Novidades

[News]A Concord e seus parceiros celebram os prêmios Grammy

A CONCORD E SEUS PARCEIROS CELEBRAM OS PRÊMIOS GRAMMY®



 

Os vencedores da 63° edição do GRAMMY® Awards foram anunciados no último domingo (14) em Los Angeles e os artistas da Concord e seus partners estiveram bem representados, levando para casa 11 prêmios. Saiba mais em: https://concord.com/concord-news/concord-and-its-partners-celebrate-grammys .

  

“... mantenha a chama da música acesa”, pediu Gayle Moran ao aceitar os GRAMMY®s de seu falecido marido, Chick Corea, para “Melhor Álbum de Jazz Instrumental” e “Melhor Jazz Solo Improvisado”, recebidos por seu álbum “Trilogy 2” e pela faixa “All Blues”, respectivamente. Estas foram as vitórias 24ª e 25ª do maestro na premiação. Corea, artista do Concord Jazz por quase três décadas, morreu no mês passado, aos 79 anos de idade.

 

Dois artistas da Rounder Records foram premiados com GRAMMY®s nas categorias de “Melhor Álbum”. O guitarrista Billy Strings ganhou seu primeiro GRAMMY” na categoria “Melhor Álbum de Bluegrass” por seu segundo álbum de estúdio, “Home”.

 

Sarah Jarosz ganhou o prêmio de “Melhor Álbum Americano” por seu “World On The Ground”. Embora esta tenha sido sua quarta vitória no GRAMMY®️, essa foi a sua primeira indicação e vitória como cantora/ compositora. Sarah também se apresentou durante a cerimônia, junto com a artista da Fantasy Records, Grace Potter, no tributo do 50º aniversário da música “Mercy Mercy Me”, de Marvin Gaye. Assista aqui:

 


https://youtu.be/6wbt4eQ6zek .

 

James Taylor, da Fantasy Records, levou para casa seu sexto GRAMMY® na categoria “Melhor Álbum Pop Tradicional” para sua 20ª gravação de estúdio, “American Standard”, que inclui canções dos catálogos dos compositores da Concord Music Publishing, Sammy Cahn e Rodgers & Hammerstein.

 

O artista Robert Glasper de jazz, hip-hop, R&B e neo-soul da Loma Vista Recordings e compositor da Concord Music Publishing, ganhou seu quarto prêmio na categoria “Melhor Canção de R&B” por sua faixa “Better Than I Imagined”, ao lado de H.E.R. e Meshell Ndegeocello.

A parceira da Concord PULSE Music Group representa Starrah (Brittany Hazzard), que ganhou um GRAMMY de “Melhor Canção de Rap” por coescrever “Savage” (Megan Thee Stallion feat Beyoncé). O indicado a “Melhor Artista Novo” e compositor da PULSE, Kaytranada, venceu as categorias de “Melhor Gravação de Dance” por “10%” - ft. Kali Uchis - e “Melhor Álbum de Dance/Eletrônica”, por “Bubba”.

 

A compositora da PULSE, Lori McKenna, e a recém-contratada artista da Fantasy, Natalie Hemby, conquistaram o prêmio na categoria “Melhor Canção Country” por coescreverem “Crowded Table” (interpretada por Highwomen - Brandi Carlile, Natalie Hemby e Lori McKenna). O álbum solo de Hemby será lançado pela gravadora ainda este ano.

 

O compositor e artista multitalento da Concord Music Publishing Jacob Collier levou para casa seu quinto GRAMMY na categoria “Melhor Arranjo, Instrumentos e Vocais” por “He Won't Hold You” (com Rapsody) de seu Álbum “Djesse Vol. 3”, que também foi indicado ao prêmio.

 

“Jagged Little Pill” (Original Broadway Cast - Elenco Original da Broadway), com a música icônica de Alanis Morissette e Glen Ballard, da Concord Music Publishing, e arranjado e produzido por Tom Kitt, da Concord Music Publishing, ganhou o GRAMMY® de “Melhor Álbum de Teatro Musical”. Kitt aceitou o prêmio em nome do elenco e da equipe de criação.

 

O falecido compositor da Boosey & Hawkes e vencedor do Prêmio Pulitzer, Christopher Rouse, recebeu postumamente o prêmio de “Melhor Composição Clássica” por sua Sinfonia Nº 5, interpretada pela Sinfônica de Nashville e tendo como maestro Giancarlo Guerrero. Sua viúva, Natasha Miller Rouse, aceitou o prêmio em seu nome.

