14 agosto 2018

[Programação] Teatro de 14 a 21 de agosto

   Confira a programação de teatro do RJ da semana:


                  Teatro da Gávea:
Confissões de um senhor de idade, terças e quartas às 21h, até 28 de agosto.60 a inteira e 30 a meia.

Flavio Migliaccio retorna em cartaz dia 17 de julho com o espetáculo “Confissões de um Senhor de Idade”, montado ano passado em comemoração aos 60 anos de carreira do ator. Escrita e dirigida por Flávio, a peça fica em cartaz às terças e quartas no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea, às 21h, até o dia 28 de agosto.
Flávio divide o palco com o ator Luciano Paixão, que interpreta Deus encarnado no corpo de um simples mortal para propor um estranho pacto: se Flávio ajudar a desvendar um caso estranho que está acontecendo no céu, receberá a recompensa da vida eterna.
Num diálogo bem humorado com Deus, Flávio conta suas histórias, suas experiências, suas memórias, saudades e até tristezas, tudo com o bom humor que sempre foi a sua marca. Detalhes da vida íntima do artista também serão revelados – uma forma de presentear o público, em agradecimento ao carinho recebido pela comemoração dos 60 anos de carreira.
Sobre Flavio Migliaccio
Desde 1972, quando foi convidado pela Globo para atuar na novela “O Primeiro Amor” de Walter Negrão, onde viveu o “Xerife” solidificou seu estilo Chapliniano de representar e seguiu sólido inclusive nas telas de cinema. O longa “Aventuras do Tio Maneco” (1971) foi vendido para 31 países e legou ao ator vários prêmios. Além de sua popularidade televisiva, Flavio é autor de peças com sucesso de crítica e público. -“os ratos do ano 2030”, montado com sua saudosa irmã Dirce Migliaccio com glórias das críticas de Barbara Heliodora “o melhor do velho teatro de arena volta renovado” (segundo caderno o globo, lº de maio de 1999). E Mackesen Luiz “fábulas com parentes de Chaplin” (jornal do Brasil – 21 de maio de 1999). Com esta carreira, Flavio seguramente contribuiu para a história da dramaturgia Brasileira. Em “Confissões de Um Senhor de Idade” Migliaccio cria uma história divertida, sadia junto com uma lição de vida, com certeza um espetáculo de sucesso, aliando o que tem de melhor em diversão e emoção no teatro.

                          Bonifácio Bilhões, quintas, sextas e sábados às 21h, domingos, às 20h. Quintas,sextas e domingos 70 reais e 80 reais aos sábados.

Tenha cuidado com suas promessas. Elas podem ser cobradas. Principalmente aquela que se faz em filas de casas lotéricas, com o entusiasmo dos esperançosos: “se eu ganhar, te dou metade do prêmio!”. Foi isso que disse o economista Walter Antunes (Fernando Ceylão) ao representante comercial Bonifácio (João Camargo). Não dá outra! O jogo feito é premiado, e Bonifácio, num belo dia, aparece para cobrar sua parte. Mas ao se ver rico, Antunes esquece o que disse, indo contra suas convicções pessoais. Quando o dinheiro entra em cena, as pessoas se vendem, perdem o caráter e as condutas são postas em xeque.

                 Primeiro de abril, apresentação única dia 16 de agosto às 16h. 70 a inteira.

CAT (Cooperativa Artística de Teatro) apresenta a comédia “Primeiro de Abril” estreia dia 16 de agosto no Teatro dos Quatro, às 18 horas, e tem duração de 60 min. Valor do Ingresso R$70,00, e tem censura livre. A peça celebra o Dia da Mentira e conta a história de uma companhia de Teatro onde os atores esperam o cenário e o figurino para apresentar uma peça que “não acontece”. O que na verdade, já é uma mentira pois a peça está acontecendo. Num jogo lúdico, eles resolvem entreter a plateia e ensaiar algumas em cenas engraçadas em situações cotidianas enquanto “esperam”. E assim, nesse jogo do que é teatro e o que é realidade, a peça se passa, e todo mundo é gostosamente “enganado” e cai na mentira de uma peça que “não acontece”.
Uma comédia leve de fácil execução pois não há cenário. O que na verdade faz parte da brincadeira, Metateatro. Assim, tem muita interação com a plateia, que está presente quase o tempo inteiro, fazendo – se um elemento fundamental no espetáculo.
A CAT é uma Companhia de Teatro que monta espetáculos teatrais através do método inédito e exclusivo chamado Construção Cênica Performática idealizado pela Atriz e Diretora Mariana Marciano. O projeto tem como base de inspiração a fusão entre o Teatro grego e Contemporâneo.

           O concurso dos sonhos, dias 18 e 19 de agosto às 16h. 80 a inteira e 40 a meia para estudantes portadores de carteirinha e idosos. 

