Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil de 08 a 14 de Julho

SEQUESTRO RELÂMPAGO (2018) (85’) 
 

Horário: Segunda, dia 08, às 19:35
Direção: Tata Amaral
Classificação: 16 anos

Sinopse: Depois de uma semana de trabalho, Isabel (Marina Ruy Barbosa) encontra com as amigas em um bar. Pouco tempo depois de chegar, ela recebe uma mensagem de um rapaz com quem com quem ela saiu algumas vezes e a convida para um encontro. No caminho para o carro, no entanto, ela é abordada por Matheus (Sidney Santiago) e Japonês (Daniel Rocha), criminosos em busca de uma presa para um sequestro relâmpago. A intenção dos comparsas é levar a moça até um caixa eletrônico e limpar a conta bancária dela. O horário, no entanto, não permite mais grandes e os bandidos decidem mantê-la como refém até a manhã do dia seguinte.
 

Gêmeas (1999) (75’) 

 
Horário: Terça, dia 09, às 0:15

Direção: Andrucha Waddington
Classificação: 14 anos

Sinopse: A história é ambientada no inicio da década de 80 e se passa em um bairro de classe-média do Rio de Janeiro. As irmãs gêmeas idênticas Iara e Marilena (Fernanda Torres) vivem pregando peças nos homens, fazendo-se passar uma pela outra, para desespero de seu pai, Dr. Jorge (Francisco Cuoco). Marilena é bióloga. Iara, como sua mãe (Fernanda Montenegro), é costureira. Um dia, Marilena conhece Osmar (Evandro Mesquita), dono de uma autoescola, por quem se apaixona à primeira vista. O mesmo, entretanto, acontece com Iara, que decide seduzir o namorado da irmã sem que os dois saibam. Tem início uma intensa rivalidade entre as irmãs, em busca do amor de Osmar, que irá trazer à história um desfecho surpreendente.

PASTOR CLÁUDIO (2018) (75’) 

 



 
Horário: Quarta, dia 10, às 20h

INÉDITO E EXCLUSIVO

Direção:
Beth Formaggini
Classificação: 12 anos

Sinopse: O documentário de Beth Formaggini amplia o laureado curta Uma Família Ilustre (2015) e caminha pelas confissões do agora pastor evangélico Cláudio Guerra, ex-delegado da Polícia Civil encarregado de assassinar militantes contrários aos ideais estabelecidos pelo governo totalitário.

MEU AMIGO HINDU (2016) (124’) 

 






Horário: Quinta, dia 11, às 22h

Direção: Héctor Babenco
Classificação: 16 anos

Sinopse: Diego (Willem Dafoe) é um diretor de cinema diagnosticado com câncer em estágio avançado, cuja única chance de sobrevivência é se submeter a um transplante de medula óssea experimental, que apenas é realizado nos Estados Unidos. Mas antes de enfrentar o tratamento em Washington, ele decide se casar com sua companheira de muitos anos e se despedir dos amigos. No hospital, ele conhece um menino hindu de apenas oito anos, que também está internado. Logo Diego passa a vivenciar com ele aventuras fantasiosas, inspiradas no cinema, que ajudam a suportar a dura realidade que os cerca.

MOACIR: O SANTISTA QUE CONQUISTOU OS ARGENTINOS (2017) (91’)


 
Horário: Sexta, dia 12 às 18:35

INÉDITO e EXCLUSIVO

Direção:
Tomás Lipgot
Classificação: 10 anos

Sinopse: Moacir dos Santos é um homem, no mínimo, peculiar. Saiu de Santos, no litoral paulista, rumo à Argentina com o desejo de se tornar um cantor como Carlos Gardel, seu grande ídolo. O sonho, no entanto, ganhou contornos de pesadelo depois de passar uma década internado em um hospital psiquiátrico após ser diagnosticado com esquizofrenia. Encantado pela trágica trajetória do personagem, o cineasta decidiu transformá-lo em protagonista da Trilogia da Liberdade, iniciada com Fortalezas (2010), passando por Moacir (2011) e chegando a conclusão com Moacir: O Santista Que Conquistou os Argentinos (2017).

Moacir é um protagonista cativante e complexo. Alterna entre o português e o espanhol rapidamente mesmo sem ter qualquer fluência no idioma falado na Argentina. Suas memórias são muitas vezes lamentáveis, mas o sorriso no rosto e uma peruca morena claramente desconsertada lhe dão um certo aspecto cômico e leve. Com grande delicadeza, sem cruzar a linha do deboche a uma pessoa desacreditada ao longo da vida, o cineasta faz um registro afetuoso da perseguição do santista por seus sonhos, gravando suas canções com uma voz caricata do tango e interpretando à frente das câmeras sem grandes aptidões dramatúrgicas. Ao fim da Trilogia da Liberdade, Lipgot mostra não apenas o fim do encarceramento forçado no hospital, mas exalta a independência artística de um homem determinado a mostrar seu valor.
 

RAUL – O INÍCIO, O FIM E O MEIO (2012) (129’)





Horário: Sábado, dia 13, às 19h

Direção: Walter Carvalho
Classificação: 14 anos

Sinopse: Responsável por uma revolução não apenas na música, mas também na cultura do país de forma abrangente, com ideias libertárias e uma filosofia anárquica, Raul Seixas foi homenageado, 23 anos após seu falecimento, neste documentário de Walter Carvalho, que conta com depoimentos de Caetano Veloso, Marcelo Nova, Paulo Coelho e Pedro Bial.

FALA COMIGO (2017) (92’)


Horário: Domingo, dia 14, à 19:55

Direção: Felipe Scholl
Classificação: 14 anos

Sinopse: Em seu primeiro longa-metragem como diretor, Felipe Sholl se volta para a vida de Diogo (Tom Karabachian), um jovem de 17 anos que se excita ligando para as pacientes da sua mãe, a psicóloga Clarice (Denise Fraga). Certo dia, ele liga para Ângela (Karine Teles), uma mulher de 43 anos que acaba de enfrentar uma separação traumática, capaz de afunda-la numa crise depressiva. Ansiosa pelo retorno do cônjuge, atende esperançosa e conversa, sem retorno, com o jovem como se fosse o marido. Como encontra retorno do outro lado da linha, Diogo passa a ligar com frequência para Ângela, que logo descobre que ele é o autor das misteriosas chamadas – a revelação da identidade do responsável pelos telefonemas abre espaço para uma série de questionamentos morais sobre a conduta de todos os personagens do filme.



Nenhum comentário