18 agosto 2018

[Crítica] O candidato honesto 2

Sinopse:
Após cumprir quatro dos quatrocentos anos de cadeia, João Ernesto (Leandro Hassum) é convencido a se candidatar à presidência novamente. Adorado pelo povo por ser um político que assumiu seus erros, ele vence as eleições, mas não tem vida fácil em Brasília acompanhado excessivamente de perto pelo sinistro vice Ivan Pires (Cassio Pandolfi)









                          O que eu achei?
Que a situação política brasileira está lamentável, não é nenhuma novidade. Em pleno ano de eleições, os candidatos parecem ser um piores do que o outro e a cada debate, o povo fica mais indeciso em em quem votar. A capacidade do brasileiro em rir de si mesmo é impressionante. Mesmo nas piore situações conseguimos encontrar motivos para rir da própria desgraça. 

Em meio a todo esse caos, comediantes são valorizados.Meu conterrâneo Leandro Hassum (ele é daqui de Niterói) tira sarro de todo o nosso cenário político. Na pele de João Ernesto, um político que acaba de ser liberado tendo cumprido apenas 4 dos 400 anos de cadeia a que fora condenado e resolve se candidatar à presidente. O povo acredita que ele tenha se arrependido de seus atos passados e  Com a ajuda de seu vice, Ivan Pires (Cassio Pandolfi) que é insinuado toda hora ser um vampiro (assim como certos presidentes...) pois mora em um castelo sinistro e se move deslizando, além de ter um olhar hipnótico, começa a manejar as coisas excessivamente de perto uma vez que ele é eleito. 

As situações são bem canastronas; se você curte um humor pastelão à la Zorra Total, vai gostar. Desde a cena em que ele vai no salão dar um retoque no visual para a campanha e o cabelereiro sugerir um acaju, resultando num visual Donald Trump (mas fique tranquilo, ele não fica com o penteado durante o resto do filme!)até a tentativa de reatar com a ex-esposa (Flávia Garrafa), O candidato honesto critica tudo e todos- até o próprio Leandro Hassum se zoa, afirmando em uma cena:´´Aquele ex-gordinho sem graça, o Hassum´´´ resultando em um entretenimento risível, porém divertido. Estreia dia 30 de agosto.

                                Trailer:




Um comentário

  1. Só tenho uma coisa para comentar: quero MUITO assistir. O primeiro me arrancou boas risadas e o trailer do segundo também! Apenas quero!

    ~Estamos começando agora, venha nos visitar. postaremos sobre filmes, decoração, DIY e muito mais.
    {alma da flor}

    com carinho,
    Isabelly.

    ResponderExcluir