14 agosto 2018

[Resenha] Poesia Que Transforma

Sinopse: Bráulio Bessa conquistou o Brasil com seus cordéis no programa Encontro com Fátima Bernardes. O livro inclui o poema Recomece e ilustrações do artista baiano Elano Passos. “O Bráulio mexe com nossas memórias, nossos sentimentos, faz aflorar o melhor da gente. É poesia que sai do coração. Que alegria tê-lo toda semana no meu programa!” - Fátima Bernardes “Cada palavra que sai da boca do Bráulio Bessa toca minha alma de uma forma raríssima.” - Milton Nascimento “Bráulio Bessa é um hipnotizador de palavras. Tem o coração rimado. Quando fala, o verbo venta verso.” - Fabrício Carpinejar “Gosto de comparar a poesia a um abraço, que consegue fazer um carinho na alma sem nem saber qual é a dor que você está sentindo. A poesia se adapta à sua dor. É um abraço cego e despretensioso, como quem diz: ‘Venha! Tá doendo? Pois deixe eu dar um arrocho, que vai lhe fazer bem.’” - Bráulio Bessa

O que eu achei?
“Poesia Que Transforma” traz uma coletânea do cordel de Bráulio Bessa, além de pequenos relatos de sua vida e sua trajetória até a conhecimento – mais que merecido – que ele possui atualmente.
Nos relatos, vemos a autodescoberta de um jovem nordestino como poeta, e o amadurecimento de Bessa como pessoa. Sempre observador, suas referencias e influencias não poderiam ser nada além do seu mundo, de sua cidade, do seu Nordeste e das pessoas que o cercava. E isso fica bem claro em suas poesias.
Em cada poesia, tipicamente nordestina, o que Bessa cria é quase como uma ode à sua terra e à alma humana, cheia de positividade e otimismo. Existe uma simplicidade extrema em suas palavras, que contrastam com a força de sua mensagem. Família, amizade, amor, respeito; todas as bases da experiência humana ao seu melhor é explorado nas poesias.
É muito interessante acompanhar os relatos de vida que estão presentes entre as poesias, pois assim vemos o nascimento de um poeta, e como a poesia foi capaz de transformar a vida de alguém – não é a toa que o título do livro é “Poesia Que Transforma”.
Bessa dá voz e cor e orgulho para um povo que é visto sempre de forma negativa, estereotipada; ele tira de sua terra o melhor que há – e não é pouca coisa – e entrega ao mundo em suas linhas. Não há apenas momentos de adoração a terra natal, há também muitas reflexões e conselhos que em alguns momentos nos faz parar para refletir o quanto aquilo se encaixa na nossa vida, no momento em que vivemos. É como se o livro tivesse sido escrito especialmente para nós, por alguém que conhece todas as nossas inseguranças e todos os nossos medos.
“Poesia Que Transforma” é uma leitura simples, rápida, mas repleta de significa de importância, que um poder de emocionar e energizar até as almas mais desanimadas. A edição conta com ilustrações do artista baiano Elano Passos, o que dá um charme ainda maior, e além disso, possui depoimentos que o próprio Bessa recebeu de seus leitores, mostrando que não somente a vida dele foi transformada pela a poesia – mas ele também transformou a vida de muitos.

Nenhum comentário

Postar um comentário