16 julho 2018

[Resenha] Mais que perfeitos

Sinopse:
A metade da laranja, a tampa da panela, o par perfeito, a alma gêmea… Chame como quiser. A verdade é que está cada vez mais difícil encontrar a pessoa certa para ter sua própria história com direito a docinhos, véu, grinalda, buquê e ‘felizes para sempre’.
Precisando de uma força nessa área? A agência de relacionamentos Bem-Casados ajudará você nessa aventura emocionante e empolgante chamada Amor.
Enquanto os amigos namoravam e curtiam a vida, Scott King focava sua atenção aos estudos para que pudesse ser o médico bem-sucedido que é hoje. Mas isso fez com que ele não tivesse tempo, muito menos traquejo social, para sair à procura de romance. Quando ele se inscreve na Bem-Casados, não acredita que um site, de forma tão impessoal, seja capaz de apresentar-lhe a pessoa certa. Até que ele conhece Cassandra…
Cassandra Santini estava com os dias contados. Com um visto americano de estudante prestes a expirar, ela queria permanecer no país que a acolheu tão bem depois de se ver sozinha no mundo. A Bem-Casados surge como seu último recurso, mas o milagre só seria completo se ela conseguisse encontrar o parceiro ideal. E, então, ela conhece Scott…
Entre cafés, histórias em quadrinhos e tarefas da agência, os dois sentem que o romance pode ser mais do que apenas uma união conveniente. Entretanto, nem todas as informações foram reveladas e quando estas vêm à tona, o sentimento de traição pode se mostrar mais forte que o amor.
Quais as chances de um médico metódico e uma artista plástica desorganizada serem um para o outro mais que perfeitos?

Link para compra do livro: E-book amazon


O que eu achei?
A solidão é um mal dos nossos tempos, muitas vezes as pessoas ficam exigentes demais, sofrem desilusões, outras, elas simplesmente não encontraram seu par perfeito. Pensando nisso, uma agência pensa em como aproximar pessoas compatíveis, prometendo um par perfeito para sua vida, mas será que isso pode realmente funcionar?

De um lado temos Scott, um médico bem sucedido que dedicou sua vida integralmente aos estudos e sua carreira, claro que o fato de não ser o garoto mais popular na escola ajudou muito nisso, mas hoje é um homem importante, inteligente e atraente, ele só não sabe como encontrar alguém para dividir sua vida.
De outro, Cassandra, Cassy para os amigos – bem poucos por sinal – saiu de seu país para estudar e criar novos laços, já que todos que tinha em sua terra natal não estavam mais por aqui. Ela conseguiu uma nova amiga e foi adotada pela família dela, voltando a sentir que fazia parte de algo, de uma família de verdade. Casy agora tinha uma única preocupação, como seu curso está no final e seu visto também. Sua chance de ficar perto de sua família do coração era um casamento de fachada com o irmão de sua amiga, mas a vida não é tão simples assim, e ele acaba se apaixonando e decidindo casar com outra.

Duas pessoas bonitas e interessantes procuram um casamento, por motivos bem diferentes, mas ambos sonham que essa busca possa trazer algo a mais. Uma agência que prima por oferecer o melhor serviço aos seus clientes é a solução, mas será que essa será a melhor forma de encontrar alguém para chamar de meu amor?
Um metódico, a outra desorganizada. Ele com medo de se iludir, ela com medo de partir. Um roteiro com tarefas a cumprir para descobrir se a outra pessoa é a ideal para você. Será que o projeto da agência pode realmente unir pessoas de mundos tão diferentes? Scott e Cassy são tão diferentes que acabam sendo um par perfeito. Desde o início os dois nos encantam com sua personalidade e paixão pelo que fazem. Seus amigos são daquele tipo que você quer ter em sua vida, parceiros e ótimos conselheiros. As famílias são parte importante desse cenário e fazem toda a diferença na vida deles. As confusões que esses dois corações solitários aprontam nos fazem rir e torcer ainda mais pelo casal. Ambos terão muito a compartilhar, mas especialmente, muito a aprender um com o outro. Cassy precisará entender que uma vida mais organizada não precisa, necessariamente, ser chata. Scott terá que aceitar que nem tudo precisa ser certinho para dar certo.

Em sua nova série Elizabeth Bezerra deixa o suspense, crimes e a ação tão presente na série New York e parte para uma leitura mais leve, divertida e breve. Sabe aqueles romances que você lê num piscar de olhos, então... Mais que perfeitos é bem isso. O livro é muito gostoso de ler, li em duas noites, a leitura flui e você acaba o livro querendo mais, torcendo para mais gente procure a agência, e, porque não, com vontade de se inscrever e encontrar sua metade. Como todo bom romance, esse tem alguns elementos básicos: cenas doces, emoções delicadas, boas risadas, alguns clichês (quem não gosta de um bom clichê?) e uma pitada de suspense recheiam esse bolo que vai adoçar a sua leitura.
Escrito por Mel Costa

Nenhum comentário

Postar um comentário