02 fevereiro 2019

[News] Cine News/Fênix Filmes (semana 1 a 8 de fevereiro)

                             
Queridos parceiros e espectadores,

Fevereiro chegou e a News dessa semana está um charme. A dica de drink para este final de semana é uma deliciosa e clássica bebida apresentada num dos filmes mais importantes da história do audiovisual: CASABLANCA. Além disso, comemoramos os 24 anos de ANTES DO AMANHECER, primeiro filme da trilogia Before, de Richard Linklater. Saiu ainda a edição de janeiro da magnífica revista de cinema Cahiers du Cinéma e ela está um primor. Vale tirar o final de semana para ler inteira e se deliciar com críticas e análises de profissionais. Nas novidades dessa sexta-feira, trazemos Coralie Fargeat, diretora do incrível VINGANÇA, como membro do MyFrenchFilmFestival e não há dúvidas de que sua competência e talento farão toda a diferença na mostra online de cinema francês. Por fim, o Festival de Sundance está a mil e no próximo domingo já saberemos os vencedores. Ou seja, fevereiro não poderia começar mais bonito.

Abraço,

Fênix Filmes.


Coralie Fargeat no Myfrenchfilmfestival.com


A brilhante Coralie Fargeat, diretora e roteirista francesa de VINGANÇA (filme distribuído pela Fênix em 2018), é membro do Júri dos Cineastas da 9ª edição MyFrenchFilmFestival! Essa mostra tem o objetivo de apresentar a nova criação cinematográfica francesa e permite aos usuários do mundo inteiro compartilhar seu amor pelo cinema francês. Para essa nova edição, que vai de 18 de janeiro a 18 de fevereiro, o festival retorna com novos filmes, novas plataformas parceiras e lançamentos nos cinemas de vários territórios, em que cinéfilos internautas são convidados a votar em seus filmes preferidos e a deixar seus comentários no site. Para acompanhar os filmes e votar, basta acessar o site:


Festival de Sundance


Começou, no último dia 24 de janeiro, o Festival de Sundance de Cinema, que marca oficialmente o início de um novo ano para o meio audiovisual. Neste ano, a mostra vai até o próximo domingo, dia 03. Conhecido por valorizar as produções independentes e apostando sempre na diversidade, a seleção de filmes é bastante eclética, com temas variados e países do mundo todo, como Noruega, Macedônia, Bulgária, Brasil e Qatar. Além disso, pauta-se muito aqui a questão da inclusão; dos 112 filmes compondo a programação, 45 são dirigidos por uma ou mais mulheres, 40 por cineastas negros, e 15 por pessoas que se identificam como LGBTQIA.
Os filmes de não-ficção que entram no festival passam a figurar entre os mais comentados durante o ano, ganhando força até mesmo no Oscar, que acontece quase um ano depois. Só para se ter uma ideia, dos cinco filmes indicados ao prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, quatro passaram por Sundance em janeiro de 2018. Essa é uma característica que também se estende à ficção. A prova disso é “Corra!”, que fez sua estreia mundial na edição de 2017 e deu o que falar o ano todo. Outros exemplos de sucesso são: “Me Chame Pelo Seu Nome”“Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi”“Whiplash: Em Busca da Perfeição”, “Brooklyn”“Manchester À Beira-Mar”“Preciosa” e “Indomável Sonhadora”.

Cahiers du cinéma de Janeiro


Está online a 751ª edição da tradicional revista Cahiers du Cinéma. Criada em março de 1951 por Doniol-Valcroze, Bazin e Lo Duca, a revista francesa especializada em cinema surgiu quando críticos e escritores da época queriam expressar suas ideias. Nessa edição de janeiro, a crítica de cinema Stéphane Delorme assina o editorial, além do Top 10 eleito pelos leitores da Cahiers (em primeiro lugar, TRAMA FANTASMA, de Paul Thomas Anderson). Grandes críticos, como Nicholas Elliot e Stéphane du Mesnildot, assinam suas análises dos últimos lançamentos, por exemplo o indicado ao Oscar GREEN BOOK: O GUIA e SORRY TO BOTHER YOU. Esses e muitos outros textos estão disponíveis no link:


24 anos de ANTES DO AMANHECER


No último domingo, 27 de janeiro, completou-se 24 anos do lançamento de ANTES DO AMANHECER, de Richard Linklater. O filme, que concorreu a Urso de Ouro no Festival de Berlim de 1995, marcou muitos corações na época ao juntar um americano e uma francesa que se conhecem num trem e decidem passar a noite em Viena. O roteiro foi escrito em apenas 11 dias e é o ponto alto da obra, com os diálogos naturais e fluidos de romance, além das atuações comprometidas de Ethan Hawke e Julie Delpy. Apaixone-se pelo ...amanhecer, como também pelas suas sequências ANTES DO PÔR-DO-SOL (2004) e ANTES DA MEIA-NOITE (2013).

French 75 de Casablanca


Casablanca é um dos filmes mais importantes da história do cinema e ninguém discute a obra-prima que o diretor Michael Curtiz e a dupla Humphrey Bogart e Ingrid Bergman criaram. Para esse final de semana, porque não honrarmos o drink tradicional do filme, o French 75? Para fazê-lo, basta colocar um pouco de gelo picado em uma taça; depois, acrescentar 25 mL de gim, 1 colher (sopa) de suco de limão, 1 colher (chá) de açúcar e mexer até misturar tudo; por fim, só completar com champanhe e decorar com uma fatia de laranja. Simples, charmoso e ótimo para acompanhar enquanto reassiste Casablanca.

 

Nenhum comentário

Postar um comentário