Novidades

[News] Mostra Mosfilm chega à 6ª Edição com 29 sessões e dois locais de exibição

De 4 a 11 de dezembro São Paulo receberá 12 longas metragens do cinema soviético e russo. As produções, de períodos e estilos variados, fazem parte da programação da Mostra Mosfilm, que chega à sua 6ª edição com 29 sessões, doze a mais que no ano passado, e dois parceiros à altura da programação: o Circuito SPCine e o Itaú Cinemas.

Produções de várias décadas serão exibidas nos oito dias de mostra, e a diversidade de gêneros também chama a atenção na curadoria. Entre os destaques da programação estão A Balada do Soldado, clássico de Grigori Chukhray, a ficção científica Stalker, de Andrei Tarkovsky, e A Prisioneira do Cáucaso, de Leonid Gayday, uma das mais populares comédias russas de todos os tempos. Os três filmes passaram, recentemente, por cuidadosos processos de restauração no Mosfilm, o que também aconteceu com mais 5 dos 12 filmes da Mostra.

Outra novidade é a exibição de um balé, a versão de Spartacus de Yury Grigorovich, de 1975, com o Balé Bolshoi. Karen Shakhnazarov, diretor geral do Mosfilm, também tem filme na programação deste ano, o drama O Mensageiro, de 1986. O filme mais recente da seleção é a comédia Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes, de Vera Storozheva, de 2016.

A possibilidade de ter dois locais de exibição viabilizou maior número de sessões, e também mais possibilidades de o público conferir os filmes, quase todos inéditos no Brasil. Todos os longas terão ao menos duas exibições, sendo pelo menos uma no Itaú (Rua Augusta, 1.475) e uma no SPCine Olido (Av. São João, 473). Os ingressos têm preços populares e as sessões têm 5 horários diversos.

A Mostra é uma realização do CPC-UMES Filmes, em parceria com a SPCine e Itaú Cinemas.

Apoio: Agência de Assuntos da Comunidade dos Estados Independentes da Federação da Rússia (Rossotrudnichestvo), Embaixada da Federação da Rússia na República Federativa do Brasil, Sputnik Cultural e Associação Cultural Grupo Volga de Folclore Russo.

Informações Gerais:
6ª Mostra Mosfilm de Cinema Soviético e Russo
De 04/12* a 11/12/19

Locais de exibição:

Itaú Cinemas Augusta

Rua Augusta, 1.475, sala 3 | Cerqueira Cesar

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada)

Circuito SPCine – Cine Olido
Av. São João, 473, Centro – São Paulo – SP
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia entrada)

(Consulte a programação para sessões e horários)

*Sessão de abertura, gratuita. É necessário confirmar presença pelo e-mail mostramosfilm@umes.org.br. Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.

Sujeito a lotação da sala.

Exposição “As Matryoskhas”

Dos dias 05/12 a 08/12 estará em cartaz, no hall de entrada do SPCine Olido, a exposição “As Matryoskhas”, de Nadia Starikoff. Filha de mãe russa, a artista tem sua trajetória marcada pela migração. Inspiradas nas bonecas de origem russa, as obras retratam as origens ancestrais, a materialidade do corpo, as conexões com o outro, as relações com o ambiente e, por fim, a relação com o universo em sua mais infinita amplitude.

Artista: Nadia Starikoff

Curadoria: Carol Mondin

Produção: Eduarda Cabreira

Comidas, bebidas e artesanato típico do Leste Europeu

Um pedacinho da tradicional Feira do Leste Europeu estará na Galeria Olido no sábado, 07/12, com barracas de comidas, bebidas e artesanato típicos da região. A Feira do Leste Europeu acontece mensalmente na Vila Zelina, bairro que concentra o maior número de imigrantes de países do Leste Europeu em São Paulo.

Sábado, 07/12/2019
Horário: das 13h às 20h
SPCine Olido (Av. São João, 473)


Sobre o Mosfilm
Em 30 de janeiro de 1924, com a estreia do longa-metragem “Nas Asas”, de Boris Mikhin, surgia o Mosfilm, um dos mais antigos e pioneiros estúdios de cinema do mundo.

Durante seus 95 anos de existência foram produzidos nos estúdios Mosfilm mais de 2.500 longas-metragens, de inúmeros diretores que contribuíram para a criação da história do cinema mundial, como Serguei Eisenstein, Vsevolod Pudovkin, Ivan Pyriev, Grigori Aleksandrov, Mikhail Romm, Grigori Chukhray, Mikhail Kalatozov, Serguei Bondarchuk, Andrei Tarkovsky, Leonid Gayday, Gleb Panfilov, Karen Shakhnazarov e muitos outros.

Ainda hoje é o maior estúdio da Rússia e um dos maiores da Europa, contando com cidades cenográficas e equipamentos de alta tecnologia que permitem realizar o ciclo de produção do cinema em sua totalidade. O Mosfilm é um órgão público e Karen Shakhnazarov, Diretor Geral do estúdio desde 1998, é também Presidente do Conselho de Cultura da Câmara Pública da Federação Russa.

Sobre a CPC-UMES Filmes
Braço do Centro Popular de Cultura da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo, a distribuidora CPC-UMES Filmes está no mercado nacional de home vídeo desde 2014, com 43 títulos lançados em DVD e Blu-Ray além de uma parceria de lançamento em Blu-Ray com a Versátil Home Vídeo. Com licenciamento direto do Mosfilm, os filmes contemplam clássicos do cinema soviético e russo de diretores como Sergei Eisenstein (O Velho e o Novo, 1929, com codireção de Grigori Aleksandrov; Aleksandr Nevsky, 1938), Andrei Tarkovsky (Solaris, 1972), Elem Klimov (Vá e Veja, 1985), entre outros.

Além da atuação em home vídeo, a CPC-UMES filmes organiza, desde 2014, a Mostra Mosfilm de Cinema Soviético e Russo, que acontece em São Paulo, com edições em Porto Alegre e Fortaleza. Em 2018, iniciou atividades no circuito comercial de cinemas com o lançamento de “Anna Karenina. A História de Vronsky”, com ótima receptividade de crítica e público. O filme foi lançado em junho último e a estreia contou com a presença de Karen Shakhnazarov, diretor do filme e do Estúdio Mosfilm.




Nenhum comentário