21 outubro 2017

[Crítica] Thor: Ragnarok



Sinopse:Thor é preso do outro lado do universo, sem o seu martelo poderoso e encontra-se numa corrida contra o tempo para voltar a Asgard e impedir Ragnarok - a destruição do seu mundo e o fim da civilização Asgardiana -, que se encontra nas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a implacável Hela. Mas, primeiro precisa de sobreviver a uma luta mortal de gladiadores, que o coloca contra um ex-aliado e companheiro Vingador - Hulk.


O que eu achei: 
No último dia 20, assistimos o novo filme da Marvel: Thor - Ragnarok!
Se você vai ao cinema achando que verá o mais do mesmo, ou algo parecido com os antigos, desista.

A história se inicia com um diálogo entre Thor e Surtur sobre o Ragnarok, este evento destruiria Asgard em chamas.
Thor se vê tendo que proteger seu planeta do colapso, e descobre que seu pai está exilado e que possui uma irmã, Hela, que quer assumir o trono a todo custo.
Com Asgard entregue, Thor e Loki acabam "perdidos" em Sakaar, onde encontram Hulk e veem ali a oportunidade de salvar o que resta do seu planeta.

Hulk protagoniza as melhores cenas de ação, e seu aparecimento na trama, pode ter dado início ao arco da história do verdão, que ficou aproximadamente 2 anos sem voltar a ser Bruce Banner.



Uma sacada sensacional no filme foi o aparecimento do Doutor Estranho, linkado a cena pós credito existente no filme solo do personagem.

O novo filme da Marvel, se mostra em um ritmo arrastado com um toque excessivamente irônico, Nos momentos que poderia se haver um resgate, de ritmo via-se uma repetição de estereótipo e piadas constantes e Cortes de cenas em momentos importantes, perdendo-se assim o foco do estava sendo visto. 

Marvel forçou e exagerou na sua fórmula, antes tão bem aceita. Não que o filme seja ruim, longe disso, o filme tem a ação na dose certa, e nos momentos certos, cores lindas que dão outra roupagem aos filmes da franquia e com a deixa certa para Vingadores - Guerra infinita.

Em resumo, Thor Ragnarok é o melhor filme da franquia Thor, com várias referências aos Vingadores, porém, deixa a premissa de filmes de heróis da Marvel, para se mostrar um típico filme pastelão de sessão da tarde.


Direção: Taika Waititi

Trailer: 







Escrito por Juliana Brito


















2 comentários

  1. Estou ansioso pela estreia (aqui em Portugal, só estreia a 28), é um dos meus superherois preferidos. O duo, Thor e Hulk promete e estou curioso com o visual do filme, as cores estão lindas e vibrantes :)

    Bitaites de um Madeirense | Paulo Faria Design

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique mesmo Paulo, as cores estão realmente muito bonitas, dando uma outra cara para os filmes do Thor, em geral, e a dupla Thor e Hulk está realmente sensacional!
      Obrigada por comentar! <3

      Excluir