01 novembro 2017

[Matéria] 41ª Mostra internacional de cinema de São Paulo | Coletiva de imprensa com Renata Almeida


41° mostra de cinema internacional começou sua coletiva de imprensa apresentando o novo logo proporcional da edição (a imagem das mãos dadas) com seu significado de apoio , inclusão, a questão do refugiado e um símbolo de União Geral tema esse refletido nas escolhas dos filmes da mostra.

Na coletiva de imprensa tivemos a presença da Renata Almeida destacou sua paixão pela escolha dos filmes e de como é bom ver o crescimento da mostra, a participação do público jovem que tem se mobilizado através das redes sociais e dos projetos de expansão da mostra com a divulgação dos patrocinadores dentro do estado de São Paulo.

Eu tive a oportunidade de questionar o secretário adjunto Romildo Campelo referente a postura adotada pelo governo do estado de São Paulo para essa divulgação do cinema cult nos municípios e me foi dito que a secretaria de cultura com o projeto "Filma São Paulo " com suas vertentes voltadas a inclusão social a cultura, difusão e acesso a cultura em geral.

O projeto é elaborado em cima da parceria de transformar as câmaras municipais que tiverem infraestrutura adequada básica em salas de exibição com sua programação por dois dias da semana ou a cada quinzena (dependendo da disponibilidade do município).
Estamos falando de 645 municípios e esse projeto poderá se tornar um novo e grande circuito cultural.

Ainda falando sobre a expansão da mostra cultural temos as Itinerâncias realizadas pelo SESC e a CPFL com o foco de levar os filmes da 41° para o interior de São Paulo em determinadas cidades.

Sesc com o projeto itinerância da mostra pelo interior de São Paulo - Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Preto, Santos, São Carlos, São José dos Campos e Sorocaba.

A CPFL também realizará o circuito de Itinerância em Campinas no auditório Umuarama nos dias 24, 25, 26, 28 e 29 de outubro.

No começo da coletiva a Renata disse como é bom observar que o cinema não está morto no Brasil e com essas iniciativas de expansão e conquista de público eu tenho a certeza que realmente a sétima arte está mais viva do que nunca em nosso país.



Escrito por Jaqueline Ribeiro



4 comentários

  1. Olá! Vai ter mostra aqui no Sesc Santos, muito bacana esses projetos, achei bem impactante o logo.

    ResponderExcluir
  2. Espero que o cinema só cresça cada vez mais nesse Brasil! O país necessita muito de projetos como esse e de iniciativas que possam levar a sétima arte, para mais lugares e que dessa forma, atinjam mais e mais jovens.

    ResponderExcluir
  3. Oi Jaqueline.
    Que projeto bacana!
    É uma ótima forma de inclusão do cinema para a população, ainda mais aqueles que moram no interior ou não tem acesso fácil ao cinema.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Puxa, onde moro nunca tem isso ou quando tem é pouco divulgado e eu so fico sabendo em cima da hora. Mas é uma boa iniciativa e mostrar que existe a arte cinematográfica no Brasil.

    ResponderExcluir