29 novembro 2018

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil de 03 a 09 de Dezembro

RIO DO MEDO (2018) (86’) 


Horário: Segunda, dia 03, às 22h

INÉDITO E EXCLUSIVO

Apresentação: Amir Labaki
Classificação: 16 anos

Sinopse: Com direção de Ernesto Rodrigues, a coprodução entre o Canal Brasil e a Bizum Comunicação dá voz a praças e oficiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) para ouvir suas versões sobre a rotina de combate à violência nas ruas, como decidiram entrar para a tropa e os desafios de patrulhar a segunda maior cidade do Brasil. O roteiro faz uma proposição inicial muitas vezes difícil de ser respondida para quem nunca cogitou vestir uma farda: o que leva uma pessoa a se tornar policial em um estado tão violento como o Rio de Janeiro? A partir desse questionamento, o documentário concede voz a diferentes perfis de agentes de segurança. Entre os entrevistados estão Vinicius Cavaliere, fundador do Bope; Ubiratan Ângelo, coordenador de segurança da ONG Viva Rio e ex-comandante geral da PMERJ; Fernando Derenusson, psicólogo da instituição; e alunos da Academia de Polícia Militar D. João VI, onde os militares recebem treinamento. Os convidados comentam os motivos para se alistar, as dificuldades encontradas na rotina de trabalho e o prazer de sentir que seus esforços são responsáveis pela construção de um mundo melhor.

Os praças e oficiais ouvidos pelo documentário traçam um perfil que exige um olhar atento do espectador para garantir a compreensão da complexidade do assunto. Os depoimentos apresentam as pelejas do cotidiano dos policiais, explicando, concomitantemente, o comportamento agressivo pelo qual a PMERJ é reconhecida ao longo dos anos – os agentes lembram detalhes do treinamento hostil praticado pelos centros de formação e justificam mortes em confrontos com traficantes e bandidos – e a formação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Sem escolher uma posição própria para uma questão onde a reflexão não traz respostas instantâneas, o documentário busca uma abordagem jornalística, longe dos holofotes e debates acalorados normalmente presentes quando o assunto entra em pauta. 



CASA GRANDE (2015) (114’) 



Horário: Terça, dia 04, às 22h

INÉDITO E EXCLUSIVO

Classificação: 14 anos

Sinopse: Jean (Thales Cavalcanti) é o fio condutor dessa radiografia da sociedade carioca do início da atual década. O jovem mora com os pais, o economista Hugo (Marcello Novaes) e a professora de francês Sônia (Suzana Pires), em uma casa milionária e abarrotada por diversos funcionários a seu dispor na Barra da Tijuca, bairro nobre do Rio de Janeiro, estuda em um dos mais tradicionais colégios da cidade e tem um futuro brilhante traçado por todas as oportunidades proporcionadas pelo dinheiro. As aparências, no entanto, escondem uma realidade conflitante com seu estilo de vida e os tempos de bonança ficaram no passado. A família enfrenta uma crise financeira e precisa cortar custos, se esconder de credores e mudar hábitos impensáveis até pouco tempo antes, como se preocupar com a conta de energia e andar de ônibus.

 

A GRANDE VITÓRIA (2014) (88’) 


Horário: Quarta, dia 05, às 22h

ESTREIA
 

Direção: Stefano Capuzzi
Classificação: 10 anos

Sinopse: O jovem Max Trombini (Felipe Falanga) nasceu no município de Ubatuba, litoral norte de São Paulo. Abandonado pelo pai (Domingos Montagner) ainda no ventre de sua mãe (Suzana Pires), o garoto de família humilde perde o avô (Moacyr Franco) precocemente e exibe um comportamento agressivo na escola. Como último recurso, após diversas advertências e suspensões, o menino encontra nas artes marciais os valores éticos e morais necessários para buscar um novo rumo em sua vida. Já na fase adulta (interpretado por Caio Castro), consolidado no judô e em busca de maiores objetivos no âmbito esportivo, ele enfrenta o dilema de sua existência ao conhecer Alice (Sabrina Sato) e ter a chance de se tornar o que sempre abominou.


O FIM E OS MEIOS (2015) (105’) 



Horário: Quinta, dia 06, às 22h

Direção: Murilo Salles
Classificação: 16 anos

Sinopse: Paulo (Pedro Brício), um publicitário carioca, se muda para Brasília para ser o gestor da imagem pública de um senador que quer a reeleição. Paulo vai acompanhado de sua mulher, Cris (Cintia Rosa), uma jornalista com quem tem uma filha pequena. Mas o relacionamento deles não é movido pelo amor, só estão juntos pela menina, fruto de uma gravidez indesejada. Quando a campanha política está ameaçada por uma jovem rival do partido de esquerda, que, cada vez mais, ganha popularidade, Paulo é pressionado a tomar atitudes indesejadas, que afetam não apenas sua carreira mas também sua vida pessoal.
 


OS HOMENS SÃO DE MARTE… E É PRA LÁ QUE EU VOU (2013) (105’) 


Horário: Sexta, dia 07, às 22h

Direção: Marcus Baldini
Classificação: 14 anos

Sinopse: Fernanda (Mônica Martelli) trabalha organizando casamentos e realiza os desejos de dezenas de mulheres cujo maior sonho é uma cerimônia perfeita, mas enfrenta problemas para encontrar o homem ideal. Solteira aos 39 anos, ela tem pressa para achar um parceiro, mas todos os pretendentes recentes não colaboram muito nessa missão. Ao lado de seu melhor amigo, Anibal (Paulo Gustavo), ela lida com os jogos de sedução, as promessas descumpridas, os flertes ocasionais e as muitas decepções a cada tentativa frustrada com os mais variados tipos de homens. O filme retrata a busca da protagonista e os diversos percalços encontrados pelo caminho, com toda a comicidade de suas aventuras no mundo dos descasados.


TOLERÂNCIA (2000) (110’)



Sinopse:
Júlio (Roberto Bomtempo) e Márcia (Maitê Proença) decidiram que a fidelidade não seria a base de seu casamento. Nada da crimes passionais, brigas irracionais, nem divórcios. O casal queria apenas conviver, se amar, criar a filha Guida e permanecer livre. Ele jornalista, ela advogada. A princípio idealistas, acabam por se submeterem a uma vida “normal”, mas isso não incluiu a derrubada do acordo quanto a possíveis atividades extra-conjugais. Márcia conta a Júlio que transou com um cliente. Mesmo contrariado, ele aceita, exercendo a sua tolerância. Pouco depois, Júlio conhece uma amiga da filha, que parece ser a encarnação de seus desejos mais secretos. 



JUAN E EVITA – UMA HISTÓRIA DE AMOR (2013) (104’) 


 
Horário: Domingo, dia 09, às 22h

INÉDITO E EXCLUSIVO

Direção: Paula de Luque
Classificação: 14 anos

Sinopse: O longa-metragem narra a origem do relacionamento entre o general Juan Domingo Perón (Osmar Núñez) e a atriz Eva Duarte (Julieta Díaz) após um encontro em uma reunião para ajudar vítimas de um terremoto devastador na cidade de San Juan. O militar era um político influente e com ideais nacionalistas e a atriz chamou sua atenção pela gana de ir às ruas em prol da causa. Assim, a vocação de ambos para a política deu início a um relacionamento amoroso improvável tanto pela diferença de idade – ele é 24 anos mais velho – quanto pela discrepância social – o militar era um membro respeitável do Estado-Maior argentino enquanto a moça era uma jovem de família humilde.







Nenhum comentário

Postar um comentário