17 agosto 2018

[News] Estrelado por Luana Piovani, ‘O Homem Perfeito’ estreia em 27 de setembro

O fim de um relacionamento pode trazer consequências inesperadas e, mais do que isso, motivar loucuras por amor. Esse é o cenário do filme “O Homem Perfeito”, dirigido por Marcus Baldini, que acaba de ganhar trailer disponível emhttps://youtu.be/_EIwjNv61yE.  No longa-metragem, a autora de sucesso Diana Prado (Luana Piovani) não consegue lidar com a notícia de que o marido Rodrigo (Marco Luque) tenha terminado o casamento de oito anos e engatado um novo romance com a jovem Mel (Juliana Paiva): “Ele vai me querer de volta, você vai ver, ele não vai aguentar ficar sem mim”, diz esperançosa.
Com o objetivo de reatar, Diana cria um falso perfil de homem perfeito em uma rede social para conquistar Mel e assim garantir que Rodrigo volte para casa. Para isso, a autora conta com a ajuda do seu novo biografado: o cantor problemático e machista Carlos Henrique Costa (Sérgio Guizé) com quem antipatiza ao ser apresentada. “Sério que ele te trocou por essa mulher novinha com cara de sonsa?, indaga, e completa: Gênio”.
Em meio a muitas turbulências, enquanto Diana tenta limpar a imagem de Caíque ao escrever sobre ele, o roqueiro trata de ajudá-la nas invenções mirabolantes do seu plano de trazer o ex-marido de volta. “Eu vou fazer o Brasil inteiro acreditar que você é o homem mais incrível que existe, mas eu preciso que você me ajude em uma coisa”, pede a escritora.

“É um filme de diálogos engraçados, ácidos e inteligentes. Um singular quinteto amoroso que inclui um homem que não existe, pois foi inventado pela Diana.  Gosto muito de todos os personagens do filme serem equivocados de alguma forma. Ninguém parece ter razão ou saber o que quer de verdade. Isso me agrada!  Além disso, quando li a sinopse, me interessei em contar novamente  uma história do ponto de vista de uma protagonista feminina forte, que faz tudo “errado” mas no fundo tem a melhor da intenções. Ainda mais no momento de repensarmos o feminino, a discussão é divertida e interessante”, comenta Baldini.
A comédia romântica mistura o tema atemporal sobre corações partidos com um assunto atual: pessoas que se escondem por trás de perfis falsos na internet. Com roteiro de  Tati Bernardi e Patricia Corso, a produção é da Damasco Filmes e da Popcon Pop Content Films, e coprodução da Paramount Pictures e do Telecine. A distribuição é da Downtown Filmes/Paris Filmes.

Sinopse
Diana (Luana Piovani), aos 42 anos, é uma mulher bem-sucedida, com uma carreira estruturada, culta e que mantém um casamento feliz com seu marido (Marco Luque). Ao menos, é o que ela achava - até descobrir que o seu marido está lhe traindo com uma jovem aspirante a bailarina, de 23 anos. Por causa disso, ela cria um “homem perfeito” virtual para seduzir a garota e estragar o romance.

Sobre o diretor
Marcus Baldini foi criador e diretor do longa-metragem "Bruna Surfistinha" (2011), um sucesso de bilheteria no cinema brasileiro, com mais de 2,5 milhões de espectadores e 11 indicações nos prêmios da Academia de Cinema Brasileiro. O filme deu origem à série “Me chama de Bruna”, já em sua terceira temporada, transmitida pela Fox Premium, onde trabalhou como produtor associado.
Foi diretor da série de TV "PSI" (2014), para o canal HBO, indicado ao International Emmy Awards 2015 nas categorias de melhor Série Dramática e melhor ator. Dirigiu também o longa-metragem "Os Homens São de Marte e é Pra Lá Que Eu Vou”, grande sucesso de bilheteria no ano de 2014, com mais de 2 milhões de espectadores no cinema e premiado como Melhor Filme de Comédia de 2015 no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e na Academia Brasileira de Cinema. Este filme também se tornou uma série de TV no canal Globosat, com três temporadas no ar.
Dirigiu dois episódios da série de TV “Preamar” (2012) para a HBO América Latina e codirigiu a série "Natalia" (2010), para EBC - TV Brasil. Em 2018, volta aos cinemas com dois lançamentos “Uma Quase Dupla”e “Homem Perfeito”.
Formado em Rádio e TV pela Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP) em 1998, iniciou sua carreira como diretor de divulgação na MTV Brasil. Diretor de vários videoclipes e centenas de comerciais, recebeu prêmios em grandes festivais de publicidade, como Londres, Nova York e FIAP Brasil.

Sobre a Damasco Filmes
A Damasco Filmes surgiu de uma parceria entre o diretor Marcus Baldini e o produtor executivo Marcelo Monteiro para atender a produção e direção do longa “Bruna Surfistinha”, que atraiu mais de 2.500.000 espectadores aos cinemas. Na televisão, a produção PSI para o canal HBO é outro sucesso de crítica e de audiência, indicada ao International Emmy Awards 2015 nas categorias de Melhor Série Drama e Melhor Ator. Atualmente uma parceria entre o diretor Marcus Baldini e os produtores Lara Guaranys e Gustavo Munhoz, a Damasco lançou em 2017 o longa metragem “Gosto Se Discute”, dirigido por André Pellenz, e trabalha no lançamento e na pós-produção de seus próximos longas metragens, respectivamente, “O Homem Perfeito”, com direção de Marcus Baldini e “De Novo, Não!”, dirigido por Pedro Amorim.

