Novidades

[News]Projeto “Narrativas Fluminenses” promove maratona com 54 contadores de histórias do Rio de Janeiro

Projeto “Narrativas Fluminenses” promove maratona com 54 contadores de histórias do Rio de Janeiro

Gratuito e online, evento será transmitido aos sábados durante todo o mês de março



O “Maratona Rio das Mil e Uma Histórias: narrativas fluminenses”, vai acontecer nos dias 06, 13, 20 e 27 de março, com a participação de 54 contadores de histórias do Rio de Janeiro, amadores e profissionais, em vídeos de até 15 minutos, com um repertório recheado de histórias populares dos Irmãos Grimm, histórias africanas, mitologia indígena brasileira e contos das Mil e Uma Noites, versões criadas pelos próprios narradores como “Rumpelstilskin da Paraíba”, além de clássicos conhecidos como “Ali babá e os 40 ladrões” e muito mais. O evento também conta com o seminário “Contadores de Histórias: arte, política e fomento”. Toda a programação será gratuita e transmitida pelo canal do YouTube “Narrativas Fluminenses”.

Com o objetivo de mostrar a diversidade cultural e humana presente nos contadores de histórias do Rio de Janeiro, o projeto “Narrativas Fluminenses” visa oferecer um acolhimento virtual nesse momento de pandemia. “Na Maratona, temos a presença de contadores de histórias de todo o estado: professores, cantores, atores, arte-terapeutas, integrantes de coletivos negros e uma ativista trans. É uma rede colaborativa que vem se fortalecendo, desde 2017, e é muito importante como construção coletiva de representatividade e reconhecimento”, analisa Daniele Ramalho, atriz e criadora do projeto.

 

A Coordenação da Maratona ficará a cargo dos contadores de histórias Augusto Pessoa, Daniele Ramalho, José Mauro Brant e Rogério Andrade Barbosa. Artistas como Bia Bedran, Os Tapetes Contadores de Histórias, Joaquim de Paula, Maria Clara Cavalcanti, Anderson Barreto, Dani Bareiro, Tatiana Henrique, Silvia Castro e Fátima Café estão entre os narradores participantes.

 

Segunda parte do projeto promove um seminário em torno da arte de contar histórias

 

Com duração de quatro dias, o seminário começa no dia 28 de março e traz mesas temáticas no período da manhã e grupos de trabalho no período da tarde. A proposta é debater e aprofundar questões em torno da arte de contar histórias, a partir de quatro eixos temáticos: Narração oral nos novos tempos: Arte, tecituras, ferramentas e desafios; Políticas públicas para a narração oral; Mestres orais e o reencantamento do mundo; e Mapa cultural dos contadores de histórias do estado do Rio de Janeiro.  A coordenação do seminário é de Daniele Ramalho, criadora do projeto “Narrativas Fluminenses”, e Benita Prieto, criadora do Simpósio Internacional de Contadores de Histórias. 

O projeto “Narrativas Fluminenses” foi contemplado pela Lei Aldir Blanc – Edital Retomada Cultural RJ, promovido pelo Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.



 

Como tudo começou: Maratona Rio das Mil e Uma Histórias

O Movimento dos Contadores de Histórias do Rio de Janeiro começou em agosto de 2017 e tem agregado inúmeros narradores de histórias do estado. A partir desses encontros, foi criada a “Maratona Rio das Mil e Uma Histórias”, realizada anualmente no Museu da República e que foi se consolidando como um espaço de encontros, partilhas, fortalecimento da rede, resistência e de celebração da palavra e das histórias. O projeto teve a sua primeira edição em 2018, com 88 participantes, e a segunda edição em 2019.

Em 2021, a contadora de histórias Daniele Ramalho realiza, através de sua empresa, Geral Projetos Culturais, e com patrocínio da Lei Aldir Blanc da Secretaria do Estado de Cultura e da Economia Criativa do Rio de Janeiro, em parceria com o Movimento dos Contadores de Histórias do Rio de Janeiro, o projeto "Narrativas Fluminenses", que compreende a “Maratona Rio das Mil e Uma Histórias” e o "Seminário Contadores de Histórias: arte, política e fomento". A coordenação da Maratona ficará mais uma vez a cargo dos contadores de histórias Augusto Pessoa, Daniele Ramalho, José Mauro Brant e Rogério Andrade. Ao todo, serão contemplados, pelo projeto, 64 artistas e uma equipe técnica. 