 

Os compositores da Concord Music Publishing e das diversas listas da PULSE também participaram de muitos projetos que foram reconhecidos pela The Recording Academy. Parabéns para BloodPop (PULSE), Kossisko (Cutcraft), Mr. Hudson, SG Lewis (PULSE), Ty Dolla $ign (PULSE) e Tyler Johnson (PULSE).

 

Prêmios à parte, artistas e músicas da família Concord estiveram sempre presentes durante a cerimônia transmitida pela televisão. O artista da Easy Eye Sound e Bentonian Bluesman Jimmy “Duck” Holmes interpretou “Catfish Blues”, de seu álbum indicado para “Melhor Álbum de Blues Tradicional”, “Cypress Grove”. Uma música que se tornou um símbolo para superar as adversidades que o mundo enfrentou no último ano, “You´ll Never Walk Alone”, de Rodgers & Hammerstein, foi tocada durante o segmento "In Memoriam" da cerimônia, interpretado por Brittany Howard com Chris Martin, do Coldplay, ao piano.

 

Foi um ano de desafios sem precedentes, com um impacto especialmente agudo em todos que dependem de apresentações ao vivo para seu sustento”, disse o CEO da Concord, Scott Pascucci. “Obrigado a todos os nossos artistas, compositores, engenheiros e compositores por manter a criatividade viva. Seu espírito nos ajudou a passar por este período mais conturbado da história da humanidade. Parabéns por cada performance e elogios ontem. Eles nunca foram mais apreciados ou merecidos”.

 

Lista de Todos os Vencedores:

 

Best Traditional Pop Vocal Album (Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional)

American Standard (James Taylor)

- Fantasy Records/Concord Music Publishing

 

Best R&B Song (Melhor Canção R&B)

“Better Than I Imagined” (Robert Glasper feat. H.E.R. & Meshell Ndegeocello)

Robert Glasper, Meshell Ndegeocello and Gabriella Wilson (H.E.R.), songwriters

- Loma Vista Recordings/Concord Music Publishing

 

Best Rap Song (Melhor Canção Rap)

“Savage” (Megan Thee Stallion featuring Beyoncé)

Beyoncé, Shawn Carter, Brittany Hazzard (Starrah), Derrick Milano, Terius Nash, Megan Pete, Bobby Session Jr., Jordan Kyle Lanier Thorpe & Anthony White, songwriters

PULSE Music Group

 

Best Country Song (Melhor Canção Country)

“Crowded Table” (The Highwomen)

Brandi Carlile, Natalie Hemby and Lori McKenna, songwriters

PULSE Music Group

 

Best Improvised Jazz Solo (Melhor Jazz Solo Improvisado)

“All Blues” (Chick Corea)

- From his album Trilogy 2 on Concord Jazz

 

Best Jazz Instrumental Album (Melhor Álbum de Jazz Instrumental)

Trilogy 2 (Chick Corea)

- Concord Jazz

 

Best Americana Album (Melhor Álbum Americana)

World On The Ground (Sarah Jarosz)

- Rounder Records

 

Best Bluegrass Album (Melhor Álbum de Bluegrass)

Home (Billy Strings)

- Rounder Records

 

Best Musical Theatre Album (Melhor Álbum de Teatro Musical)

Jagged Little Pill (Various Artists)

Kathryn Gallagher, Celia Rose Gooding, Lauren Patten & Elizabeth Stanley, principal soloists; Neal Avron, Pete Ganbarg, Tom Kitt, Michael Parker, Craig Rosen & Vivek J. Tiwary, producers (Glen Ballard & Alanis Morissette, lyricists) (Original Broadway Cast)

- Concord Music Publishing

 

Best Arrangement, Instruments and Vocals (Melhor Arranjo, Instrumentos e Vocais)

“He Won’t Hold You” (Jacob Collier featuring Rapsody)

Jacob Collier, arranger

- Concord Music Publishing

 

Best Contemporary Classical Composition (Melhor Composição Clássica Contemporânea)

Symphony No. 5 (Giancarlo Guerrero & Nashville Symphony)

Christopher Rouse, composer

- Boosey & Hawkes

Nenhum comentário