Sobre a PopCon Pop Content Films
Fundada por Tatiana Quintella produtora que foi secretária da Cultura da cidade de Paulínia, onde idealizou e implementou o “Polo Cinematográfico de Paulínia”. Em 2009, produziu o documentário Top Models - Um Conto de Fadas Brasileiro, que conta a trajetória de sucesso das maiores modelos brasileiras. O projeto teve direção de Richard Luiz e produção executiva de Paulo Borges. Na sequência produziu os longas-metragens A Mulher Invisível e O Homem do Futuro, ambos do cineasta Cláudio Torres. Em 2010, fundou a produtora Paranoid, onde produziu mais de 300 filmes publicitários, diversos videoclipes e o longa-metragem Serra Pelada, com direção de Heitor Dhalia. Para TV, assinou os documentários Passage, de Brenno Castro, para a TV Cultura; Brilho Imenso - A História de Cláudio Kano, de Denis Cisma para a ESPN; e duas temporadas da série Elmiro Miranda Show, de Rafael Queiroga, Brenno Castro e Pedro Coutinho, para o canal TBS, além da animação Annabee.log, de Daniel Semanas, para a MTV.
Tatiana em 2015 fundou a Popcon que promove a interação de projetos para Cinema, TV e Novas Mídias. Já desenvolveu campanhas para Toyota, Motorola, Canon e CCAA. Produziu o último trabalho do rapper Emicida, o clipe da música “Mãe”. Para a TV, produziu recentemente a série 50 Grandes Filmes Brasileiros, que foi ao ar pelo canal Max, e a série de quatro episódios da vida da cantora Gal Costa, O nome dela é Gal, feita com exclusividade para o canal HBO, além do aclamado documentário Waiting For B, de Paulo Cesar Toledo. Atualmente. Em fase de finalização, estão o longa de Marcus Baldini, O Homem Perfeito, que será lançado em setembro deste ano, e o longa-metragem Amigas de Sorte, de Homero Olivetto e Maior Que o Mundo de Roberto Marques .

Sobre a Paramount Pictures Corporation
A Paramount Pictures Corporation (PPC), uma importante produtora e distribuidora global de entretenimento filmado, é uma unidade da Viacom (NASDAQ: VIAB, VIA), casa de marcas globais famosas que cria emocionantes programas de televisão, filmes de longa-metragem, conteúdo de curta-metragem, apps, jogos, produtos de consumo, experiências nas mídias sociais e outros conteúdos de entretenimento para audiências de mais de 180 países.

Sobre a Rede Telecine
Joint-venture entre a Globosat e os quatro maiores estúdios de Hollywood – Paramount, MGM, Universal e Fox –, a Rede Telecine também exibe com exclusividade as produções da Disney e sucessos do mercado independente. O melhor do cinema mundial estreia na TV brasileira através da Rede Telecine cada vez mais rápido.
Para investir cada vez mais na produção cinematográfica nacional, a Rede Telecine lançou em 2008 o Telecine Productions, selo de coprodução de títulos em parceria com grandes produtoras brasileiras. Além de estimular a criação de novos filmes, o Telecine garante a exibição desses títulos com exclusividade em suas diferentes plataformas.
Em 2017, o Telecine foi o mais lembrado entre todos os canais da TV por assinatura, categoria na qual é líder isolado pelo quarto ano consecutivo conquistando na pesquisa Top of Mind do Datafolha. Na de canais de filmes, a Rede mantém a liderança desde 2007 ¹. O Telecine é o canal fundamental na manutenção da TV por Assinatura2 e, neste ano, tem em sua programação sete dos 10 filmes mais vistos pelo público brasileiro em 2017³.

FONTES:
¹ – Top Of Mind 2016 – Datafolha – Perguntas: "Quando você pensa em CANAIS DE TV POR ASSINATURA, qual o primeiro canal que lhe vem à cabeça?" e "Quando você pensa em CANAIS DE FILMES POR ASSINATURA por assinatura, qual o primeiro canal que lhe vem à cabeça?"
²   – 21ª Pay TV Pop – Ibope 2014; Top Of Mind – Datafolha (A partir de 2015)
³ – Iboe. Brasil. Estreias de 2016. Público Acumulado

Sobre a Downtown Filmes
Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2013 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até dezembro de 2017, a Downtown Filmes lançou 120 longas nacionais, que acumularam mais de 100 milhões de ingressos.
Entre os maiores sucessos da distribuidora estão “Minha Mãe É Uma Peça” e “Minha Mãe É Uma Peça 2”, estrelados por Paulo Gustavo; “De Pernas Pro Ar”, “De Pernas Pro Ar 2”, e “Loucas Pra Casar”, com Ingrid Guimarães; “Até que a sorte nos separe”, ”O Candidato Honesto” com Leandro Hassum; “Os Parças” com Whindersson Nunes, Tom Cavalcante e Tirulipa, “Fala Sério, Mãe!” com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, “Chico Xavier” e “Elis”.
Para 2018, o lineup da Downtown conta com 20 títulos, entre eles “Os Farofeiros”, lançado em março, “O Doutrinador”, adaptação da série de quadrinhos de mesmo nome, “O Candidato Honesto 2”, “Tudo Por um Pop Star” e “O Palestrante Motivacional” estrelado por Fabio Porchat.

Sobre a Paris Filmes                     
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora tem também em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Em 2017, a empresa esteve à frente de lançamentos como “La La Land – Cantando Estações”, “A Cabana”, “D.P.A: Detetives do Prédio Azul - O Filme”, “Extraordinário”, entre outros. Para 2018, a distribuidora possui um lineup diverso, que inclui títulos como “Nada a Perder”, “Baseado em Fatos Reais”, de Roman Polanski, “O Homem das Cavernas”, de Nick Park, “Turma da Mônica – Laços”, “Robin Hood – A Origem”, “De Pernas Pro Ar 3”, entre outros.

Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário