Books Brasil Books

Novidades

[News] XVII RioHarpFestival - 2022 Rio Capital Mundial das Harpas

 

Mantendo a tradição dos anos anteriores, o Rio de Janeiro volta a ser a capital mundial das harpas, em julho, através do XVII RioHarpFestival. Os concertos acontecerão de 1 a 31 com a participação de cerca de 150 músicos distribuídos por várias orquestras sendo quase 30 harpistas de 20 países, incluindo importantes artistas brasileiros. 


Serão 68 concertos: 54 no Centro Cultural Banco do Brasil , no Centro; 5 no Palácio Tiradentes, Centro; 1 no Museu Histórico do Exército, Forte de Copacabana (em Copacabana); 2 no Museu do Ingá, em Niterói; 3 no SESC Marquês da Abrantes, no Flamengo; 1 no SESC Quitandinha, em Petrópolis; 1 no Corcovado e 1 no Salão das Rosas do Jockey Cub Brasileiro, na Gávea.


O evento está inserido no projeto “Música no Museu”, que em 25 anos de atividades ininterruptas de janeiro a dezembro de cada ano atinge o Brasil de norte a sul, além de sua vertente internacional e que há 16 anos enfatiza a harpa através de um festival internacional. 


A HARPA

Há instrumentos de origens arcaicas, com sonoridade delicada, que chegam como uma mera curiosidade aos nossos ouvidos tão acostumados ao barulho da vida moderna. A harpa vem atravessando milênios sem deixar de se adaptar a diferentes culturas e estilos musicais mantendo os seus adeptos, apesar de não gozar de tantos praticantes ou de um repertório tão amplo quanto o de outros instrumentos clássicos, como o piano e o violino. Mais do que uma excentricidade de épocas passadas, a harpa se mostra relevante nos dias de hoje e uma prova disso é a realização da XVII edição do RioHarpFestival. O evento anual tem acontecido sem interrupção e sempre conta com recitais lotados tanto na versão presencial quanto virtual. Consolidado no roteiro internacional da harpa, o festival carioca traz apresentações com músicos vindos de vários países tocando do clássico ao rock, passando por étnico, jazz e também ritmos brasileiros tocados por dedos ágeis ao pinçar as cordas da harpa. 


FOCO

Na versão 2022 procuramos um novo foco, ou seja, integrar projetos de inclusão social desenvolvidos em comunidades aos harpistas nacionais e estrangeiros e assim dar maior amplitude a este trabalho ali desenvolvido e demonstrando ao público que eles podem se entrosar com ganhos recíprocos, pois os seus participantes terão orgulho de se apresentar com grandes nomes da harpa mundial. Apresentaremos orquestras e grupos artísticos de comunidades como: a Orquestra de Cordas oriunda da Escola de Música da Rocinha, a Camerata do Uerê (da Comunidade da Maré), a Orquestra de Violões do Forte (das Comunidades do Pavão-Pavãozinho – Leme),  a Orquestra de Gaitas de Foles (da Comunidade de São Gonçalo) e a Orquestra de Cavaquinhos (da Comunidade de Cabo Frio) A abertura, no dia 1o. de julho, será com a Camerata do Uerê, da Comunidade da Maré, juntamente com o harpista Baltazar Juarez, 1o harpista da Orquestra Nacional do México e representante do México no importante Congresso Mundial da Harpa. 


DESTAQUES

Claire Le Fur et Les Alizes trarão a música francesa e a da Martinica em um programa dinâmico, mas com uma surpresa para aqueles que assistirem. O Quinteto Ecos Latinos, de New Orleans, representará os Estados Unidos e enfatizará o jazz e os clássicos. Alguns destaques do festival são: Edith Gasteiger, da Áustria; Clemence Boinot, da França; Kobie de Plessis, da África do Sul; Diana Todorova, da Bulgária; Beatriz Millan, da Espanha; além de Jacques Vandelvede, da Bélgica, que toca em uma harpa dupla gerando a maior curiosidade entre o público. No contraponto, os músicos latino-americanos darão ênfase aos seus ritmos locais. Os japoneses trarão o Koto, sua harpa, com o Trio Fujyma Nippon e os inusitados Tambores do Japão tocarão com o harpista paraguaio Alcides Sotelo Jr.  Prem Raman, da Índia, trará a harpa persa Santoor, o Nigoni (a harpa africana) e a mini harpa citara.


Outro destaque do XVII RioHarpFestivalé o holandês Thorwald Jørgensen, um dos principais músicos clássicos do mundo e que depois de se formar no conservatório se estabeleceu rapidamente como um dos músicos mais proeminentes do “theremin” ou “teremim”, um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrônicos. Como a técnica de tocar também se assemelha à de um instrumento de cordas, Thorwald foi treinado por Saskia Boon, ex-violoncelista da Royal Concertgebouw Orchestra. O artista vai se apresentar algumas vezes ao lado de harpistas que estarão participando.


MÚSICA NO MUSEU

O RioHarpFestival está inserido no projeto “Música no Museu”, considerada a maior série de música clássica do Brasil. Nos seus 25 anos de atividades, registra um público superior a 1 milhão de espectadores no Brasil (de norte a sul) e que se expandiu para todos os continentes levando música e músicos brasileiros para o exterior. Detentor de 30 prêmios nacionais e internacionais, foi tema de mestrado, na Universidade de Berlim, na Alemanha. Na sua programação anual, “Música no Museu” é dividido em concertos referentes às estações do ano (Concertos de Verão, Outono, Inverno e Primavera) e o de Natal. Em cada mês, um tema ou um naipe é privilegiado e a harpa entra nos Concertos de Inverno.


PROGRAMA:

1º de julho – 6ª feira

13h – Abertura

CAMERATA DO UERE. Participação especial: Baltazar Juarez, harpa (México).

15h – Kobie de Plessis, harpa (África do Sul).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


02 de julho – Sábado

13h – Baltazar Juarez, harpa (México).

15h – Kobie de Plessis, harpa (África do Sul)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


03 de julho – domingo

13h – Kobie du Plessis, harpa – (África do Sul)

15h – Baltazar Juarez, harpa (México).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


04 de julho – 2ª feira

13h – Kobie du Plessis, harpa – (África do Sul)

15h – Baltazar Juarez, harpa (México)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


05 de julho – 3ª feira

Centro Cultural da Justiça Federal

13h – Martin Cortes Albarricin e Isabela Corte Albarricin,harpa, (Colômbia)

Av. Rio Branco 241 – Sala de Sessões- Teatro

Lotação: 120 lugares


19h –Trio Claire Le Fur, harpa,  Raymond GRATIEN,  guitarra 

VERGER and Fernando RENAUT-FERRER – flauta,(França)

Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março s/n 

Lotação: 80 lugares 


06 de julho – 4ª feira

13h – Edith Gasteiger, harpa- (Áustria).

15h – Martin Cortes Albarricin, Isabela Cortes Albarricin, harpa- (Colômbia).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18hs – Orquestra de Cavaquinhos de Cabo Frio. Participação especial, Martin Cortes Albarricin, Isabela Cortes Albarricin, harpa- (Colômbia).

Museu do Ingá (Niteroi)

Rua Presidente Pedreira 78- Ingá – Niteroi.

Lotação: 80 lugares.


07 de julho – 5ª feira

13h – Edith Gasteiger, harpa (Áustria).

15h – Prem Raman Duo (Índia).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18h – Quinteto ECOS LATINOS – Patrice Fisher harpa, Frank Comiskey, piano, Betsy Braud, flauta (USA) Carlos Valadares percussão ( REPUBLICA DOMINICANA) Reinaldo Pestana, Luiz Alves,  percussão, (BRASIL)

SESC – Marques de Abrantes.

Rua Marquês de Abrantes 99- Flamengo 

Lotação: 100 lugares


08 de julho – 6ª feira

13h – Quinteto ECOS LATINOS – Patrice Fisher harpa, Frank Comiskey, piano, Betsy Braud, flauta (USA) Carlos Valadares percussão ( REPUBLICA DOMINICANA) Reinaldo Pestana, Luiz Alves,  percussão, (BRASIL)

15h – Edith Gasteiger, harpa (ÁUSTRIA).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


09 de julho – Sábado

13h – Duo Vanja Ferreira, harpa. Helder Teixeira, Flauta. (BRASIL)

15h – Les Alizes- Claire Lefur, harpa (França). Raymond GRATIEN guitarra,François DETTON flauta, Franck BILOT clarinet, Veronique BILOT poems,  and Fernando RENAUT-FERRER drums

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


10 de julho – domingo

13h – Les Alizes- Claire Lefur, harpa – FRANÇA Raymond GRATIEN guitarra,François DETTON flauta, Franck BILOT clarinet, Veronique BILOT poems,  and Fernando RENAUT-FERRER drums

