Novidades

[News]Dia Mundial da Escrita à Mão - 23 de janeiro


 O Dia Mundial da Escrita à Mão, comemorado em 23 de janeiro, teve origem nos Estados Unidos da América e pretende não deixar esquecer uma arte milenar. A escrita à mão, prática com mais de 3500 anos, foi criada e desenvolvida pelos sumérios, na antiga Mesopotâmia, e até hoje a utilizamos para as mais diversas atividades - assinaturas de acordos, cartas de amor, bilhetes com personalidade.

Neste dia, por que não deixar o teclado de lado e escrever à mão? Uma carta ou um poema, letras orientais, uma receita culinária. Ainda hoje, obras literárias que ganharão as estantes de nossas casas e bibliotecas, muitas vezes são iniciadas por seus autores em papel e caneta, lápis e uma ideia que precisa ser escrita, mesmo com toda a tecnologia de edição.

Três títulos da Editora do Brasil falam sobre a milenar arte das palavras em superfícies: Sona - Contos Africanos Desenhados na Areia, de Rogério Andrade Barbosa e ilustrações de Thais Linhares; Silêncio de filha e Palavra de Filho, ambos de Jonas Ribeiro, ilustrados por Flavio Fargas.

Conheça mais sobre eles e suas lindas letras feitas à mão, que enriquecem desde sempre a arte da Comunicação.:

SONA - CONTOS AFRICANOS DESENHADOS NA AREIA

Com desenhos complexos feitos na areia, o povo quioco, que habita uma região da África, repassa o conhecimento ancestral para os mais jovens e os ensina, assim, a amar histórias. Esses desenhos, além de extremamente elaborados, encantam a todos com sua beleza.

Nesse livro, Rogério Andrade Barbosa e Thais Linhares trazem uma história de sabedoria e respeito aos mais velhos, prestando homenagem à tradição oral e aos costumes de um povo.  

SILÊNCIO DE FILHA

Juliana é comunicativa, mas certas confissões só faz ao seu diário. Quando percebe algo errado, Marta, sua mãe, deixa bilhetes pelo caminho da filha para ajudá-la nas decisões importantes. Intermediado por estas anotações, o leitor conhecerá o universo de afeto entre mãe e filha e a relação de amor e amizade que constroem permeadas pelo silêncio. Este lançamento de Jonas Ribeiro traz novamente a família de Palavra de filho, livro que aborda a relação entre o pai e o irmão de Juliana – cada qual comunicando-se à sua maneira.

PALAVRA DE FILHO

Nesta emocionante história, pai e filho têm grande dificuldade em se comunicar, em falar de sentimentos e emoções. O filho passa, então, a escrever cartas ao pai, que chegam magicamente sopradas, transformando a relação dos dois, aproximando-os cada vez mais através da palavra, modificando e intensificando as relações familiares.

Sobre a Editora do Brasil

A Editora do Brasil busca, há mais de 75 anos, renovar produtos e serviços que levem aos milhares de educadores e alunos do Brasil conteúdos atuais e materiais de qualidade. Nos quatro cantos do país, professores e gestores utilizam nossos livros e têm acesso a um projeto didático comprometido com a ética e com uma educação cada dia melhor. 

O compromisso da Editora do Brasil é com o dinamismo do conhecimento e com a educação que transforma e é transformada. Mais que nunca, posiciona-se ao lado dos educadores, observando, analisando e discutindo os novos desafios do ensino em nosso país.





Nenhum comentário