Programação:

Transmissão:

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC6VWvClsBeE60o0Y2lH_jBQ   

Instagram: @narrativas.fluminenses

MARATONA “Rio das Mil e Uma Histórias

DIA 06 DE MARÇO

LIVE- DANIELE RAMALHO

Convidados do dia: Jujuba e Anderson Barreto

1- Rogério Andrade Barbosa- Histórias da Tartaruga-

2- Thaiane Leal- Matinta Pereira

3- Jujuba- O Elefante diferente

4- Bianca Barbosa- O quebrador de pedras

5-Juliana Correia- Galanga, Chico Rei

6- Dani Bareiro- A história de Panambi

7- Maria Coelho- O príncipe serpente

8- Mariane Canella- João Jiló

9- Anderson Barreto- Ossain e o axé da folha

10- Ana Paula Rossi- A origem da laranja

11- Sônia Lima- Por que a lua e o sol foram morar no céu?

12- Joaquim de Paula- Pacum

13- Alexa Vélasquez- Rumpelstilskin da Paraíba

14- Angela Moreira- O burro e a pele

DIA 13 DE MARÇO

LIVE- ROGÉRIO ANDRADE BARBOSA

Convidados do dia: Júlia Grilo e Warley Goulart

1- Daniele Ramalho – A grande e a pequena pedra

2- Mitat Marques- A filha do pescador

3- Fábio Simões- A história do instrumento Goje

4- Gizele Santos – Noli/ Fujona

5- Iara Lima- A lenda do Uruaru e A onça e o coelho

6- Nívea Santana- Girassol, a lenda da cabocla Jurema

7- Warley Goulart- Como o coelho venceu a baleia e o elefante ao mesmo tempo

8- Júlia Grillo- - O segredo do escultor / O rabino e o arqueiro / A rosa verdadeira

9- Fátima Café- O príncipe lagartão

10- Lucia Moraes-  A origem do mundo, mito Guarani

11- Carine Haziel- O espelho mágico

12- Gabriel Sant’Anna- A mãe de São Pedro

13- Pamela Cristina - Contos de Oyá

DIA 20 DE MARÇO

LIVE- AUGUSTO PESSÔA

Convidados do dia: Eliza Morenno e Sílvia Castro

1- José Mauro Brant- O moço que soltou um pum

2- Eliza Morenno- Buda e o mendigo

3- Silvia Castro- O melhor contador de histórias do mundo

4- Marcela Carvalho- Flor no cabelo

5- Emiliana Moraes- A história de Carumbé

6- Cláudia Gonçalves- O burro e o macaco

7- Álvaro Ottoni- O peixe que não sabia nadar

8- Tatiana Henrique- “Como Olokun se tornou a senhora dos cauris”

9- Rita Gama- Ali Babá e os 40 ladrões

10- Chay Torres- Aventuras de Macunaíma

11- Ana Rosa- História do seu Vavá

12- Glauter Barros- Sapo com medo d’água

13- Márcia Pimentel- O rato do campo e o rato da cidade

14- Simone André- A filha da sorte

DIA 27 DE MARÇO

LIVE DE ABERTURA- JOSÉ MAURO BRANT

Convidados do dia: Bia Bedran e Rosana Réategui

1- Augusto Pessôa- A flor do tempo

2- Bia Bedran- Pé- pá- pó e A Sopa de Pedras

3- Rosana Réategui- Mama Rahiguana e a origem dos alimentos

4- Gabriela Ribas- Mão de Luva

5- Tom Pires- Couro de Piolho

6- Maria Clara Cavalcanti- O príncipe serpente

7 - Graça Morenah- O macaco e o barbeiro

8 - Eliana Ribeiro- Oxum leva oferendas para o Orun

9 - Raquel Ferreira- Durga, a deusa mitológica védica

10 - Ilana Pogrebinschi- Os três conselhos

11 - Macedo Griô- Ayó

12- Paulinha Cavalcante- Iara, a Mãe D’água

13- Ana Nogueira- O Macaco comia banana

PR/Rosa

Nenhum comentário