02 fevereiro 2019

[News] Pedro Mann lança single


Há pouco menos de dois anos o cantor e compositor Pedro Mann assistia ao documentário 'The mask you live in', que aborda a hipermasculinidade. A sessão serviu como mote para, ao lado do parceiro Matheus VK, Mann compor a música 'Menino e menina', que chega ao videoclipe ainda no mês de janeiro. "Resolvi falar de gênero e me veio esse refrão em forma de pergunta: 'por que rosa é de menina e azul é de menino?' Eu não queria falar somente sobre o papel do homem na sociedade, queria falar sobre gênero", revela o artista.
'Menino e menina' estava pronta há um tempo, mas Pedro Mann adiava sua veiculação por questões de agenda. "Estou priorizando outros lançamentos e meu disco novo, mas senti que agora passamos por um retrocesso. Esse é o momento certo para falar sobre essa questão". A declaração da ministra Damares é mais um sinal desse novo tempo. "Não é coincidência eu ter escrito isso há um ano e meio e ela ter falado isso agora. Só reflete o retorno de um conservadorismo que não é de hoje. As coisas na sociedade andam em ondas, em ciclos. Infelizmente estamos numa época em que o conservadorismo está voltando e temos que falar sobre isso. Devemos ter cuidado", pondera.

MENINO E MENINA (PEDRO MANN) 
Quando um menino nasce

Nasce um ser humano
Que deveria ser um pouco mais humano
Mas não acontece assim
Desde pequeninim
O mundo ensina que é melhor
Ser um bom soldadim

Quando uma menina nasce
Ganha uma boneca
Se tenta qualquer ousadia
O mundo breca
Vai brincar de casim
E ser uma princesim
Não pode jogar bola
Nem correr pelo parquim

As barreiras são feitas pra se quebrar
E agora só nos resta perguntar

Porque rosa é de menina
E azul é de menino?
Azul é de menino
E rosa é de menina?

Estereótipos que a vida nos ensina
Quem é que diz o que combina
Ou não combina
O preconceito faz um muro
E a gente passa por cima

Ficha técnica
Pedro Mann: voz
Pedro Tie: Teclados, baixo synth e programação

OUCA 'Menino e menina'



VEJA O CLIPE de 'Menino e menina'



Nenhum comentário

Postar um comentário