Valentina é uma menina alegre, sonhadora e muito fã da youtuber Kim RosaCuca.
Com ela Valentina aprende a fazer material escolar, bijuterias, enfeites e muitas outras coisas legais. Mas Valentina tem um grande sonho desde pequena.
Ela quer muito ser cantora. Seu irmão, Joaquim, sempre gostou muito de dançar. Os dois cantavam e dançavam juntos por horas. Mas, a medida que foram crescendo, a realidade foi afastando o menino do seu sonho.
Quando Valentina e Joaquim mudam para uma nova escola fazem novas amizades e conhecem muita gente legal como a Karolyn e suas irmãs Robervalda e Charlene, o tio Careta e o solitário menino Punk. Valentina descobre que ele, apesar de ser esquisito, era um grande músico. Valentina, então, resolve incentivar o garoto a se inscrever no Concurso de Talentos da escola.
Assim todo mundo poderia conhecer e admirar o Punk e ele deixaria de ser discriminado pela turma. Karolyn também ia se apresentar. Em seu canal, a Kim ensinou a fazer uma flor rosa-cuca de papel e explicou que esta linda flor tem um significado especial: “Siga em frente, prossiga, não desista”. E foi aí que Valentina criou coragem para participar. Era a sua grande chance de cantar em público!
A peça termina com uma linda apresentação onde Valentina e Kim Rosa Cuca cantam para os seguidores do canal e para a plateia presente no teatro.

Sobre a produção:
Considerada a maior youtuber nas áreas da Beleza, DIY e Life Style do Brasil, com mais de 6 milhões e meio de seguidores no seu canal do youtube e mais de 3 milhões de seguidores em suas redes sociais. Seu canal conta com mais de 24 milhões de visualizações mensais. No instagran alcança cerca de 100 mil curtidas por foto. Nesta peça, Kim traz para o palco o sonho de muitas crianças e adolescentes. O sonho de cantar! E conta com a participação de seus personagens do canal (todos interpretados por ela) para contar esta história divertida e cheia de realizações.

                                 SESC RJ:


   Amor barato-O Romeu e Julieta dos esgotos

A improvável e imprevisível história de amor entre Dom e Dona, membros de famílias rivais e habitantes dos subterrâneos do poder de uma metrópole, se transforma num frenético mergulho num universo onde humor, poesia, segredos escondidos e verdades não ditas formam as muitas faces de uma mesma moeda. Narrado por meio de texto e canções originais, esse musical urbano e com forte crítica social se inspira em fábulas e em histórias clássicas de amor para cantar com paixão e ironia o encontro entre diferentes. Direção de Fábio Espírito Santo e Ana Paula Bouzas; trilha original de Jarbas Bittencourt e Ronei Jorge. No elenco, Adriana Capparelli, Aline Machado, Beto Mettig, Eric de Oliveira, Pietro Leal e Thaís Dias.
Amor Barato - O Romeu e Julieta dos Esgotos
Gênero: Musical
Local: Teatro de Arena | Sesc Copacabana – R. Domingos Ferreira, 160. Copacabana.
Temporada: 03 a 26 de agosto, sempre de sexta a domingo, sendo sextas às 20h30, sábados às 18h e 20h30, e domingos às 19h.
Ingressos: R$ 7,50 (associado do Sesc), R$ 15 (meia), R$ 30 (inteira).
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 90 min

                        The And, sexta e sábado às 19h,domingo às 19h,grátis (PCG) 7,50 para associados SESC, 30 a inteira e 15 a meia.Até 26 de agosto.

O espetáculo reflete sobre os caminhos do mundo contemporâneo à luz de questões propostas por Beckett nestas narrativas: "Onde Agora? Quando Agora? Quem Agora?", levando ao público a radicalidade da obra ficcional beckettiana, o seu humor cáustico e a estarrecedora identificação de seus temas com a atualidade.

                     Uma frase para minha mãe

Sextas e sábados às 21h e domingo 10 anos. Grátis (PCG) 7,50 para associados SESC,30 a inteira e 15 a meia.

A atriz, diretora e pesquisadora Ana Kfouri apresenta o texto Uma Frase para Minha Mãe de Prigent, autor que pensa a escrita como “um gesto de arrombamento no corpo da língua”. Kfouri vê nesta narrativa um fértil terreno para aprofundar sua pesquisa cênica na qual corpo e palavra são entendidos como campos de forças que estão em relação.

                           CCBB:

   Naquele dia vi você sumir, todo dia das 19:30 ás 20:50, meia a 30 reais e inteira a 15 reais. Até 14 de outubro.

É véspera de dia das mães no ano de 2002. Quatro pessoas têm as suas trajetórias alteradas a partir de suas relações com o outro e a cidade. Inspirado no livro Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato.

                  A serpente, todo dia às 19h. Inteira a 30 reais e 15 a meia.Até 3 de setembro.

A peça, a última escrita por Nelson Rodrigues, conta a história de uma mulher que se apaixona pelo cunhado depois de passar uma noite com ele com o consentimento da irmã. As duas começam, então, a disputar o mesmo homem.

Nenhum comentário

Postar um comentário