Novidades

[News] Mostra MiriM estreia Pedro Malasartes e O Couro Misterioso, do grupo Teatro Faces, de Mato Grosso

A área externa do CCBB São Paulo terá uma atração especial a partir de 4 de outubro de 2019: Pedro Malasartes e O Couro Misterioso, do grupo Teatro Faces, companhia situada na cidade Primavera do Leste, em Mato Grosso. A temporada vai até 20 e outubro e faz parte da MiriM – Mostra Nacional de Teatro para Crianças Grandes e Pequenas, que irá trazer, ao todo, quatro companhias brasileiras para temporadas de trabalhos ainda inéditos em São Paulo. A curadoria é do jornalista e crítico de teatro infantil Dib Carneiro Neto e a idealização é de Jota Rafaelli e Rafael Petri, da MoviCena Produções.

Sobre Pedro Malasartes e O Couro Misterioso, Dib Carneiro Neto conta: “A peça faz uso da cultura popular para discutir a importância da honestidade e o perigo da ganância, aproximando a estética do grupo do gênero de teatro da commedia dell'arte, o que promete chamar muito a atenção do público que estiver passando pela rua”. Dia 19 de outubro a companhia oferece gratuitamente um workshop às 10h, no CCBB São Paulo.

Além das apresentações, a mostra, que tem patrocínio do Banco do Brasil, também é composta por oficinas mediadas pelos grupos e mesa de debates. Toda a programação tem entrada franca e é aberta ao público. Segundo Dib, a mostra oferece ao público a oportunidade de conhecer um panorama da produção das artes cênicas para crianças fora da capital paulista – as companhias convidadas são da Bahia, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Par os idealizadores da MiriM, a mostra é uma oportunidade para que a cidade de São Paulo tenha acesso a temporadas mais extensas de peças infantojuvenis fora do circuito capital/interior paulista e possibilita um maior alcance do público. “Na MiriM, cada companhia realizará entre 7 e 10 apresentações, gratuitamente, no Centro e a céu aberto, fatores que facilitam o acesso das apresentações”, reforçam. Os produtores também lembram que a mostra fomenta o intercâmbio com companhias de fora do Estado, o que fortalece vínculos entre companhias brasileiras e possibilita que as pessoas tenham cada vez mais acesso à trabalhos que lidam com linguagens teatrais diversas e que traduzem muito da cultura regional do lugar de onde vem as montagens.

Sobre o espetáculo

Pedro Malasartes e O Couro Misterioso

Grupo Teatro Faces (Primavera do Leste/MT)

Estreia dia 04/10, sexta-feira, as 15h30

De 4 a 20 de outubro de 2019

Sábados e domingos, 15h30.

60 minutos | Livre

Workshop com o Teatro Faces – 19/10, sábado, 10h
Sinopse: No sertão mato-grossense, surge um rei metido a coronel ou um coronel metido a rei que decide dar toda a sua fortuna para aquele que descobrir do que é o couro que ele carrega nas mãos - mas quem errar terá sua cabeça cortada. Pedro Malasartes, desconfiado dos verdadeiros interesses do “rei”, reúne um grupo de desajustados para sair vivo dessa incrível aventura.

Ficha Técnica: Texto: Wanderson Lana; Direção: Wanderson Lana; Música: Núcleo de Música e Sonoplastia do Teatro Faces; Figurino: Ana Paula Dorst e Edilene Rodriguez; Cenário: Yuri Lima Cabral; Elementos de Cena: Yuri Lima Cabral; Maquiagem: Edilene Rodriguez; Design: Rafaela Salomão

Os próximos espetáculos:
Era Uma Vez: Contos, Lendas e Cantigas

Rococó Produções (Porto Alegre/RS)

Estreia dia 01/11, sexta-feira, as 15h30

De 01 a 20 de novembro de 2019

Sábados e domingos, 15h30.

Sessões extras 08 e 15/11 (sexta-feira) e 20/11 (quarta-feira), às 15h30.

50 minutos | Livre
Workshop com a Rococó Produções – 09/11, sábado, 10h

O Espetáculo Era Uma Vez: Contos, Lendas e Cantigas é um espetáculo que mescla as técnicas de teatro, contação de histórias, dança e música, absorvidas através das graduações em Biblioteconomia e Licenciatura em Teatro, além de anos de pesquisa na área da contação de Histórias Dramatizada, folclore e tradições gaúchas. A partir de dramaturgia inédita, revisita as Lendas de Nossa Senhora Aparecida e do Negrinho do Pastoreio, abrindo espaços onde, de forma atraente e delicada, pode-se trabalhar a transversalidade dos elementos das culturas afrodescendente e gaúcha, além de propor uma reflexão sobre o bullying e as diferenças, trabalho infantil e os aspectos que auxiliam na formação da identidade. É entremeado por cantigas extraídas do cancioneiro popular gaúcho e especialmente compostas, executadas ao vivo acompanhadas por violão e percussão. O uso de recursos cênicos simples e poucos objetos abre espaço para que o espectador imagine e se envolva, criando imagens e estimulando o lúdico em uma atmosfera de interação.

