13 setembro 2018

[Crítica] O Predador

Sinopse:
“Dos confins longínquos do espaço até as ruas de bairros residenciais, a caçada chega a todos os lugares na reinvenção explosiva assinada por Shane Black da série Predador. Agora os mais letais caçadores do universo estão mais fortes, mais inteligentes e mais mortais do que antes, tendo se aperfeiçoado com o DNA de outras espécies. Quando um jovem acidentalmente causa seu retorno à Terra, apenas uma equipe improvável de ex-soldados e um professor de ciências amargurado podem evitar o extermínio da raça humana.”


O que eu achei?

Um filme com gostinho de quero mais. Com muita ação em quase todo o tempo, “O Predador” é um longa que conquista facilmente o público. E apesar de fazer parte de uma sequência de filmes, quem nunca assistiu a nenhum filme anterior não ficará perdido na história. (Eu, por exemplo, não assisti aos outros filmes e consegui entender tudo muito bem. Aliás, já estou me programando para assistir todos!)
A tecnologia para fazer filmes evoluiu. E os seres extraterrestres chamados de predadores também. Nesse novo filme, os monstros são mostrados como seres mais fortes e que estão evoluindo cada vez mais, através da combinação de DNA’s de várias espécies do universo, inclusive a raça humana. E é claro, com a evolução vem a disputa de poder. Então no filme é possível ver dois predadores lutando entre si.
Um ponto positivo do filme é que a trama é interessante. Não é simplesmente um monstro que sai matando um monte de gente. Existe uma história bem contada e também um herói surpreendente. O menino Rory McKenna, filho do soldado Quinn McKeena (personagem principal), apesar de ser autista, é apresentado como um humano mais avançado na cadeia evolutiva. Dotado de um cérebro genial, o menino ajuda a todos a derrotar os predadores, aprendendo a lidar com a tecnologia extraterrestre.
Dirigido maravilhosamente por Shane Black (Homem de Ferro 3), “O Predador” é um daqueles filmes que você não consegue tirar o olho um segundo da tela. Isso porque quando não há grandes cenas de ação, o humor aparece para descontrair de forma bem divertida, mas não boba. Uma curiosidade é que o diretor também fez parte do primeiro filme de mesmo nome, em 1987, porém como ator, ao lado de Arnold Schwarzenegger (que apesar de não fazer parte desse elenco, poderá aparecer em um possível próximo filme da sequência).
Os principais personagens são estrelados por: Boyd Holbrook (Logan), Olivia Munn (X-Men Apocalipse), Jacob Tremblay (Extraordinário) e Sterling Brown(Pantera Negra). Ou seja, já deu pra perceber que “O Predador” conta com um grande elenco!
Além disso, os efeitos visuais e sonoros são incríveis. Tenho certeza que veremos “O Predador” concorrendo em algumas categorias da próxima edição do Oscar.
Dica: vale a pena assistir em 3D, IMAX, com pipoca, refrigerante e chocolate. ;)


Data de estreia no Brasil: 13 de setembro de 2018.


Escrito por Victor Monteiro

Trailer:

Nenhum comentário

Postar um comentário