12 julho 2018

[Lista] 5 Adaptações Vencedoras do Oscar® de Melhor Filme

Confesso que, em alguns casos, eu não me importo em ver os filmes adaptados dos livros antes de ler as obras originais. Às vezes, assistir antes me dá até mais vontade de ler o livro.
Para essa lista, separamos cinco filmes adaptados de livros que foram vencedores do Oscar de Melhor Filme (entre outros) - e confesso que não sabia que a maioria desses filmes eram roteiros adaptados.
Então...

"12 Anos de Escravidão" (2013)

Livro: 12 Anos de Escravidão
Autor: Solomon Northup
Editora: Companhia das Letras
Diretor da adaptação: Steve McQueen
Oscars: 9 indicações / 3 vitórias


1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.

"Argo" (2012)

Livro: Argo - Como a Cia e Hollywood Realizaram o Mais Estranho Resgate da História
Autor: Mendez,Antonio/Baglio,Matt
Editora: Intrínseca
Diretor da adaptação: Ben Affleck
Oscars: 7 indicações / 3 vitórias

1979. O Irã está em ebulição, com a chegada ao poder do aiatolá Khomeini. Como o antigo xá ganhou asilo político nos Estados Unidos, que haviam apoiado seu governo de opressão ao povo iraniano, há nas ruas de Teerã diversos protestos contra os americanos. Um deles acontece em frente à embaixada do país, que acaba invadida. Seis diplomatas americanos conseguem escapar do local pouco antes da invasão, indo se refugiar na casa do embaixador canadense. Lá eles vivem durante meses, sob sigilo absoluto, enquanto a CIA busca um meio de retirá-los do país em segurança. A melhor opção é apresentada por Tony Mendez (Ben Affleck), um especialista em exfiltrações, que sugere que uma produção de Hollywood seja utilizada como fachada para a operação. Aproveitando o sucesso de filmes como "Guerra nas Estrelas" e "A Batalha do Planeta dos Macacos", a ideia é criar um filme falso, a ficção científica Argo, que usaria as paisagens desérticas do Irã como locação. O projeto segue adiante com a ajuda do produtor Lester Siegel (Alan Arkin) e do maquiador John Chambers (John Goodman), que conhecem bem como funciona Hollywood.

"Quem Quer Ser Um Milionário" (2000)

Livro: Sua Resposta Vale Um Bilhão
Autor: Vikas Swarup
Diretor da adaptação: Danny Doyle
Oscars: 10 Indicações / 8 Vitórias

Jamal K. Malik (Dev Patel) é um jovem que trabalha servindo chá em uma empresa de telemarketing. Sua infância foi difícil, tendo que fugir da miséria e violência para conseguir chegar ao emprego atual. Um dia ele se inscreve no popular programa de TV "Quem Quer Ser um Milionário?". Inicialmente desacreditado, ele encontra em fatos de sua vida as respostas das perguntas feitas.

"O Discurso do Rei" (2010)

Livro: O Discurso do Rei
Autor: Conradi, Peter/Logue, Mark.
Editora: José Olympio
Diretor da adaptação: Tom Hoper
Oscars: 12 Indicações / 4 Vitórias

Desde os 4 anos, George (Colin Firth) é gago. Este é um sério problema para um integrante da realiza britânica, que frequentemente precisa fazer discursos. George procurou diversos médicos, mas nenhum deles trouxe resultados eficazes. Quando sua esposa, Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, George está desesperançoso. Lionel se coloca de igual para igual com George e atua também como seu psicólogo, de forma a tornar-se seu amigo. Seus exercícios e métodos fazem com que George adquira autoconfiança para cumprir o maior de seus desafios: assumir a coroa, após a abdicação de seu irmão David (Guy Pearce).

"Menina de Ouro" (2004)

Livro: Menina de Ouro
Autor: Abigail Tarttelin
Editora: Globo Alt
Diretor da adaptação: Clint Eastwood
Oscars: 7 Indicações / 4 Vitórias

Frankie Dunn (Clint Eastwood) passou a vida nos ringues, tendo agenciado e treinado grandes boxeadores. Frankie costuma passar aos lutadores com quem trabalha a mesma lição que segue para sua vida: antes de tudo, se proteja. Magoado com o afastamento de sua filha, Frankie é uma pessoa fechada e que apenas se relaciona com Scrap (Morgan Freeman), seu único amigo, que cuida também de seu ginásio. Até que surge em sua vida Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), uma jovem determinada que possui um dom ainda não lapidado para lutar boxe. Maggie quer que Frankie a treine, mas ele não aceita treinar mulheres e, além do mais, acredita que ela esteja velha demais para iniciar uma carreira no boxe. Apesar da negativa de Frankie, Maggie decide treinar diariamente no ginásio. Ela recebe o apoio de Scrap, que a encoraja a seguir adiante. Vencido pela determinação de Maggie, Frankie enfim aceita ser seu treinador.

Nenhum comentário

Postar um comentário