01 maio 2018

[Resenha] Operação Red Sparrow

Sinopse: Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo.
Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem.
Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.
Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro.

O que eu achei?
Operação Red Sparrow é um livro sobre espionagem e nele vemos todos as artimanhas que um agente é capaz de usar para conseguir o que quer. Ocorrendo durante a Guerra Fria, o livro nos leva para os anos 1980 para conhecermos Dominika Egorova, uma jovem que tinha o sonho de apenas fazer parte da companhia de balé mais importante da Rússia, só que, ela tem seu sonho frustrado após uma terrível sabotagem e neste momento vemos uma porta se fechar, mas ela não esperava que o futuro lhe reservava um turbilhão de altos e baixos e com isso ela é forçada a ceder a pressão do tio e ingressa para o Serviço Secreto da Rússia. 

Dominika é levada para uma escola de treinamento do governo russo e lá ela aprende (nem sempre da melhor maneira) tudo pode ser arriscado para que uma missão obtenha sucesso. Neste momento você pode pensar que mesmo ela com seu jeito dócil de uma bailarina poderia se deixar levar pelas brutalidades do treinamento, mas pelo contrário, ela se mantém firme e se impõe como uma mulher forte e determinada.

Logo em seguida ela recebe a missão de conquistar e conquistar a confiança de Nate, um agente americano da CIA e fazê-lo revelar o traidor que se infiltrou no governo russo e cede informações deles para os americanos. Daí em diante o turbilhão de altos e baixos da vida de Dominika fica ainda mais intenso.


Operação Red Sparrow é um livro que faz você imergir completamente na história e te faz perceber coisas que somente quem está vivenciando o momento saberia explicar. O livro é bastante detalhista, mas são esses aspectos que tornam a leitura mais instigante. Regado a ação constante e cenas quentes, Operação Red Sparrow é uma história que vale a pena ser lida. O autor, Jason Matthews já trabalhou na CIA e nos leva a viver toda a espionagem a cada página, pois fala do assunto com propriedade e de uma forma muito bem construída.




Por Leonardo Alves

Um comentário

  1. Francis Lawrence, que iniciou sua carreira como diretor de videoclipes, mostra que domina como ninguém a fotografia e direção de arte, nos entregando cenas belíssimas e enquadramentos que valorizam as atuações e a dramaticidade. Quando leio que um filme será baseado em fatos reais, automaticamente chama a minha atenção, eu amo os filmes inspirados em livros, adoro ver como os adaptam para a tela grande. Particularmente It - A Coisa, esse filme foi uma surpresa pra mim, já que apesar dos seus dilemas é uma historia de horror que segue a nova escola, utilizando elementos clássicos. Com protagonistas sólidos e um roteiro diferente.

    ResponderExcluir