o seriado. A única emoção é fazer rir, é uma verdadeira chanchada”, diz Daniel Filho.

A adaptação da sitcom, que teve seus 244 episódios exibidos originalmente entre 1996 e 2002 na TV Globo e que até hoje é reprisada no canal e no Viva. O roteiro é de Miguel Falabella, com produção da Lereby, em coprodução da Globo Filmes e distribuição pela Imagem Filmes.
                                                            Trailer:



Sinopse
Depois de uma longa temporada na prisão, Caco Antibes (Miguel Falabella) volta ao Largo do Arouche para descobrir que todos estão mais falidos do que nunca. A família foi despejada do apartamento e, como se não bastasse, está morando de favor com o porteiro Ribamar (Tom Cavalcante). Como algumas coisas nunca mudam, não demorou muito até Caco meter a família inteira em uma nova roubada. Ao lado de Magda (Marisa Orth), Ribamar, Vavá (Luis Gustavo), Cassandra (Aracy Balabanian) e Cibalena (Cacau Protásio), o trambique dessa vez será a nível internacional e ninguém vai querer ficar de fora desse esquema.

Ficha Técnica
Supervisão geral: Daniel Filho
Direção: Cris D´Amato
Roteiro: Miguel Falabella
Produção: Daniel Filho / Lereby
Produtor Executivo: Angelo Gastal
Diretora de produção: Fernanda Mandriola
Diretor assistente: Pedro Barbalho
Diretor de fotografia: Tuca Moraes
Diretor de arte: Mario Monteiro
Figurinista: Sonia Soares
Maquiador: Adriano Manques
Técnico de som: Marcel Costa
Continuísta: Flavia Quartino
Coprodução: Lereby e Globo Filmes
Distribuição: Imagem Filmes
Elenco
Miguel Falabella (Caco Antibes)
Marisa Orth (Magda)
Luiz Gustavo (Vavá)
Aracy Balabanian (Cassandra)
Tom Cavalcante (Ribamar / Dona Jaula)
Cacau Protásio (Cibalena)
Katiuscia Canoro (Sunday)
Lucio Mauro Filho (Banqueta / Angelina)
Rafael Canedo (Caquinho)
Castrinho (Juiz Nicolau Antibes)

Sobre a Cris D'Amato
A cineasta carioca é conhecida por dirigir longas-metragens de grande sucesso, como “S.O.S - Mulheres ao Mar” (2014), “SOS - Mulheres ao mar 2” (2015), “Linda de morrer” (2015) e “É fada!” (2016). Antes de se consagrar no meio, atuou como diretora assistente em mais de trinta filmes brasileiros, como “Tainá, uma aventura na Amazônia”, “Muito Gelo e Dois Dedos D'Água” e “Primo Basílio”. Com Daniel Filho, trabalhou como assistente em “Se eu Fosse Você”, “Se eu Fosse Você 2”, “Tempos de Paz”, “Chico Xavier” e como codiretora em “Confissões de Adolescente”. Dirigiu seu primeiro longa, “Sem controle”, em 2006. Na TV Globo, com coprodução da Lereby, dirigiu os seriados “As Cariocas” e “As Brasileiras”.

Sobre a Lereby
Fundada por Daniel Filho em 1998, a Lereby, em mais de vinte anos de existência, traz em seu currículo longas-metragens como “Chico Xavier” (2010), “Tempos de paz” (2009), “Se eu fosse você” 1 e 2 (2006 e 2009), “A Dona da História” (2004), “Cazuza - O Tempo Não Pára” (2004) e “A Partilha” (2001). Como produtora associada, foi corresponsável pelos sucessos “2 filhos de Francisco” (2005), “Carandiru” (2003), “Cidade de Deus” (2002) e “O Auto da Compadecida” (2000), entre muitos outros, sempre buscando um cinema capaz de mobilizar plateias e preservando a força de grandes histórias.

Sobre a Globo Filmes
Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 250 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’ e ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Sobre a Imagem Filmes | Distribuidora
A Imagem é uma distribuidora nacional de filmes independentes comprometida com a qualidade e variedade de produções. Atuando nos segmentos de cinema, vídeo e televisão a distribuidora é responsável pelos lançamentos de grandes produções nacionais, dentre elas, destacam-se os recentes: 10 Segundos para Vencer, Antes que eu me Esqueça , Nise - O Coração da Loucura, Soundtrack, O Rastro,além das produções internacionais: Florence - Quem é Essa Mulher, Café Society, Roda Gigante, Desejo de Matar, e os recentes A Melhor Escolha e Papillon.


Nenhum comentário