31 março 2018

[Crítica] Exorcistas e demônios

Sinopse:Quando um padre é sentenciado à prisão após a morte de uma freira em que praticou um exorcismo, uma jornalista investigativa se esforça para desvendar de fato se ele assassinou uma pessoa mentalmente doente ou se apenas perdeu uma batalha contra uma presença demoníaca.

  O que eu achei ?
Histórias de exorcismos já são interessantes por si só. Quando são baseadas em casos verídicos, só aumenta meu interesse.O ocorrido em Tanacu, na Romênia, em 2005, foi noticiado no mundo inteiro e gera polêmica até hoje. Os nomes foram alterados no filme, obviamente.

Adelina (Ada Lupu, uma atriz romena em seu segundo filme e primeira produção americana) era uma freira de 23 anos que (supostamente) foi possuída pelo tinhoso mas acabou morrendo após o padre Dimitru (Catalin Babliuc) realizar um exorcismo nela junto com mais quatro freiras. O padre foi preso e sentenciado a 14 anos de prisão por causa de seu erro pois foi considerado assassinato; a jovem tinha sido diagnosticada com esquizofrenia, distúrbio psiquiátrico em que a pessoa ouve vozes e tem alucinações.

 Nicole Rawlins (Sophie Cookeson,a Roxanne de Kingsman 2) é uma jornalista que perdeu a fé em Deus após sua mãe sucumbir ao câncer alguns anos antes. Ela trabalha para um grande jornal nova-iorquino e quando fica sabendo do caso, decide investigá-lo. Seu chefe e tio, Philip (Jeff Rawle, Amos Diggory em Harry Potter e o Cálice de Fogo) fica preocupado mas dá sua permissão para partir. 

Quando ela chega em Tanascu, é recebida pelo padre Anton (Corneliu Ulici, um policial do filme Sinistro: a maldição do lobisomem)que a alerta que Adelina não sofria de nenhuma doença mental e tinha sido possuída por um demônio. Conforme Nicole vai investigando, várias coisas previsíveis começam a acontecer: velas se apagam, portas se fecham e ela começa a escutar vozes. Um garoto cigano mudo passa a persegui-la-e ela ouve uma voz dizer em romeno ´´Estou te observando.´´Com a ajuda de Irmã Vaduva (Brittany Ashworth, Nicole visita os locais onde o ritual ocorreu e conforme vai desvendando o mistério, percebe que está correndo um grande perigo.

Embora haja alguns jump-scares previsíveis (como vislumbres do demônio uma vez que ela descobre seu nome) mas admito que há algumas cenas que me deram um susto, como um flashback em que Adelina aparece pelada com suas partes íntimas repletas de formigas-argh! Exorcismos e demônios tem um plot twist interessante no final mas que os fãs veteranos de terror como eu irão conseguir adivinhar. Um ponto interessante também é a cena do festival Strigoli, em que os romenos acreditam que as almas do mortos perambulam pelos mundo dos vivos nesse dia, como um equivalente deles ao Halloween. Mesmo assim, tem uma qualidade superior aos clichês do gênero e vale a pena ser conferido.

PS: Caso você esteja curioso em saber como o caso real acabou, o padre Daniel Corogeanu foi excomungado por deixar Irina Cornici amarrada a uma cruz sem comida e sem água por cinco dias em um monastério isolado. A Corte Suprema se recusou a ceder aos apelos de inocência dele e o condenou a sete anos de prisão. Após ser solto, o padre foi expulso de sua vila natal por seus moradores e hoje mora em uma cabana isolada na floresta, da onde se recusa a sair. Depois de Irina, a Igreja católica anunciou que iria impor testes psicológicos para os candidatos a entrarem em monastérios para evitar que casos como esse se repitam. Mas o mistério nunca foi completamente esclarecido...

                     Trailer:


Nenhum comentário

Postar um comentário