Ficha Técnica: Elenco: Guilherme Ferrêra e Henrique Gonçalves Texto e Direção: Guilherme Ferrêra Produção: Rococó Produções Artísticas e Culturais Cenografia: Conceição Jobim Figurino: Lúcia Ferreira Iluminação: Norton Göettems Sonoplastia: Norton Goettems, Henrique Gonçalves e Guilherme Ferrêra Trilha executada ao vivo: Rococó Produções Artísticas e Culturais Fotografia: Rodrigo Kão Identidade Visual: Jéssica Barbosa

A Mulher que Matou os Peixes

Ateliê Voador (Salvador/BA)

Estreia dia 22/11, sexta-feira, as 15h30

De 22 de novembro a 15 de dezembro de 2019

Sábados e domingos, 15h30.

Sessão extra 06/12 (sexta-feira), às 15h30.

60 minutos | Livre
Workshop com o grupo Ateliê Voador – 7/12, sábado, 10h

A mulher que matou os peixes, uma pop-bossa samba ‘n roll”, conta a história de um crime, a morte de dois peixes vermelhinhos, mas tudo narrado em um jogo delicioso e de extrema sensibilidade para concluir que a falha, o lapso, o erro e o esquecimento são inerentes a todos nós, homens e mulheres. A partir do original de Clarice Lispector, a encenação ganha roupagem de um pequeno musical e apresenta a cantora Maira Lins, que nos convida a pensar no movimento da própria vida que é composto de alegrias e tristezas, perdas e ganhos, idas e vindas.

Ficha Técnica: Dramaturgia – Djalma Thürler (a partir de Clarice Lispector, Vinícius de Moraes e Toquinho) DIREÇÃO – Djalma ThürlerAtuação – Maira Lins Arranjos Musicais – Roberta Dantas Cenografia – José Dias Figurino – Luiz Santana Adereços – Flávia Bomfim Confecção Adereços – “Grupo Bordar os Sonhos, de Sussuarana” Iluminação / Ass. Direção – Marcus Lobo Direção De Produção – Duda Woyda e Rafael Medrado Produção Executiva – Nany Oliveira Assessoria De Imprensa – Rafael Brito Design Visual – Giovanni Rufino

Mesa de Debate

Dia 20 de novembro, quarta-feira, 11h

Teatro para Crianças e Jovens: Temas, Linguagens e Reflexões

Com Dib Carneiro Neto e integrantes da Rococó Produções e do Grupo Atêlie Voador.

Local: CCBB SP

Ficha Técnica da MiriM

Patrocínio: Banco do Brasil

Realização: Centro Cultural Banco do Brasil

Idealização: MoviCena Produções

Produção Geral: Jota Rafaelli

Produção Executiva: Rafael Petri

Curadoria: Dib Carneiro Neto

Assistente de Produção: Mateus Fávero

Técnico Geral Responsável: Caike Souza

Designer Gráfico: Gabriel Victal

Registro em Foto: Fellipe Oliveira

Registro em Vídeo: Marcos Yoshi

Assessoria de Imprensa: Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Serviço

MiriM – Mostra Nacional de Teatro para Crianças Grandes e Pequenas

13 de setembro a 15 de dezembro de 2019

CCBB SÃO PAULO

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro, São Paulo-SP

Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô

(11) 3113-3651/3652 | Todos os dias, das 9h às 21h, exceto às terças

ccbbsp@bb.com.br  |  bb.com.br/cultura  |  twitter.com/ccbb_sp  |  facebook.com/ccbbsp | instagram.com/ccbbsp |


·         Acesso e facilidades para pessoas com deficiência | Ar-condicionado | Cafeteria e Restaurante | Loja

·         Clientes do Banco do Brasil têm 10% de desconto com Cartão Ourocard na cafeteria, restaurante e loja

·         Estacionamento conveniado: Rua da Consolação, 228.

Valor: R$ 14 pelo período de 6 horas.

É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.

Traslado gratuito até o CCBB. No trajeto de volta, a van tem parada na estação República do Metrô.



Nenhum comentário