15 agosto 2018

[Resenha] Nos Braços do Roqueiro

Sinopse:
Sair em turnê com quatro roqueiros parece um sonho... pelo menos é o que as pessoas me dizem. Para mim, esses quatro roqueiros são a minha família. Cuidam de mim desde meus cinco anos de idade, protegendo-me da minha mãe e de seus episódios de fúria quando estava bêbada e drogada. Mesmo depois de famosos, continuaram cuidando de mim. E quando meu monstro de mãe morreu, eles se tornaram meus guardiões.

Há seis anos eu cuido dos quatro homens que são tudo para mim. Tomo conta deles da mesma maneira que sempre cuidaram de mim. Resolvo tudo, até as sujeiras dos bastidores da vida de um roqueiro. Nem sempre é bonito. Às vezes, chega a ser quase repugnante, principalmente quando tenho que me livrar das transas aleatórias. Ugh! E se apaixonar por um roqueiro NÃO é inteligente.

Tudo bem, então não sou inteligente. Eu amo os meus garotos, e um deles, meio que tem meu coração em sua, grande e calejada, mão roqueira.

O que eu achei?

Nos Braços do Roqueiro é o primeiro livro da série THE ROCKERS da Terri Anne Browning. Como boa roqueira que sou fiquei apaixonada pela banda e suas aventuras. No Brasil, já temos os três primeiros traduzidos e o quarto deve sair em breve.

Vamos aos meus comentários... Ember, ou Em, como é conhecida, é a responsável pela Demons’ Wings, uma das bandas de rock mais aclamadas do momento. Ela cuida de todos os seus rapazes com toda a dedicação, desde de sua carreira até em garantir que as garotas saiam dos quartos na manhã seguinte. Jesse, Drake, Shane e Nik são totalmente dependentes dela, mas nem sempre foi assim. Todos cresceram num estacionamento de trailers e Em, a garotinha cuja mãe era uma bêbada e que sempre descontava suas frustações nela, era a protegida dos rapazes, eles já eram adolescentes e assim que conseguiram, saíram de lá para viver de sua música, sem nunca deixar de cuidar dela. Quando a mãe morreu, eles assumiram sua guarda e a partir daí ela passou a ser o cérebro do grupo.

Mas viver cercada de homens lindos, famosos e cobiçados pode ser o sonho da maioria das garotas, mas também uma grande pesadelo. Afinal quando eles apenas veem a garotinha que sempre protegeram e não percebem que ela cresceu, virou uma linda mulher e principalmente, uma mulher apaixonada. Como mostrar a esses homens que você mudou, e que quer muito mais que ser a garotinha deles, ou melhor, de um deles.

Em é uma sobrevivente, vê-la crescer sofrendo nas mãos daquela que deveria protegê-la foi uma das batalhas mais difíceis que Jesse, Drake, Shane e Nik tiveram em suas vidas. Jesse é o mais velho, o líder, aquele que cuida de todos, Drake e Shane são irmãos, cada um enfrenta seus fantasmas de um jeito diferente, Shane é o mulherengo e atleta da banda, Drake afoga suas mágoas numa garrafa de whiskey todas as noites, Nik é a voz da banda, e luta para esconder seu grande amor, nada fraternal, pela garota que ele sempre protegeu, afinal ela gosta dele como amigo, além de ser a menina que ele viu cresce. Como algo tão certo pode parecer tão errado.

Depois de muito tempo de estrada, finalmente eles pretendem tirar merecidas férias, mas o último show da turnê reserva grandes surpresas, um declaração de amor, uma visita inesperada ao hospital, que poderá mudar radicalmente a vida de todos e a adaptação a uma rotina longe da correria das turnês. Todos terão que se adaptar e aprender a lidar com a nova vida que os espera.

Será que o amor que une essa banda vai resistir às mudanças que surgirão. Ember é o elo que une a todos, transformando-os em uma grande família. Essa história apresenta as personagens e nos deixa com uma grande curiosidade para descobrir seus segredos e seu futuro. Cada livro inicia com um flashback da infância deles, são momentos emocionantes que nos ajudam a entender a importância de sua união e do amor que sentem uns pelos outros. Nos braços do Roqueiro é um livro rápido, mesmo porque o casal central terá mais um livro para aprofundar sua história, mas ele nos instiga a conhecer esses roqueiros e descobrir como cada um vai seguir em frente, enfrentando seu passado e construindo seu futuro. Ao ler você provavelmente vai querer saber tudo sobre a sua nova banda favorita... Demon’s Wings.

Mel Costa

Nenhum comentário

Postar um comentário