13 novembro 2017

[Resenha] Jogador nº 1

Sinopse:
O ano é 2044 e a Terra não é mais a mesma. Fome, guerras e desemprego empurram a humanidade para um estado de apatia nunca antes visto. Wade Watts é mais um dos que escapam da desanimadora realidade passando horas e horas conectado ao OASIS - uma utopia virtual global que permite aos usuários ser o que quiserem; um lugar onde se pode viver e se apaixonar por qualquer um dos mundos inspirados nos filmes, videogames e cultura pop dos anos 80. Mas a possibilidade de existir, em outra realidade não é o unico atrativo do OASIS; o falecido James Halliday, bilionário e criador do jogo, escondeu em algum lugar desse imenso playground uma série de easter-eggs. E premiará com sua enorme fortuna, e poder, aquele que conseguir desvendá-los. E Wade acabou de encontrar o primeiro deles.


O que eu achei?
Alguma vez na vida você sonhou emergir totalmente nos seus livros, filmes, jogos... e poder viver naquele mundo fictício?

É isso que Ernest Cline se propõe a mostrar em jogador numero 1!

A década de 80 é o pano de fundo e as referências à esta época são para os mais variados gostos, nesta história vivida dentro de uma plataforma virtual chamada OASIS, onde um jovem chamado Wade, ou Parzival, (se preferir), um gênio da tecnologia, tem sua vida transformada da noite para o dia.

Estava reunindo coragem e  tempo para me dedicar a este livro que tanto ansiava, e não me arrependi.
O livro conhecido como "A bíblia nerd" (meu amigo Andrey, fala: orgasmo nerd) encanta e envolve a cada página lida, em um looping, não de repetições mas de lembranças  que te conectam e te tornam realmente um jogador, filmes de John Hughes, jogos de Atari, séries e Bandas são desafios as nossas lembranças, e teste de conhecimento que ao adentrar cada vez mais no mundo virtual que a história te insere, você vive, se apaixona, se revolta, se surpreende, se encanta, luta, torce, se emociona.... vive.

Essa é a mensagem, viver.. quantas vezes deixamos de viver o mundo real para viver no mundo que nossos, livros, filmes, jogos, musicas nos convidam?!
Ernest Cline tenta passar essa mensagem, lindamente em sua obra, nós geeks podemos VIVER:

".... Por mais assustadora e dolorosa que a realidade possa ser, é o único lugar onde se pode encontrar a felicidade de verdade. Porque a realidade é real..." 

Uma historia de superação, amizade, respeito e aventura que todo o NERD precisa ler.

Vale lembrar que o livro vai se tornar um longa, dirigido por ninguém menos que Steven Spilberg, e está previsto para Março de 2018.
Distribuído pela Warner, contará com um cast incrível com nomes conhecidos, como: Tye Sheridan (X men - apocalipse) e Olivia Cooke 
(Bates motel).


Foto do instagram @reinoliterariobr
Escrito por Juliana Brito 



8 comentários

  1. OMG! Com toda certeza eu já imaginei viver em um mundo fictício. Quem nunca? Principalmente dos nossos livros e filmes preferidos.
    Olha, a resenha já me deixou louca... belíssima crítica. Me deixou com muita vontade de conhecer esse livro e para tudo! O filme será dirigido pelo meu grandão Spielberg? AAAAAAAAAAAA Melhor notícia!
    Já quero ler, já quero assistir, já quero tudo! Principalmente por se passar na década de 80 e passar uma mensagem tão linda.

    ResponderExcluir
  2. Agora que caiu a ficha quando eu reli... Olivia Cooke? Eu adooooro essa guria. A acho um amorzinho e uma fofa.

    ResponderExcluir
  3. Omg, demorei tanto pra ler o livro que já vai até virar filme.
    Já muito ouvi falar sobre esse livro, mas não sabia que era tão bom assim, fiquei bem curiosa, principalmente no que diz respeito a essa mutualidade de sentimentos e situações, sem contar que é um ótimo meio para imergir no universo geek, quero pra já!
    Resenha brilhante! :D

    ResponderExcluir
  4. Olá! O livro me encantou, afinal tem tudo que eu gosto e um pouco mais, espero que o filme esteja a sua altura e o retrate o mais fielmente possível.

    ResponderExcluir
  5. Eu AMEI esse livro.
    Adorei as referências geeks de jogos da época, séries, filmes e bandas.
    Estou muito ansiosa para o lançamento do filme. Espero que eles façam uma boa adaptação!
    Ahhhh AMEI essa camiseta! Quero pra mim!
    Bjs

    ResponderExcluir