06 junho 2018

[News] Milton Gura convida fotógrafos a reinterpretar imagens históricas em série exclusiva do Curta!


Um novo olhar sobre fotografias históricas brasileiras. Essa é a desafiadora provocação criativa que o fotógrafo e antropólogo brasileiro Milton Guran faz a fotógrafos convidados da série “Instantes Cruzados", que estreia com exclusividade na Terça das Artes, 12 de junho, às 23h30, no Curta!. A cada episódio do programa dirigido por Sergio Bloch e produzido pela Ocean Films, nomes como Marcia Foletto e João Roberto Ripper discutem com Guran a importância de uma imagem nacional icônica e fotografam uma releitura dela.
No primeiro episódio, Guran coloca em evidência a força do fotojornalismo no Brasil e seu impacto na sociedade através do trabalho de Evandro Teixeira, premiado jornalista que trabalha a fotografia como um ato político de indagação e denúncia do que acontece no país. Marcia Foletto, fotojornalista há 27 anos, é convidada para dialogar sobre o tema e recria o registro de Teixeira da Passeata dos Cem Mil.
O álbum “A Misteriosa Luta do Reino de Parassempre contra o Império de NuncaMais”, um dos discos da fase psicodélica do artista Ronnie Von foi o escolhido para o quarto episódio de “Os Ímpares”, que vai ao ar na Segunda da Música, dia 11, às 20h. As releituras ficaram a cargo do duo Opala (formado pela vocalista Maria Luiza Jobim, filha de Tom, e Lucas de Paiva,tecladista e produtor) que regravou “Rose Ann”, e da banda Dônica, que fez uma versão de “Pare de sonhar com estrelas distantes”. O próprio Ronnie Von relembra a época em que gravou o disco e o compositor Luiz Vagner visita o estúdio durante a gravação da banda. Com direção de Henrique Alqualo e Isis Mello e direção musical de Berna Ceppas, a série "Os Ímpares" traz, ao longo de 10 episódios, figuras da música brasileira contemporânea como Criolo, Bayana System e Tulipa Ruiz para realizar releituras inéditas de álbuns de Jards Macalé, Di Melo, Itamar Assumpção, Walter Franco, Jorge Mautner, Pedro Santos, Ronnie Von, Verocai, Marku Ribas e Sérgio Sampaio.
Na Quarta de Cinema, dia 13, às 20h, a faixa “A Vida é Curta!” dá asas à imaginação. Abrindo a sessão, a estreia “Dente por Dente”, filme de Alice Andrade, conta a tumultuada história de amor entre um dentista-poeta e uma jovem traumatizada por consultórios dentários. Os atores Evandro Mesquita, Jacqueline Laurence, Letícia Sabatella e Ney Latorraca participam da produção. Em seguida, “Saliva”, de Esmir Filho, viaja pela mente repleta de dúvidas e medos de uma menina de 12 anos prestes a dar seu primeiro beijo. Encerrando a faixa, o curta documental “Cordilheiras de Amora II” registra a vida da indiazinha Guarani Kaiowá Carine Martines, que vive na vila indígena de Amambai, no Mato Grosso do Sul, e transforma seu quintal em um experimento do mundo.
Um pouco mais tarde, também na Quarta de Cinema, 13, às 23h40, a série “Projeções” traz o depoimento do diretor Cristiano Burlan. Enquanto assiste às próprias obras, ele revela seu processo de criação, desafios e conquistas. A série “Projeções” é uma produção do Itaú Cultural gentilmente cedida ao Curta! que busca tratar do mais recente cinema expandido brasileiro, em seus diferentes gêneros e formatos.
Na Quinta do Pensamento, 14, às 23h30, a cordialidade, conceito cunhado por Sérgio Buarque de Holanda para definir a natureza das relações brasileiras, é o tema do quarto episódio da série “Alegorias do Brasil”.  Intelectuais como Silviano Santiago, Marilena Chaui e Danilo Marcondes debatem seus efeitos negativos na construção do âmbito republicano da política nacional, mas resgatam, com a ideia, uma humanidade que resiste ao processo tecnocrata da era moderna. Em 13 episódios, a série documental, primeira produção de Murilo Salles para TV, explora as alegorias brasileiras - ou seja, as expressões culturais que afirmam a nossa identidade – colocando-as em discussão e análise por escritores, pensadores, filósofos e personalidades da atualidade. “Alegorias do Brasil” é uma produção da Cinema Brasil Digital com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual da ANCINE.
Na Sexta da Sociedade, 15, às 21h30, vai ao ar o documentário “Cidadania do Espaço”, filme que discute o problema da privatização ou marginalização dos espaços públicos nas metrópoles. O longa analisa como os diferentes setores da sociedade têm reagido a essas iniciativas em algumas das maiores e mais importantes cidades do mundo, como Paris, Berlim, Londres, entre outras. “Cidadania do Espaço” faz parte do pacote de conteúdos adquiridos pelo Curta! do Arte France, tradicional canal público franco-alemão.

SEGUNDA DA MÚSICA:
Os Ímpares (Série Musical) – Episódio: Ronnie Von - Opala e Dônica
Os Ímpares é uma série documental que tem como tema álbuns experimentais das décadas de 60 e 70 que não tiveram o devido reconhecimento na época do seu lançamento. O programa acompanha todo o processo criativo das releituras e convida os compositores para contar um pouco da história dos discos. Neste episódio, o duo Opala e a banda Dônica reinterpretam músicas de Ronnie Von.

Diretores: Henrique Alqualo e Isis Mello
Duração: 27 min.
Estreia: 11 de junho, segunda-feira, às 20h.
Classificação: Livre.
Horários alternativos:
12 de junho, terça-feira, às 14h
13 de junho, quarta-feira, às 8h

TERÇA DAS ARTES
Instantes Cruzados (Série Documental) – Episódio: Foletto: A força do Fotojornalismo
Quais as imagens mais emblemáticas da história da fotografia no Brasil? Para responder esta pergunta, a série de televisão “Instantes Cruzados”, apresentada por Milton Guran, vai selecionar fotos paradigmáticas que compõem um interessante acervo sobre a história desta arte no país e propor sua releitura pelo olhar de fotógrafos contemporâneos. A cada episódio, os convidados terão que enfrentar um desafio: reproduzir a foto ícone do episódio segundo critérios de técnica e abordagem determinados pela produção do programa. Neste episódio de estreia, a fotógrafa Marcia Foletto dialoga com a marcante fotografia da “Passeata dos Cem Mil” feita por Evandro Teixeira.

Diretor: Sérgio Bloch
Duração: 24 min.
Exibição: 12 de junho, terça-feira, às 23h30.
Classificação: Livre
Horários alternativos:
13 de junho, quarta-feira, às 17h30
14 de junho, quinta-feira, às 11h30

História Oculta das Obras de Arte (Série) – Episódio: Poussin
Em uma iniciativa do Museu do Louvre em Paris, os segredos por trás das obras de mestres como Rembrandt, Leonardo da Vinci, Raphael e Goya são analisados por alguns dos mais importantes especialistas em arte do mundo. Neste episódio, a série revela a intrigante e quase desconhecida história de "O voo dentro do Egito", do pintor barroco francês Nicolas Poussin.

Diretores: Stan Neumann e Juliette Garcias.
Duração: 52 min.
Exibição: 12 de junho, terça-feira, às 20h.
Classificação: Livre.

Horários alternativos:
13 de junho, quarta-feira, às 14h
14 de junho, quinta-feira, às 8h

QUARTA DE CINEMA
A imaginação é o tema da faixa A Vida é Curta desta semana. A temática é explorada em três curtas: “Dente por Dente”, “Saliva” e “Cordilheira de Amoras II”.

Exibição: 13 de junho, quarta-feira, às 20h.
Classificação: Livre.
Horários alternativos:
14 de junho, quinta-feira, às 14h
15 de junho, sexta-feira, às 8h

Projeções (Série) - Episódio: Cristiano Burlan
A série Projeções joga luz sobre o mais recente cinema expandido brasileiro, em seus diferentes gêneros e formatos. O programa conta com 15 episódios em que realizadores falam frente às suas obras projetadas, expondo seus processos de criação, desafios e conquistas. Essa semana, o diretor Cristiano Burlan, conhecido por sua Trilogia do Luto, discute suas realizações.

Diretora: Renata Druck
Duração: 14 min.
Exibição: 13 de junho, quarta-feira, às 23h40.
Classificação: 10 anos
Horários alternativos:
14 de junho, quinta-feira, às 17h40
15 de junho, sexta-feira, às 11h40

QUINTA DO PENSAMENTO
Alegorias do Brasil (Série) – Episódio: Cordialidade
Neste episódio, o debate gira em torno do conceito de cordialidade, cunhado por Sérgio Buarque de Holanda nos anos 30, e no qual os brasileiros construíram suas redes de relação, inclusive com o poder, baseando-se no coração, que ama e odeia, que gosta e desgosta. Relações baseadas numa extrema pessoalidade. Isso teria, por um lado, impedido a formação do âmbito republicano da política, mas mantido também uma humanidade que resiste ao processo tecnocrata da era moderna.

Diretor: Murilo Salles
Duração: 26 min.
Exibição: 14 de junho, quinta-feira, às 23h30
Classificação: Livre
Horários alternativos::
15 de junho, sexta-feira, às 17h30
17 de junho, domingo, às 9h50

SEXTA DA SOCIEDADE
Cidadania do Espaço (Documentário)
A privatização ou marginalização de espaços públicos é um dos grandes problemas enfrentados pelas metrópoles. O filme analisa como a arte, a política e a sociedade em geral têm reagido a esse problema em cidades como Paris, Berlim, Londres, entre outros grandes centros urbanos no mundo.
Diretora: Claire Laborey
Duração: 52 min.
Exibição: 15 de junho, sexta-feira, às 21h30
Classificação: Livre.
Horários alternativos:
16 de junho, sábado, à 1h
18 de junho, segunda-feira, às 15h30
Sobre o Curta!
Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.


Nenhum comentário

Postar um comentário