Novidades

[Resenha] Uma noiva para Winterborne

Sinopse:Lisa Kleypas escreveu mais de 40 romances, que são best-sellers no mundo todo e foram traduzidos para 28 idiomas. “Altamente romântico e elegantemente escrito.” – Kirkus Reviews “Uma história viciante e recompensadora.” – Library Journal Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer – nos negócios e em tudo mais. No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda. Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão. Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade. Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma noiva para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

 O que eu achei?
O segundo livro da série Os Ravenels foi também meu segundo contato com a escrita da Lisa Kleypas (se ainda não conferiu, leia a resenha de Um sedutor sem coração aqui no blog). 

Rhys Winterborne é um empresário,filho de um comerciante, dono de uma rede de lojas de departamento que construiu seu império com muito esforço. Agora milionário e dono de um apetite insaciável por mulheres, é conhecido por ser mulherengo. 
Como é narrado no volume anterior, ele e Lady Helen tinham ficaddo noivos mas se separaram devido à insegurança dela ao ser beijada pelo próprio noivo. 

Helen é cunhada da protagonista do livro anterior, Kathleen, que era casada com seu irmão Theo mas após a morte dele, acabou desenvolvendo um afeto por Devon, o duque primo dela. Helen é extremamente tímida e inocente, não fazia a menor ideia de como reagir quando o noivado foi desfeito.

A história do segundo começa quando ela decide dar mais uma chance à Rhys e surpreendentemente, toma a iniciativa de ir até a casa dele pedir uma segunda chance. Acontece que Rhys está perdidamente apaixonado por ela e vem com um plano para que Devon os obriguem a se casar imediatamente: irá desonrá-la, ou seja, tirará a virgindade dela (já que Devon jamais o deixaria ficarem juntos depois do jeito que ele a tratou quando Kathleen o procurou). 

Ah, se a solução fosse tão simples! Helen esconde um segredo que pode colocar tudo a perder e Rhys tem inimigos querendo levá-lo à ruína por toda a parte. Será que eles conseguirão ficar juntos apesar de tudo

Apesar de romance histórico ser um gênero cheio de clichês (mocinha  e rapaz se conhecem, se apaixonam e tem que lidar com o preconceito por serem de classes sociais diferentes, etc) na série Os Ravenels, Lisa Kleypas conseguiu acrescentar elementos-surpresa e teceu uma história com maestria. Embora não seja necessário ler o primeiro para entender esse, é recomendável porque você perceberá que o final de ambos se entrelaça. 

PS: No final do livro há uma receita dos biscoitos de menta servidos na casa de Rhys. Eu ainda não experimentei mas vou tentar fazer, aposto que são uma delícia.Se você gostar de menta, tente também!




Nenhum comentário