Novidades

[News] Editora publica primeiro livro utilizando foto com Machado de Assis negro

O escritor José Almeida Junior, vencedor do prêmio Sesc de literatura e um dos finalistas do Prêmio São Paulo Literatura, vai publicar em junho pela Faro Editorial “O homem que odiava Machado de Assis”, o primeiro livro a ter a imagem de Machado de Assis negro em sua capa.

“Quando tomei conhecimento da campanha ´Machado de Assis real´, promovida pela faculdade Zumbi dos Palmares, a capa de meu livro já estava na gráfica. Machado de Assis era mestiço, bisneto de escravos, mas sofreu um processo de embranquecimento ao longo do tempo. Retratar o mais importante escritor brasileiro como negro é uma correção histórica, que garante às novas gerações conhecer o Machado de Assis real. Devido à importância da campanha, a editora interrompeu o processo de produção do livro e alterou a foto de Machado de Assis na capa.”, revela o escritor.
A obra, que mistura história e ficção em torno de um dos gênios da nossa literatura, nos apresenta a história de Pedro Junqueira. Aos seis anos de idade e após a morte de sua mãe, Pedro chega ao Morro do Livramento para morar com sua tia materna D. Maria José. Logo o garoto se envolve em desavenças com um agregado chamado Joaquim Maria Machado de Assis.
Pedro vai estudar em Portugal, onde conhece Carolina. Depois de um breve relacionamento Carolina fica grávida e Pedro a abandona. Desiludida, ela perde o filho e viaja ao Brasil. Algum tempo depois, ele volta à terra natal e, num Sarau de comemoração à aprovação da Lei do Ventre Livre, Pedro reencontra Carolina, e a descobre casada com seu desafeto de infância, Machado de Assis.  
O livro traz inúmeras personagens da literatura brasileira, afetos e desafetos de Machado. E recria, a partir de uma extensa pesquisa histórica, cenas da época, e um curioso e intrincado duelo entre dois homens que lutam pelo amor de uma mulher. Em meio a essa briga tem origem duas das maiores obras do bruxo do Cosme Velho.

Nenhum comentário