Novidades

[Crítica]Pinocchio

 

Sinopse:

No live action de Pinóquio, somos apresentados à verdade sombria por trás de um clássico que marcou gerações. O solitário marceneiro Gepeto (Roberto Benigni) tem o grande desejo de ser pai, e deseja que Pinóquio (Federico Ielapi), o boneco de madeira que acabou de construir, ganhe vida. Seu pedido é atendido, mas a desobediência do jovem brinquedo faz com que ele se perca de casa e embarque em uma jornada repleta de mistérios e seres mágicos, que o levará a conhecer de fato os perigos do mundo.

 

               O quê eu achei?

  Tendo apenas visto o clássico Disney de 1940, não tendo lido o livro de Carlo Collodi, posso apenas comparar com a versão que conheço. 

 Agora que já esclareci esse ponto, devo dizer que o filme foi um pouco diferente do que eu tinha imaginado que fosse pelo trailer;tinha imaginado que seria uma versão mais sombria mas é apenas mais bizarra. 

Explico: o realismo mágico da história continua lá, Tudo começa quando um colega de Gepetto dá a ele um pedaço de madeira encantada, que ele esculpe no boneco que logo ganha vida. Tudo iria bem se o filho do marceneneiro  não tivesse sido desobediente e fugidio.A situação se complica quando ele recebe cinco moedas de ouro e encontra dois vigaristas,a Raposa (quem lembra da animação vai lembrar logo)e o Gato,que fingem serem seus amigos mas é claro que psretendem passar a perna nele. 

Tem alguns personagem clássicos como a Fada Azul (que tem a aparência de uma menina) e o Grilo Falante mas o gato Fido está ausente e tem personagens do livro (sei porque pesquisei) como a mulher-lesma (e sim, é tão esquisito quanto soa). 

Cenas icônicas como a ilha que transformava meninos em burros para serem vendidos e a cena em que eles são engolidos pela baleia estão presentes e vão agradar aos fãs da história clássica. Mas espere por personagens com um visual bem surreal,como um atum com um rosto humano. 

Pinóquio é mais uma fábula que ensina às crianças que não se deve mentir nem desobedecer os mais velhos.Um clássico!


                  Trailer:





Nenhum comentário