10 abril 2018

[Resenha] Sem Fôlego

Sinopse: Sadie White acabou de se mudar com a mãe grávida para a cidade litorânea de Sea Breeze, mas seu emprego de verão não vai ser na praia. Como a mãe dela se recusa a trabalhar, Sadie vai substituí-la como empregada doméstica numa mansão na ilha vizinha.
Quando os donos da casa chegam para as férias, Sadie se depara com ninguém menos que Jax Stone, um dos roqueiros mais desejados do mundo. Se Sadie fosse uma garota normal – se ela não tivesse passado a vida cuidando da mãe e dos afazeres domésticos –, talvez estivesse impressionada com a ideia de trabalhar para um astro do rock. Mas ela não está.

O que eu achei?
Abbi Glines foi a primeira autora de New Adult que eu li na minha vida com o livro paixão sem limites que me apresentou ao gênero e também ao fascinante e sexy mundo da saga Rosemary Beach, de 2013 até hoje tivemos toda a saga de Rush e seus amigos contada em 14 livros chegou ao seu "final"ano passado...
Até logo Rosemary, Olá Sea Breeze!

Sem fôlego é o primeiro livro da saga que acontece paralelamente ao universo de Rosemary e que no futuro renderá alguns crossovers interessantes.

O primeiro livro desse novo caminho percorrido por Glines nos presenteia com outra mocinha decidida, um galã charmoso e sexy e principalmente com o que Abbi faz de melhor: apaixonar as leitoras.

O romance é abordado de forma crescente, instigante, lindo e até um pouquinho assustador para Saddie e Jax (igualzinho a nossa vida real) que temos mais do que nunca a sensação de identidade com o a história com os descobrimentos do primeiro amor e as maravilhas do mundo jovem adulto.

Sem fôlego saí da linha do New Adult ao deixar um pouco o sexo em si de lado e apostar nos sentimentos e na idade Teen de seus protagonistas, fazendo com que o livro se abra a um leque de novas leitoras e dos Young Adults e também renovar o apreço e surpreender as fiéis seguidoras do exército da Abbi ( Abbi's Army sou sim senhor!).

Como de costume o livro é uma introdução a cidade de Sea Breeze, ao seu casal principal e também aos futuros personagens que irão dar continuidade a essa narrativa (eu espero que logo).



Por Jaqueline Ribeiro

Nenhum comentário

Postar um comentário