09 abril 2018

[News] CNCO estreia novo álbum

No dia 6 de abril, o grupo CNCO lança o autointitulado segundo álbum da carreira, via Sony Music Latin. O novo disco já está disponível em todas as plataformas digitais aqui.
Em apenas dois anos, o grupo se estabeleceu como um dos maiores nomes da música latina. O hit “Reggaeton Lento” ultrapassou 1 bilhão de visualizações no YouTube, recebeu múltiplas certificações de Platina em diversos países da América Latina, além de Estados Unidos e Espanha. O remix da faixa, com participação do grupo Little Mix, alcançou o topo das listas de rádio no Reino Unido e no Brasil.
O novo álbum “CNCO” inclui as já lançadas “Hey DJ”, com participação de Yandel, “Mamita”, que recentemente ganhou nova versão com participação de Luan Santana e o novo single de trabalho “Sólo Yo”.
Assista ao clipe de "Sólo Yo"- https://www.youtube.com/watch?v=pDTOQdCgD00 
Gravado ao redor do mundo enquanto a banda estava em turnê, e em sua base em Miami, o autointitulado "CNCO" conduz os talentos dos artistas por novas direções que certamente surpreenderão novos públicos. A impressionante lista de compositores e produtores que trabalharam no álbum inclui: Icon Music, Edgar Barrera, David Cabrera, The Swaggernautz, Yasmil Marrufo, Mario Caceres, Frank Santofimio, Andy Clay, Matt Rad, Dabruk e Pinto Wahin, entre outros
A banda também colaborou com as faixas “Bonita”, que já passa das 11 milhões de visualizações no YouTube, e “No Me Sueltes”, ao lado do time da Icon Music. O novo projeto inclui ainda as colaborações de peso de Yandel, que participa do primeiro single do álbum, “Hey DJ”, além das meninas do Little Mix, que dividem os vocais no sucesso “Reggaentón Lento (Remix)”.
Compre / Escute “CNCOhttp://smarturl.it/CNCOi
  1. Sólo Yo
  1. Hey Dj Ft. Yandel
  2. Se Vuelve Loca
  3. Mamita
  4. Fiesta En Mi Casa
  5. Noche Inolvidable
  6. Bonita
  7. Estoy Enamorado De Ti
  8. Mala Actitud
  9. Mi Medicina
  10. Fan Enamorada
  11. No Me Sueltes
  12. Demuéstrame
  13. Reggaetón Lento (Remix) Ft. Little Mix


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário