Novidades

[News] Luís Martins inicia turnê de MPB no Rio com Luiz Cláudio Ramos, parceiro de Chico Buarque

Na noite deste domingo, 1° de dezembro, o maestro e arranjador Luiz Cláudio Ramos, parceiro há décadas de Chico Buarque, e o cantor baiano Luís Martins subiram ao palco para o primeiro show da turnê "Wonderful Song", no Baretto-Londra, espaço no hotel Fasano,
 em frente ao mar de Ipanema. 

Produzida pela Arroz de Hauçá, a apresentação intimista reuniu amigos,  fãs e admiradores da MPB, que se encantaram com o repertório repleto de grandes sucessos. Dentre eles, releituras de “Filosofia”, de Noel Rosa; “Sou Eu” e “Homenagem ao Malandro”, de Chico Buarque. Luís Martins, por sua vez, embalou a noite também com suas composições autorais, como “Anjo Bom” e “Seis Meses”. 

As próximas apresentações acontecem nas segundas-feiras, 02 e 09 de dezembro, a partir das 21h, também no Baretto-Londra, no Fasano. Os shows estão sujeitos a lotação. 

Os artistas no Spotify: 
Luiz Cláudio Ramos |
Luís Martins

SOBRE LUIZ CLÁUDIO RAMOS
Luiz Cláudio Ramos até tentou ser médico, mas a paixão pela música fez com que esse carioca largasse a faculdade para se dedicar inteiramente à carreira de violonista, arranjador, compositor, diretor artístico e musical. Já são mais de 50 anos dedicados à música.

Luiz Cláudio começou a tocar violão aos 14 anos, influenciado pela família de músicos. Ele é irmão do cantor Carlos José. Em 1965, iniciou sua carreira, tocando em teatros universitários. Em pouco tempo, já estava participando de shows de artistas como Beth Carvalho
 e Wilson Simonal. A partir daí, passou a acompanhar diversos artistas em shows e gravações, entre eles, Tom Jobim, Gal Costa, Maria Bethânia, Edu Lobo, Francis Hime, Milton Nascimento e Elis Regina, com quem gravou vários  álbuns.

primeiro trabalho como arranjador foi para Nara Leão. Seguiram-se outras parcerias importantes com nomes famosos da música brasileira, como Fagner, Raul Seixas, MPB-4, Miúcha e Odair José. Em 1974, começou a fazer arranjos para o “Quarteto em Cy”, tornando-se
 diretor musical de discos e shows do grupo. 

A parceria com Chico Buarque começou ainda nos anos 70; primeiro, como instrumentista, depois, como arranjador. Desde 1994, além dos arranjos, faz a produção musical dos discos e shows de Chico e é também violonista da banda do artista.

Luiz Cláudio Ramos gravou dois discos em carreira solo e assinou trilhas sonoras para diversos filmes, como “O Sonho de Rose”, de Tetê Moraes. Assinou ainda arranjos e direção musical de documentários como “Vinícius”, de 2005, e “Chico, um artista Brasileiro”, de 2015.

O talento de Luiz Cláudio foi reconhecido através de prêmios importantes, entre eles, Prêmio de Melhor Arranjo no Festival Universitário de 1972 para a música “Quem viver verá”; Prêmio de Melhor Arranjador pela Associação de Críticos Paulistas para o disco “Paratodos”,de Chico Buarque, em 1994; Prêmios de Melhor Trilha Sonora pelos filmes “Vinícius”, em 2006, e “Chico um artista brasileiro”, em 2016, ambos pela Academia Brasileira de Cinema. Em 2012, foi indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Produtor pelo disco
 “Chico”.
Em 2018, Luiz Cláudio acompanhou Chico Buarque como instrumentista e maestro dos shows da turnê “Caravanas”, que percorreu o Brasil. Os arranjos e a direção musical do disco “Caravanas” foram assinados pelo maestro.   

SOBRE LUÍS MARTINS
Um baiano sonhador e empreendedor. Assim a gente pode definir um pouco de quem é Luís Martins, um empresário bem-sucedido que resolveu se jogar de corpo e alma na profissão de cantor e compositor. Luís Martins, dividindo a sua função como empresário no seu grupo
 de tecnologia com a de compositor, resolveu ingressar como cantor. Desponta como um novo nome da Música Popular Brasileira, com uma carreira afinada com as plataformas digitais e um modelo inovador para a área musical.   

Como compositor, tem mais de duzentas letras. E em dois anos como cantor, Luís Martins já tem dois álbuns lançados – “Sou Músico” e “Seis Meses”-  e um EP com a música “Anjo Bom”, que compôs em homenagem à Santa Dulce dos Pobres, a freira baiana canonizada em outubro
 de 2019. Luís também já se apresentou em teatros de Salvador com o show “Sou Músico” e, mais recentemente com a turnê “Sonho”, que percorre agora outras cidades brasileiras.

Luís Martins é um apaixonado pela Música Popular Brasileira. Seu repertório é composto por canções autorais, com influências da MPB, valsa, baião, jazz e pop. Luís também faz releituras de clássicos de Chico Buarque, Noel Rosa, Dominguinhos e Cazuza. A música “Codinome
 Beija-Flor” ganhou arranjo musical do consagrado César Camargo Mariano, que também fez o arranjo da música “De Flor em Flor”, de Djavan, gravada no álbum “Seis Meses”, o segundo da carreira de Luís Martins.

SOBRE A ARROZ DE HAUÇÁ
A produtora Arroz de Hauçá foi criada pelo cantor e compositor Luís Martins para fazer a diferença no mercado musical. Visionário e exigente quanto à qualidade de tudo o que faz, Luís Martins, que também é empresário, montou a produtora e editora musical para
 conduzir seu trabalho e de outros artistas. 

A Arroz de Hauçá é equipada com estúdio de gravação de última geração e equipamentos modernos e de alta qualidade, incluindo um acervo de instrumentos musicais para ensaios e shows. Além disso, conta com um núcleo de comunicação para produzir e editar conteúdos
 audiovisuais e um canal no YouTube – o Fortuna Crítica – onde são publicadas entrevistas gravadas em um estúdio montado na produtora especialmente para essas gravações. A produtora Arroz de Hauçá é o espaço ideal para artistas que precisam de estrutura qualificada
 para exercer sua arte musical.

SERVIÇO:
Turnê “Wonderful Song” 
Datas:
02/12 e 09/12

Horário:
 a partir das 21h

Local:
Baretto-Londra - Hotel Fasano

Endereço:
Av. Vieira Souto, 80 - Ipanema  Rio de Janeiro/RJ

Valor:
R$ 50,00 (Couvert)

Capacidade
 para 100 pessoas


Nenhum comentário