Novidades

[News] Ronan Horta, com mais de 40 participações em novelas, se destaca como o corrupto Cabo Góes de "Malhação"; conheça mais sobre o ator:

Multifacetado, Ronan Horta vai muito além de um galã, como ficou conhecido após sua participação interpretando o policial que prendeu Bibi Perigosa na novela A Força do Querer. Administrador, artista plástico, músico e entre muitos outros atributos, o ator que começou sua carreira em 1998 como apresentadore que agora está no ar em "Malhação – Toda Forma de Amar" como o polêmico policial Cabo Góes, se intitula principalmente como "ARTIVISTA".

"Luto pela arte, luto pela realização dos objetivos artísticos e pela mudança positiva que a arte traz para a sociedade e para o meio ambiente", diz ele ao definir sua realização profissional.

O trabalho em "Malhação"

Cabo Góes é um dos personagens mais polêmicos na TV brasileira atualmente. Ronan conta que se inspirou na realidade carioca para formar a personalidade de Góes, um policial miliciano: "Procurei apenas não fazer um clichê da televisão, joguei o personagem para o lado humano e real".

Após muita pesquisa de campo, o ator desenvolveu uma opinião forte sobre a realidade de seu personagem, e afirma que não vê Cabo Góes como um vilão, e sim como alguém corrompido pelo sistema: "Isso fica claro. Ele era um policial honesto, mas ganhava mal e queria dar melhores condições para a família. Apareceu a oportunidade errada de ganhar uma grana e ele acabou cedendo, como acontece com vários policiais na vida real".

O intérprete de Góes aproveita a deixa para uma crítica pertinente, embasada em sua vivência. "Se o sistema equilibrasse as oportunidades de crescimento, talvez isso não aconteceria com tanta frequência. Fora que a milícia surgiu para suprir um lapso no poder público, de forma ilegal e violenta por agredir o sistema. Mas tenho relatos na minha pesquisa, de pessoas que vivem nessas comunidades e até preferem a ordem da milícia do que a desordem do poder público. É tudo bem complexo", ressalta Ronan.

O ator foi escolhido a dedo para o papel em Malhação. O diretor artístico Adriano Melo fez o convite diretamente a ele, que em tom de brincadeira, atribui a escolha à repercussão de seu personagem em A Força do Querer: "Fiquei feliz com o resultado, me rendeu policiais até hoje! (risos)".

Malhação é uma novela conhecida por ser o berço de novos atores, mas tem trazido cada vez mais atores experientes, tornando-se de fato uma escola para ambos os lados. A nova temporada tem o núcleo criativo coletivo, e o intérprete de Góes afirma que tem sido muito enriquecedor compor o personagem e trocar experiências com os colegas de elenco. "Tanto os mais jovens quanto os mais experientes, junto com a direção, todos tem feito um trabalho impecável. Os números estão crescendo no decorrer da novela. Adriano Melo é suave em sua direção, e extremamente inteligente, o que facilita muito o trabalho".

Nas telas e por trás das câmeras

Entre as mais de 40 participações na TV, Ronan destaca alguns personagens, como Nico, em "Sete Pecados", por ter sido sua primeira novela completa, e por seu personagem ter se destacado ao longo da trama. Cita também seu personagem em "Liberdade Liberdade", e o Rei Jafia em "A Terra Prometida". Mas apesar de o sucesso como ator, jamais pensou em desistir da carreira de apresentador. "Nunca parei e nem penso em parar! Quero continuar dividindo informação com o mundo sempre", revela.

Em 2010, descobriu seu amor pelos palcos, lançando seu CD "Ronan Horta e Os Legumes Psicodélicos" e fazendo diversos shows em turnê pelo Brasil, porém escolheu se dedicar a atuação e a direção por serem suas verdadeiras paixões. Mas conta que sempre terá a música e as artes plásticas como amor e hobbie.

Engajado, o multifacetado ator é também embaixador de organizações como a Capim Selo Verde, Green Co e Route Brasil, que inclusive teve o documentário "Aquele Abraço" produzido por Ronan. Além disso, ministra palestras e cursos motivacionais e de empreendedorismo e comanda projetos como o "Terça em Movimento", um evento multicultural que reúne diversos tipos de arte, como dança, circo, poesia e entre outros.

Planos profissionais e pessoais:

Para o futuro, Ronan coloca como sua meta estar em harmonia com o todo. "Quero realizar meus argumentos e transformar em séries e filmes, cada um em sua fase e no seu melhor momento". Na vida pessoal, traça como objetivo estar em equilíbrio com sua arte e ter tempo para família e amigos. "Quero estar sempre em harmonia com a arte e minha vida pessoal, realizar meus objetivos com suavidade", finaliza.

Mais informações sobre Ronan Horta:

https://www.instagram.com/ronanhorta/

www.ronanhortaoficial.com


Nenhum comentário