15hs – Quinteto ECOS LATINOS – Patrice Fisher harpa, Frank Comiskey, piano, Betsy Braud, flauta (USA) Carlos Valadares percussão ( REPUBLICA DOMINICANA) Reinaldo Pestana, Luiz Alves,  percussão, (BRASIL)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


11 de julho – 2ª feira

13h – Les Alizes- Claire Lefur, harpa – (França). Raymond GRATIEN guitarra, Franck BILOT, clarinet, Veronique BILOT poems,  and Fernando RENAUT-FERRER drums

15h – Quinteto ECOS LATINOS – Patrice Fisher harpa, Frank Comiskey, piano, Betsy Braud, flauta (USA) Carlos Valadares percussão ( REPUBLICA DOMINICANA) Reinaldo Pestana, Luiz Alves,  percussão, (BRASIL)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


12 de julho – 3ª feira

15h – Mercedes Ramirez, harpa e Carlos Centurion, piano- PARAGUAI

CC Justiça Federal

Av. Rio Branco 241 – Sala de Sessões- Teatro

Lotação: 120 lugares


19h – Al Nur Kibir – Jaffer Swamani, Ruda Brauns (Líbano)

Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março s/n 

Lotação: 80 lugares 


13 de julho – 4ª feira

13h – Mercedes Ramirez, harpa e Carlos Centurion, piano- (PARAGUAI).

15h – Trio Fujiyama Nippon de Koto- Tamie Kitahara;Márcia Abe;Alejandro Barrios; (JAPÃO).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18hs-Walter Morato , (ARGENTINA).

Museu do Ingá

Rua Presidente Pedreira 78- Ingá – Niteroi.

Lotação: 80 lugares.


14 de julho – 5ª feira

13h – Jorgensen Thorwald, theremin (Holanda)

15h – Mercedes Ramirez, harpa e Carlos Centurion, piano. PARAGUAI.

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


19h – Jorgensen Thorwald, theremin (Holanda)

SESC – Marquês de Abrantes

Rua Marquês de Abrantes 99- Flamengo 

Lotação: 100 lugares


15 de julho – 6ª feira

13h-Prem Raman ( India)

15h – Duo Alcides Sotelo, guitarra e Alcides Sotelo Jr., harpa- (PARAGUAI).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


16 de julho – sábado

13h-Duo Alcides Sotelo, guitarra e Alcides Sotelo Jr., harpa (PARAGUAI)

15h – Jacques Vandelvede, harpa- (BÉLGICA). – Jorgensen Thorwald (HOLANDA)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18h – Orquestra Violões do Forte. Participação especial: Duo Alcides Sotelo, guitarra e Alcides Sotelo Jr., harpa (PARAGUAI)

Museu do Exército – Forte de Copacabana

Praça Coronel Eugenio Franco no. 1- Av.Atlântica Posto 6 – Alameda – Copacabana

Lotação: 600 lugares.


17 de julho – domingo

13h – Orquestra de cordas da Rocinha. Participação especial, Jacques Vandelvede, harpa- BELGICA

15h – Tambores do Japão- part.especial Duo Alcides Sotelo, guitarra e Alcides Sotelo Jr., harpa (PARAGUAI)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18 de julho – 2ª feira

13h – Jacques Vandelvede, harpa (BELGICA) – Jorgensen Thorwald (Holanda)

15h – Clémence Boinot, harpa (França)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


20h – Duo Alcides Sotello, guitarra e Alcides Sotello Jr., harpa (PARAGUAI)

Salão das Rosas do Jockey Club Brasileiro 

Praça Santos Dumont, 31 – Gávea

Lotação: 40 lugares 


19 de julho – 3ª feira

13h – Clèmence Boinot, harpa (França)

CC Justiça Federal.

Av. Rio Branco 241 – Sala de Sessões- Teatro

Lotação: 120 lugares


19h -Jacques Vandelvede, harpa dupla.

Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março s/n 

Lotação: 80 lugares 


20 de julho – 4ª feira

13h – Jacques Vandelvede – Harpa Dupla (Bélgica)

15h – Diana Todorova – harpa (Bulgária)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


21 de julho- 5ª feira

13 h – Armando Becerra Malaga, harpa- (PERU)

15h – Diana Todorova – harpa (BULGARIA)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


18h – Orquestra de Pandeiros Tá que Tá. Participação especial: Jacques Vandelvede, harpa dupla.(BELGICA)

SESC- Marquês de Abrantes

Rua Marquês de Abrantes 99- Flamengo 

Lotação: 100 lugares


22 de julho – 6ª feira

13h – Armando Becerra Malaga, harpa- (PERU)

15h – Orquestra RioCamerata. Solista Vanja Ferreira. Regência Israel Menezes. (BRASIL)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


23 de julho – sábado

13h – Duo Portinari- Soledad YaYa (harpa)-(ARGENTINA) e Peter Pass (viola)- (CANADÁ)

15h Kevin Zapo Hurtado, harpa – México.

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


19h – ORQUESTRA RIOCAMERATA. Solista: Vanja Ferreira. Regência Maestro Israel Menezes

SESC QUITANDINHA

Hotel Quitandinha – Petrópolis – Café-Concerto

Lotação: 200 lugares


24 de julho – domingo

13h – Kevin Zapo Hurtado, harpa – México

15h – Duo Portinari- Soledad YaYa (harpa)-(ARGENTINA) e Peter Pas (viola)- (CANADÁ).

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


25 de julho – 2ª feira

13h – Jacques Vandelvede, harpa dupla (BELGICA)

15h – Kevin Zapo Hurtado, harpa – (MEXICO)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


26 de julho – 3ª feira

13h – Eduardo Viveros, Harpa (México)

CC Justiça Federal

Av. Rio Branco 241 – Sala de Sessões- Teatro

Lotação: 120 lugares


19h – Kevin Zapo Hurtado, harpa – México

Palácio Tiradentes

Rua Primeiro de Março s/n 

Lotação: 80 lugares 


27 de julho – 4ª feira

13h – Madrigal Cruz Lopes. Regência José Machado. Participação especial: Jacques Vandelvede, harpa – (BELGICA)

15h – Beatriz Millan, harpa – (ESPANHA)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


28 de julho – 5ª feira

13h – Duo Kápana: Gabriela Emanuelle, harpa e Giovanni Pistis, oboé- ITALIA.

15h – Beatriz Millan, harpa – (ESPANHA)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


29 de julho – 6ª feira

13h – Florence Sitruk, harpa- México

15h – Duo Kàpana: Gabriela Emanuelle, harpa (BELGICA/BULGARIA) e Giovanni Pistis, oboé- ITALIA.

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


30 de julho – sábado

13h – Duo Kàpana: Gabriela Emanuelle, harpa (BELGICA/BULGARIA) e Giovanni Pistis, oboé- ITALIA.

15h – Beatriz Millan, harpa- (ESPANHA)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


Orquestra de Gaitas de Foles. Participação especial: Eduardo Viveros, harpa- MEXICO

Palácio São Clemente (Consulado de Portugal).

Rua São Clemente 424- Botafogo

Lotação: 80 lugares


31 de julho – domingo


11h – Eduardo Viveros, harpa (MEXICO)

CORCOVADO

Trenzinho do Corcovado – Rua Cosme Vellho no.513 – Cosme Velho

Lotação: 50 lugares


13h – Florence Sitruk, harpa- (ALEMANHA).

15h – Beatriz Millan, harpa- (Espanha)

CCBB

Rua 1o. de março 66- Centro- Teatro II

Capacidade: 120 lugares


Serviço

XVII RioHarpFestival – 2022 / Projeto Música no Museu

17ª edição

1º a 31 de julho

Entrada Gratuita

Faixa Etária: Livre

Horários e locais – Ver programação


Locais: 

Centro Cultural Banco do Brasil  – Teatro II – Rua 1º. de Março 66- Centro

Lotação 120 pessoas

Palácio Tiradentes – ALERJ- Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro – Rua Primeiro de Março s/n 

Lotação: 80 lugares 

Museu do Exército- Forte de Copacabana – Praça Coronel Eugenio Franco no. 1- Av.Atlântica Posto 6 – Alameda – Copacabana

Lotação: 600 lugares.

Museu do Ingá – Rua Presidente Pedreira 78- Ingá – Niteroi.

Lotação: 80 lugares.

SESC Marquês de Abrantes – Rua Marquês de Abrantes 99- Flamengo 

Lotação: 100 lugares

SESC Quitandinha – Hotel Quitandinha – Petrópolis – Café-Concerto

Lotação: 200 lugares

Corcovado – Trenzinho do Corcovado – Rua Cosme Vellho no.513 – Cosme Velho

Lotação: 50 lugares

Centro Cultural Justiça Federal – Av. Rio Branco 241 – Sala de Sessões- Teatro

Lotação: 120 lugares

Salão das Rosas do Jockey Club Brasileiro – Praça Santos Dumont, 31 – Gávea

Lotação: 40 lugares 

Palácio São Clemente – Rua São Clemente 424- Botafogo

Lotação: 80 lugares




Nenhum comentário