06 setembro 2018

[Programação] Shows de 6 a 13 de setembro

   Confira a programação de shows de 6 a 13 de setembro no RJ:

                  Circo Voador:

 Bloco Quizomba + Samba do black, 6 de setembro às 22h, 30 reais a meia e 60 a inteira.


Com sua bateria ‘A Magnética’ e a participação luxuosa de Pretinho da Serrinha, o Quizomba vai levar ao público muito samba, pop, rock, funk, samba reggae e marchinhas, criando arranjos bem sacolejantes de artistas como Jorge Benjor, Tim Maia, Simonal, Titãs, Nirvana, Rolling Stones, entre outros.
E quem começa os trabalhos é o Samba Du Black, famoso grupo das rodas de bambas do Rio de Janeiro,  que levanta a poeira fazendo o público cantar e dançar mesclando em seu repertório os maiores sucessos do samba de raiz com MPB e os melhores pagodes dos anos 90. O público vai ficar cantando e rodando.
Nos intervalos, tem ainda a Festa Carnavália botando geral pra dançar com uma mistura do que há de melhor dos sons brazucas e da gringa.

Dead Fish, dia 7 de setembro às 22h, 50 meia ou 100 a inteira.

Vem pra cá dançar, vem! Quinta, 06 de setembro, o bloco que arrasta multidões no carnaval carioca preparou uma noite pra começar o feriadão já no clima. Pra completar, vai rolar participação do Pretinho da Serrinha, uma grande roda de samba com o pessoal do Samba Du Black e, nos intervalos, o melhor da música brasileira e internacional com a Festa Carnavália.

A banda mais visceral do hardcore brazuca já tem data marcada para invadir a lona com a sua sonzeira destruidora e seus moshs imbatíveis. Sexta, 07 de setembro, a Dead Fish salta no Circo Voador com seu repertório sinistro de mais de 25 anos de carreira. Isso sem falar nas novidades que podem pintar no show já que o grupo prometeu disco novo muito em breve. E pauleira já começa cedo com duas bandas que tem representado fortemente o hardcore carioca: New Day Rising e Meu Funeral.
Com 7 cds de estúdio, 3 dvds, milhares de shows, moshs e pulos acrobáticos na bagagem, o Dead Fish está de volta ao Circo pra mais uma rodada da turnê que comemora 25 anos de ótimos serviços prestados ao hardcore verde amarelo. Acostumados a provocar verdadeiras catarses no público da lona, Rodrigo Lima (vocal), Alyand Mielle (baixo), Marcão Melloni (bateria) e Ric Mastria (guitarra) vêm com sangue nos olhos pra um show explosivo com direito a cascatas de fãs pulando do palco.
Pra começar a selvageria da noite, duas bandas que estão na ativa há pouco tempo, mas que dão aquela representada no hc nacional, fazem sua estreia na lona. O trio Meu Funeral lançou seu EP de estreia em abril desse ano conquistando de cara uma legião de fãs com seu punk rock cheio de humor. Formada por músicos conhecidos da cena carioca como Lucas Araujo (ex-RivoTrio 2mg), Luis Felipe Leão “Peep” (ex-Clashing Clouds), Jan Santoro (Facção Caipira e Jan) e Matheus Jorell (Filhos do Totem e ex-Lougo Mouro), a banda aposta numa pegada meio Ramones e embalada pelo HC melódico dos 90, com músicas que duram de 1 a 3 minutos de papo reto.
Pra completar, também tem o début no Circo de outro grupo que botou disco novo na rua esse ano. Formada por Gabriel Santos (voz), Mario Netto (guitarra), Guilherme Torres (guitarra), Farlane Vinicius (baixo) e Tavinho Santos (bateria),a  New Day Rising investe em um  hardcore mais sério e cheio de energia, que mistura metal e rap de maneira impecável.

Treta Festa, dia 8 de setembro às 23h, 30 reais a meia e 60 a inteira.

A festa pop que tem arrastado multidões por onde passa, seja no Rio ou em Manaus, Nova York ou Lisboa, chega ao Circo Voador com vontade. Sábado, 08 de setembro, vai ter #Tretona na lona pela primeira vez com todo o fervo que só a Treta sabe fazer e show de ninguém menos que a poderosa Lia Clark.

                          Jeunesse Arena:
Ação Brasil, dias 7 de setembro das 11 às 19h, dia 8 de setembro das 15 às 22h e dia 9 de setembro das 10 às 14h.
O Ação Brasil é um evento cristão interdenominacional que vai ser realizado nos dias 7 a 9 de setembro, no Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro/RJ. Assim como a edição realizada em Brasília, em abril deste ano, o objetivo é realizar um grande ajuntamento com pessoas de diversas partes do país para orar pela transformação do Brasil e do Rio de Janeiro a partir de uma ótica cristã, pautada na Bíblia.
Durante a programação a arena principal receberá mensagens de líderes cristãos de todo o Brasil. Paralelamente a estes momentos serão realizadas salas de oração ininterruptas de sexta a domingo, com as temáticas de Adoração, Proclamação da Palavra, Intercessão, Profética, Estratégica e Cura. “Nós vamos entrar no Rio de Janeiro como um grande exército, para estabelecer o Reino do Senhor. Jesus é Príncipe da Paz que reina sobre todo o estado do Rio de Janeiro. E cremos que por meio dali, todo o Brasil será abençoado”, compartilha a pastora Ezenete Rodrigues, líder do Ação Brasil.
O Ação Brasil - Rio de Janeiro terá um pré-evento antes da programação na capital:
2 de setembro: Orações nas igrejas locais pelo estado do Rio de Janeiro.
3 de setembro: Tempo de oração na cidade de Petrópolis.
4 a 7 de setembro: Tempo de oração no INForm – Centro de Missões, em Teresópolis.
É necessário fazer inscrição (21) 9 8339-5589 com Jaqueline.
7 a 9 de setembro: A partir das 11h da manhã, no Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ.
Entrada gratuita, levar 1 kg de alimento não perecível.
É necessário fazer inscrição pelo site, mas, também será permitido inscrição no local.
Detalhamento:
7 de setembro: Arena - 11h às 19h
8 de setembro: Arena – 15h até às 22h
9 de setembro: Arena – 10h até às 14h
Serviço:
Ação Brasil
Data: 7 a 9 de setembro
Horário:
7/09, 11h às 19h
8/09, 15h às 22h
9/09, 10h às 14h
Local: Rio de Janeiro.
Jeunesse Arena
Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3.401 – Barra da Tijuca.
Entrada: 1 kg de alimento não perecível.
Inscrições: acaobrasil.net

                           CCBB RJ:
Festival  Sai da rede, dias 7 e 8 de setembro a partir das 21h. 30 reais a inteira e 15 a meia.
Em sua terceira edição no Rio de Janeiro, o Festival desembarca com novidades: além da seleção da música fresquíssima de novos artistas, que vem sendo o fio condutor do festival desde seu início, em 2011, a edição deste ano conta também com a exibição de filmes e bate-papos.
A partir de 21h
Dia 07:
Baco Exu do Blues
ÀTTØØXXÁ
João Brasil
Dia 08:
Plutão Já Foi Planeta
Luedji Luna
Almério


Nenhum comentário

Postar um comentário