07 setembro 2018

[News] SESC RJ - Espetáculo “A Bergman Affair” estreia hoje no Sesc Ginástico

“A Bergman Affair” – concebido pelo ator e diretor francês Serge Nicolaï e pela atriz italiana Olivia Corsini, ambos da companhia The Wild Donkeys – terá sua estreia mundial no Rio de Janeiro, nos palcos do Sesc Ginástico, no dia 5 de setembro. Também como parte da programação do Sesc RJ para celebrar o centenário de nascimento do cineasta sueco Ingmar Bergman, entre os meses de setembro e outubro, três unidades do Sesc RJ (Copacabana, Nova Iguaçu e São João do Meriti) receberão mostra com nove filmes icônicos do diretor.

Livremente inspirado no romance de Ingmar Bergman “Confissões Privadas”, levado à tela em 1996, sob direção de Liv Ullmann, o espetáculo combina de maneira fluida múltiplas expressões artísticas como teatro, dança e vídeo. O trabalho físico praticado com os atores é inspirado no Bunraku - tradicional teatro de fantoches japonês-, em que o próprio corpo do ator é o boneco. O corpo não pertence mais ao ator, mas ao seu «manipulador».

Anna é uma típica heroína bergmaniana: uma mulher de quarenta anos que fala sucessivamente com seu pastor, seu marido, seu amante e sua mãe. No espetáculo, os atores são guiados por um dançarino e uma dançarina. Com abordagem original, por vezes psicanalítica, “A Bergman Affair” profunda os corrosivos jogos amorosos adultos, num fluxo descontrolado de palavras e imagens que põem à prova a razão e fazem com que os sentidos sejam livremente aflorados como nos sonhos.

As obras de Bergman são notórias justamente por não serem de rápida compreensão e por contatem com roteiros calcados em dramas familiares e existenciais com tintas fortemente carregadas. Engana-se quem, à primeira vista, vê apenas o silêncio, não enxergando além das pausas as interpretações possíveis.

Na maioria das vezes fala-se de morte, doença, vida sem Deus e amor no sentido amplo. Mas o que busca ilustrar é a dificuldade das relações entre os seres humanos. O cerne da questão é como alguém consegue se expressar, se comunicando e, dessa forma, como consegue ser ouvido e viver junto?

“A Bergman Affair" é a montagem de estreia da Companhia The Wild Donkeys compondo o processo de concepção da obra que tem sua estreia mundial nessa turnê no Brasil nas cidades do Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre.

Mostra “O Lobo À Espreita – Uma Homenagem Ao Centenário De Ingmar Bergman”

A mostra “O Lobo À Espreita – Uma Homenagem Ao Centenário De Ingmar Bergman” leva, ao longo do mês de setembro, nove filmes dirigidos pelo cineasta para o Sesc Nova Iguaçu e Sesc São João do Meriti. Em outubro, será a vez da mostrar chegar ao Sesc Copacabana. Os filmes apresentados serão: O Sétimo Selo, Morangos Silvestres, Persona, A Hora Do Lobo, Vergonha, Face A Face, Sonata De Outono, Fanny E Alexander e Na Presença De Um Palhaço (programação completa em anexo). No panorama do cinema mundial, Ingmar Bergman influenciou mais do que foi influenciado. Seu estilo é inconfundível, marcante: diálogos densos, câmera que penetra rostos e os revelam, em especial os das mulheres.

As atrizes foram suas grandes estrelas, e para elas dedicou personagens extremamente sensíveis e eloquentes. Ao longo da sua carreira, acumulou mais de trinta longas produzidos entre as décadas de 1940 e 2000. Além dos filmes que fez para o cinema, Bergman também produziu material para televisão e teatro. O Sesc RJ não poderia deixar de lembrar deste que foi um dos grandes ícones não só do cinema como da cultura mundial do século 20 e oferecer, gratuitamente, a oportunidade de o público conferir a obra de um expoente do cinema mundial.

Serviço
Programação em Comemoração ao Centenário de Ingmar Bergman
A Bergman Affair
Local: Sesc Ginástico
Dias: 5 e 6 de Setembro
Horário: 19h

Valores: R$ 30 (INTEIRA)/ R$ 15 (MEIA ENTRADA)/ R$ 7,50 (ASSOCIADOS SESC RJ)


Ficha técnica
A Bergman Affair
Direção: Serge Nicolaï / Colaboração artística: Gaia Saitta / Elenco: Olivia Corsini, Stephen Szekely, Gérard Hardy, Andrea Romano e Serge Nicolaï / Adaptação: Serge Nicolaï, Clément Camar-Mercier e Sandrine Raynal Paillet / Cenografia: Serge Nicolaï / Criação de luz: Elsa Revol / Criação de som: Emanuele Pontecorvo / Criação de vídeo: Igor Renzetti / Direção técnica: Guiliana Rienzi / Administração: Éric Favre / Comunicação: Valentina Bertolino / Produção: Cie The Wild Donkeys / Com a colaboração de Porto Alegre em Cena, Théâtre du Soleil e Les Subsistances – Lyon France, La Corte Ospitale - Italie, Il Funaro Centro Culturale - Italie, L’Aria-Corse / Como parte de "Ingmar Bergman - 100 anos – Ingmar Bergman Foundation” / Recomendação etária: 16 anos / Duração: 90min


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário