Novidades

[News] Mário Lúcio, músico cabo-verdiano faz 2 shows no Clube Manouche


Uma das figuras mais reconhecidas da cena cultural e musical cabo-verdiana, Mario Lucio é cantor, compositor e escritor, além de ter sido Ministro da Cultura do país. Foi um dos artistas cicerones no Festival Back to Black de 2018 e agora volta ao Rio, em duas sessões na mesma noite, dia 18/05, sábado, com o show de seu último disco “Funanight”. Além das apresentações no Clube Manouche, Mario Lúcio também está lançando no Brasil o romance “A Biografia do Língua” pela Imã Editorial.
O show terá como base o disco “Funanight”, que foi gravado em parte no Brasil e lançado aqui no final de 2108 pela Sony Music, considerado um marco na história da música de Cabo Verde, um relançamento da essência do “funaná” - gênero musical mais antigo e contagiante de Cabo Verde –  com a contração do inglês “night”, de noite e festa, num disco de muitas misturas e dança.
E, para lembrar toda a sua trajetória, interpretará também algumas das suas composições que se tornaram clássicas nas vozes de Cesária Évora (“Dor di Amor”), Mayra Andrade, Lura, Nancy Vieira, Simentera. Mario também já foi gravado por Paulinho da Viola, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Harry Belafonte (EUA), entre outros. Mario Lúcio será acompanhado de uma formação base do disco: percussão, baixo e  acordeom.
Compositor dos principais estilos de música de seu país como morna, funaná, batuque e coladeira, a permanente pesquisa de Mário Lúcio e a perfeição que empresta aos seus trabalhos dão à música tradicional cabo-verdiana um novo ar de modernidade, poesia e originalidade, o que fica evidente nos nove álbuns que lançou desde 1995.  Fundador e líder do grupo musical Simentera, ex-libris da música cabo-verdiana, é o escritor mais premiado do país internacionalmente.  Também poeta, seu livro “Nascimento de Um Mundo”, marcou a virada na nova poesia cabo-verdiana, o “Manifesto a Crioulização”, ambos ainda não lançados aqui, é a obra mais atual sobre o fenômeno da crioulização no mundo, e a epistimologia nova sobre a cultura, “Meu Verbo Cultura” (editado aqui pela EDUFBA), tornaram-no um conceituado intelectual da sua geração.

Serviço

Show: Mario Lucio, músico cabo-verdiano, lança o disco “Funanight”

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 18 de maio, sábado, às 20h30 e 22h30

Ingressos: R$ 80,00 (inteira), R$ 60,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 40,00 (meia) www.eventim.com.br



Nenhum comentário