Novidades

[News]Mês da Mulher: autoras brasileiras para conhecer em 2021

Mês da Mulher: autoras brasileiras para conhecer em 2021




Artistas e artes desenvolvidas por elas também é sinônimo de luta e valorização

Dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, aproveitando a celebração, a sociedade adota todo o mês para dar visibilidade às mulheres, principalmente pela história que deu contorno a data comemorativa. A realidade daquelas que escrevem obras literárias no Brasil também é sinônimo de luta e diversidade, e visando a necessidade de valorização dessas artes e artistas, listamos algumas escritoras brasileiras para ler ainda este ano.

Vanessa Guimarães
A carioca de 45 anos estreou no mercado editorial com “Beijo de Borboleta”, seu primeiro livro que em poucos meses venceu o Coerência Choice Awards 2020 como Melhor Suspense e, no momento, é finalista do Prêmio Ecos da Literatura em  Melhor Thriller e Policial. Sua obra é um suspense protagonizado pela renomada detetive Joanna Guivel, a qual vai até Florianópolis resolver o mistério de uma criança que desapareceu de dentro de casa.

O livro foi lançado pelo Grupo Editorial Coerência em novembro de 2020, a autora está sendo classificada como uma promessa para este por muitos leitores e sua obra já passou nas mãos de Giovanna Antonelli, Mateus Solano e Álamo Facó.

Carolina Reginatto
A autora de 25 anos é formada em Ciências Econômicas e estreou na literatura em março deste ano. A sulista lançou "Numbers - As Runas do Poder" e se propõe a levantar reflexões sobre superação por meio da história, ação que esteve muito presente em sua vida há alguns anos. Na história de fantasia, acompanhamos os nove jovens que sobreviveram ao sucumbir do planeta natal, junto de seus mentores, vindo até à Terra lutar por um bem maior, contra um mal que não só destruiu o seu mundo, mas agora ameaça a Terra.

A obra foi lançada recentemente pela Editora Livros Prontos e está sendo bem recepcionada pelos leitores. No enredo, a autora procura explorar o poder da união e como ela é importante para superar os problemas.

Rachel Fernandes
A redatora publicitária de Porto Alegre se destaca na literatura por transformar a sua cidade natal na Nova York das comédias românticas. Com diversas histórias lançadas, algumas vencedoras de prêmios e concursos literários, a autora busca escrever histórias de romance, comédias românticas, e no momento um romance de época brasileiro, na qual levanta reflexões de assuntos tabus e inclusões por meio de narrativas leves e humoradas.

O último lançamento da artista foi “Suíte 2121”, conto que já recebeu o título de O Melhor Pior Dia dos Namorados. A história está disponível em e-book na Amazon como todos os outros livros da autora.

Chris Sevla
Autora, roteirista e palestrante, a artista tem uma carreira com vários livros publicados no Brasil e por meio de seus trabalhos se propõe a transformar vidas. Iniciando no mercado pela antologia “Território V” (Terracota), a autora já escreveu diversos textos para revistas literárias conceituadas e, no momento, negocia a adaptação cinematográfica de suas obras.

Em março, devido a quaresma, a artista se dedica ao projeto Desafio 40 Atitudes, na qual seus seguidores se empenham na prática de atitudes positivas ordenadas por meio de um diário desenvolvido pela própria autora. A ideia tem como base e inspiração seu livro “40 Atitudes Para Transformar Seu Coração”, que este ano ganhou uma nova edição.

Alice Rodrigues
A arquiteta, urbanista e escritora paraibana de 23 anos leva a cultura brasileira para seu livro "O Duque de Tão Longe". Inspirada em Alice nos País das Maravilhas, a artista conseguiu explorar o folclore brasileiro ao levar o Saci, Cuca, Matinta Perera e Marina Caninana para a história, porém, se propõe a explorar os problemas e dramas de seus personagens.

A história narra Júlia Rodrigues acordando em um lugar desconhecido, onde todos parecem conhecê-la, e partindo em uma aventura perigosa recheada de feitiços, raptos, mistérios e muita crença brasileira.
PR/Hype

Nenhum comentário