Books Brasil Books

Novidades

[News] Canal Brasil exibe os longas da mostra competitiva do 54º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro


Os seis filmes selecionados serão exibidos, de 07 a 12/12, sempre às 23h30

Em mais um ano atípico no calendário dos eventos cinematográficos, o Canal Brasil reforça seu compromisso de contribuir para a realização de festivais de cinema históricos, reforçando o seu posicionamento como um dos principais parceiros do cinema brasileiro. Assim como aconteceu em 2020, o canal traz para a sua grade o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e exibe, entre os dia 07 e 12/12, sempre às 23h30, os seis longas da mostra competitiva.

A programação começa na terça, dia 07/12, com “Alice dos Anjos”, de Daniel Leite Almeida. Na quarta, dia 08/12, vai ao ar “Lavra”, de Lucas Bambozzi. Na quinta, dia 09/10, tem “Acaso”, de Luis Jungmann Girafa. Na sexta, dia 10/12, o canal exibe “Ela e Eu”, de Gustavo Rosa de Moura. No sábado, dia 11/12, é a vez de “De onde viemos, para onde vamos”, de Rochane Torres. “Saudade do Futuro”, de Anna Azevedo, encerra a mostra no domingo, dia 12/12.

54º FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO
De 07 a 12 de dezembro, às 23h30

Alice dos Anjos (2021)
 
1h16min BA Ficção Livre
Horário: 07/12, às 23h30
Direção: Daniel Leite Almeida
Elenco: Tiffanie Costa, Fernando Alves Pinto, Cris Magalhães, Vicka Matos, Pajé Aripuanã e Dayse Maria
 
Sinopse: Alice dos Anjos é uma menina esperta que vive no sertão nordestino, e que, após correr atrás de um bode preto apressado, é transportada a um lugar mágico, cheio de personagens malucos. Ela se vê, então, no meio de uma guerra contra um influente coronel que quer destituir as terras de comunidades tradicionais para construir uma usina hidrelétrica. À medida em que Alice se une aos seus amigos para lutar contra a opressão, ela se perceberá em uma jornada de autoconhecimento e consciência social.

Lavra (2021)
 
1h37min MG Ficção Livre
Horário: 08/12, às 23h30
Direção: Lucas Bambozzi
Elenco: Camila Motta
 
Sinopse: Camila retorna para sua terra natal depois que o rio de sua cidade foi contaminado pelo maior crime ambiental do Brasil, provocado pelo rompimento da barragem de uma mineradora. Ela segue o caminho da lama tóxica que varreu povoados do mapa, encontra paisagens, comunidades e pessoas devastadas. Outra barragem se rompe e mata cerca de 300 pessoas. Ao ver a tragédia de perto, ela sente-se pela primeira vez atingida e se envolve com movimentos de resistência.

Acaso (2021)
 
1h10min DF Ficção 12 anos
Horário: 09/12, às 23h30
Direção: Luis Jungmann Girafa
Elenco: Kuka Escosteguy, Bidô Galvão, Emanuel de Lavor, Jorge Du Pan, Hugo Rodas, Rachel Mendes, João Antônio, Carmem Moretzsohn, Celso Araújo, Luciano Porto, Renato Matos, Clara Luz, Andrade Júnior, Suyan de Mattos, Maria Lúcia Verdi, Gaivota Naves, Valéria Pena-Costa e Walter Colton
 
Sinopse: A cidade, qualquer cidade, nos contém. A cidade, qualquer cidade, nos expulsa. Ruídos, claustrofobia e as salvadoras atividades cotidianas. Sobrevivemos na estrada, indo de um ponto a outro, na mesma pressa, todos desatentos na urgência do dia a dia. Obter alguma coisa, satisfazer uma necessidade, perseguir um desejo ou algo que nem se sabe nomear... esse caminho ninguém mais o percorre, a não ser o acaso.

Ela e Eu (2020)
 
1h42min SP Ficção 16 anos
Horário: 10/12, às 23h30
Direção: Gustavo Rosa de Moura
Elenco: Andrea Beltrão, Eduardo Moscovis, Lara Tremouroux, Jessica Ellen, Mariana Lima e Karine Teles
 
Sinopse: Há 20 anos, Bia (Andrea Beltrão) entrou em coma no momento do nascimento de sua filha. Mas isso não impediu que, por todo esse tempo, ela tenha feito parte do dia a dia da família, mesmo que desacordada. Um dia, no entanto, Bia subitamente acorda. E, enquanto reaprende a enxergar, a falar, a andar e a se relacionar, sua filha (Lara Tremouroux) adulta, seu ex-marido (Du Moscovis) e a atual mulher (Mariana Lima) dele tentam absorver o impacto da presença viva daquela pessoa amada e desajustada.

De onde viemos, para onde vamos (2021)
 
1h38min GO Documentário 12 anos
Horário: 11/12, às 23h30
Direção: Rochane Torres
Elenco: Juanahu Karajá, Marcia Mytara Karajá, Haribedu Karajá, Narubia Werreria, Sakrowe Karajá
 
Sinopse: Conflito de identidade, perda das formas tradicionais de vida e resistência. O passado e o presente nas experiências atuais. Documentário sobre o povo Iny, que vive na Aldeia de Santa Isabel do Morro, na Ilha do Bananal, Tocantins. Sentidos e tensões entre o resgate das tradições originárias dos líderes e anciões e a incorporação da cultura branca pelos jovens indígenas. Processos de experiências e memórias: desalentos e resistência no enfrentamento da identidade Iny. Delicado registro de diferentes olhares imagéticos no entrelaçamento entre cineasta indígena e diretora do filme.

Saudade do Futuro (2021)
 
1h13min RJ Documentário Livre
Horário: 12/12, às 23h30
Direção: Anna Azevedo
Elenco: Valter Hugo Mãe, Martinho da Vila
 
Sinopse: Portugal, Brasil e Cabo Verde. Países ligados pelo mar e pela cultura da saudade. O filme percorre três continentes e encontra personagens marcados por ausências produzidas por eventos que transformaram a história desses países. Como o fascismo, a colonização, a escravidão, as ditaduras e o partir para nunca mais voltar. A cultura da saudade é o fio que entrelaça conversas à beira-mar. 
 
 

 


Nenhum comentário