14 julho 2018

[Crítica Musical] Tardhi


O cantor mineiro Bernado do Espinhaço chega com o seu mais novo álbum, “Tardhi”, uma deliciosa experiencia sonora para os amantes de música, em nove faixas ótimas.
Com uma positividade e vitalidade apaixonantes, o álbum se banha nas águas do estilo do Clube Da Esquina, da MPB, do folk, do indie rock e um pouco do blues, criando uma identidade sonora única. A mistura, longe de se tornar uma bagunça de influências, se encaixa perfeitamente na proposta do álbum, que mesmo com esses estilo tão específicos e complexos, soube ser explorado e aproveitado, unindo o melhor da música atual ao clássico, além de elementos regionais que dão todo um charme a mais em algumas faixas.
Liricamente, as faixas são de uma doçura esperançosa positiva e íntima, onde algumas faixas são como diálogos ou reflexões internas, transformadas em músicas cujas mensagens precisam ser ouvidas, sentidas e vividas. É fácil perceber o quão verdadeiras são letras, pois basta notar – e sentir – a paixão com que são cantadas. Quase da para sentir na pele. A natureza é um tema bem recorrente nas composições, servindo como um plano de fundo ou até mesmo como um mestre silencioso, criando uma atmosfera que une o bucólico ao praiano.
A facilidade que ele tem em mudar o tom de sua voz é uma delícia de ouvir. E por falar em voz, eu não gosto muito de fazer comparações entre artistas – às vezes pode parecer que estamos desmerecendo algum dos citados -, mas a voz de Bernardo me remeteu a uma outra voz nacional que eu simplesmente amo: o eterno Oswaldo Montenegro.
“Tardhi” chega com faixas expansivas, amplas, carregadas de significados e emoção, além de composições extremamente inteligente e divertidas, tudo unido a uma voz marcante e produções que exploram o melhor de suas influências. Como destaque, deixo a faixa “Que É Pra Você Saber”, uma das mais lindas que já ouvi recentemente – e que me fez viciar forte.

FAIXAS:

01. #Boralá
02. O Homem Que Curva
03. Benjamin
04. A Trilheira
05. Que É Pra Você Saber
06. Rasgue o Céu
07. Sobre os Montes
08. De Repente Cabeça de Boi
09. Os Senhores

Para ouvir ao álbum, escolha o seu streaming favorito:

Napster
Spotify
Deezer
Apple Music

Nenhum comentário

Postar um comentário