Novidades

[News] Lançamento do longa “NEVILLE D’ALMEIDA – CRONISTA DA BELEZA E DO CAOS”, de Mário Abbade. Estreia dia 4 de julho.



“Neville D’Almeida – Cronista da Beleza e do Caos”, de Mário Abbade, traça o perfil do cineasta Neville D’Almeida e faz um apanhado da trajetória do cineasta mais censurado do Brasil e um dos campeões de bilheteria do cinema nacional. Entrevistas, raras imagens icônicas do cinema brasileiro e grande material iconográfico levam o espectador a entrar no mundo do realizador da sétima arte que deixou sua assinatura nas telas de cinema em filmes como Dama da Lotação, As Sete Gatinhas e Rio Babilônia. O documentário mostra os muitos problemas do diretor com a censura durante o regime militar e também com o que ele chama de “ditadura dos editais”.

Sobre o diretor | Mario Abbade
Diretor e corroteirista do documentário “Neville D’Almeida – Cronista da Beleza e do Caos”, selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Roterdão 2018 e para a mostra competitiva do É Tudo Verdade 2018, o festival de documentários mais importante da América Latina. O filme também foi selecionado para a Mostra de São Paulo 2018, Festival de Vitória 2018 e a mostra competitiva do Festival Cineuropa em Santiago de Compostela, Espanha. “Neville D’Almeida – Cronista da Beleza e do Caos” ganhou o prêmio Impact Docs 2018 e o prêmio de melhor diretor de documentário internacional no Festival de Jakarta 2018. É idealizador e curador do “Rio Fantastik Festival – Festival Internacional de Cinema Fantástico do Rio de Janeiro”. Jornalista, pesquisador e crítico de cinema do jornal O Globo. Criador e apresentador da coluna Pensando em Cinema exibida no Jornal do Rio da TV Bandeirantes e na programação da rádio BandNews Rio FM. Foi presidente do júri da crítica internacional no Festival de Cannes 2015 e do Festival de Berlim 2018. Também integrou o júri dos festivais do Rio, Montreal, Cuba, Palm Springs, São Francisco e Dubai, entre outros. Coautor do livro “New York City – A Discoteca que Iniciou a Era Disco no Brasil”. Editor e organizador dos livros “John Carpenter – O Medo é Só o Começo” e “O Último Durão – Centenário Kirk Douglas”. Exerce as funções de curador de mostras de cinema e professor do curso de cinema da Universidade Estácio de Sá – Campus João Uchoa, Rio de Janeiro. Foi presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) por dois mandatos e organiza anualmente a mostra Melhores Filmes do Ano. Foi curador das mostras que reuniram a obra de David Lynch, John Waters, Dario Argento, John Carpenter, James Dean, Neville D’Almeida, Carlos Reichenbach, Frank Sinatra, George A. Romero e Kirk Douglas, além das retrospectivas sobre os temas “Jornada nas Estrelas”, “A Era Disco no Cinema” e “Rock Terror”. Criador e consultor do site Almanaque Virtual.

Neville D’Almeida – Cronista da Beleza e do Caos
Brasil/2018/Documentário/106’

Direção: Mário Abbade
Roteiro: Mário Abbade, Leonardo Luiz Ferreira e Celso Rodrigues Ferreira
Produção: Abbade Entretenimento e Cavídeo
Co-produção: Canal Brasil      

Entrevistados no filme: Neville D’Almeida, Regina Casé, Lima Duarte, Carlos Diegues, César Oiticica Filho, Maria Gladys, Pedor Aguinaga, Marco Altberg, Claudio Asssis, Flávio Bauraqui, Joel Barcellos, Luiz Carlos Barreto, Sura Berditchevsky, Fernando Ceylão, Denise Dumont, Hélio Ferraz, Bruna Linszmeyer, Johnny Massaro, Julio Uchoa, Mário Bortolotto, Mariana de Moraes, Nelson Hoineff, Carlos Loffer, Marcello, Ludwig Maia, Marco Aurélio Marcondes, Jorge Mautner.
Sinopse: Por meio de imagens raras de arquivos, entrevistas e um vasto material iconográfico e de audiovisual, o documentário busca resgatar o papel do cineasta Neville D’Almeida da era do Cinema Marginal até o presente, passando por seus grandes sucessos de bilheteria (A Dama do Lotação; As Sete Gatinhas) e seus problemas com a censura durante o regime militar. Apesar dos inúmeros sucessos e filmes premiados em festivais, Neville não tem projetos selecionados por editais por 20 anos, devido ao que ele chama de “ditadura dos editais”. Neville também é artista plástico e foi responsável ao lado de Hélio Oiticica pela criação da videoinstalação “Cosmococas”.



Nenhum comentário