Novidades

[Especial Oscar 2019] Green Book: O Guia

Sinopse: 1962. Tony Lip (Viggo Mortensen), um dos maiores fanfarrões de Nova York, precisa de trabalho após sua discoteca, o Copacabana, fechar as portas. Ele conhece um pianista e quer que Lip faça uma turnê com ele. Enquanto os dois se chocam no início, um vínculo finalmente cresce à medida que eles viajam.

O Guia é dirigido por Peter Farrelly (Debi e Lóide 1 e 2, Quem Vai Ficar com Mary?) e com roteiro de Nick Vallelonga, Brian Hayes Curry e Peter Farrelly. Conta com elenco formado por Viggo Mortensen, Mahershala Ali e Linda Cardelini. O filme foi lançado no Brasil em 24 de janeiro de 2019.

O filme concorreu ao Golden Globe nas categorias de Melhor Diretor (Peter Farrelly), Melhor Performance de Ator em um Filme (Viggo Mortensen), Melhor Roteiro de Filme (Nick Vallelonga, Brian Hayes Curry e Peter Farrelly), Melhor Filme – Musical ou Comédia e Melhor Performance de Ator Coadjuvante em Filme (Mahershala Ali), sendo vencedor nessas três últimas categorias.

Concorre ao Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Viggo Mortensen), Melhor Ator Coadjuvante (Mahershala Ali), Melhor Roteiro Original e Melhor Edição.

Curiosidades:

- O filme foi alvo de algumas controvérsias. Durante um painel em novembro de 2018, Mortensen disse uma palavra racial pejorativa. Ele se desculpou no dia seguinte, dizendo que a intenção dele era falar contra o racismo e que estava arrependido de usar a palavra e que não a usará de novo.

- Outra controvérsia foram que os parentes de Shirley condenaram o filme, dizendo que o estúdio não entrou em contato com eles até depois do projeto e que isso não representou direito a relação de Shirley com sua família. O irmão de Don disse que seu irmão nunca viu Tony como um amigo e que ele era apenas um empregado ressentido por ter que usar um uniforme de motorista. Mahershala Ali se desculpou com Edwin Shirley III, sobrinho de Shirley, dizendo que trabalhou o melhor que pôde com o material disponível e que não sabia que havia parentes próximos com os quais poderia ter consultado sobre adicionar mais aspectos ao personagem.

- Uma colunista do The Root, Monique Judge, disse que o filme não foi historicamente correto na retratação do Jim Crow South. Ela disse que o filme falhou em mostrar como era ruim para os negros que viajaram e viveram lá.

- O compositor do filme, Kris Bowers, foi o dublê de Mahershala Ali no piano.

- A cena da pizzaria realmente aconteceu. Nick disse que Toni Lip costumava pedir uma pizza inteira, a dobrava e a comia. Viggo pediu para tentar colocar a cena no filme e Farrelly disse que já tinha cenas engraçadas suficientes envolvendo comida, mas concordou em tentar. Quando a equipe começou a rir, ele concordou em colocar a cena no filme.

- O verdadeiro Toni Lip é conhecido por interpretar Carmine Lupertazzi na série A Família Soprano e participou de vários filmes de Martin Scorsese.

- Nas cenas com a família Vallelonga, os verdadeiros parentes de Tony e Delores interpretam a maior parte dos parentes.

- O filme ganhou o PCA (People’s Choice Awards) no Toronto International Film Festival em setembro de 2018.

- Foi o primeiro filme de drama dirigido por Peter Farrelly.

- O filme inteiro foi filmado na Louisiana, exceto na cena onde Tony faz uma parada para ir ao banheiro, que foi filmada em Nova York.

- O filme teve a sua estreia mundial no Toronto International Film Festival no dia 11 de setembro de 2018, onde ganhou o PCA.

- Viggo Mortensen foi a primeira escolha de Farrelly para o papel de Tony Lip.
 
Trailer: 
 




 

Nenhum comentário