Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil de 25 a 31 de Março

É PROIBIDO FUMAR (2009) (86’) 

 
Horário: Segunda, dia 25 às 18:20

Direção: Anna Muylaert
Classificação: 16 anos

Sinopse:
A professora de violão Baby (Glória Pires) tem no cigarro sua maior companhia. Solteira, parece conformada à solidão de sua vida. Ela mora sozinha no apartamento deixado pela mãe e mantém algum contato com as duas irmãs: Pop (Marisa Orth), uma bem-sucedida empresária, e Teca (Daniela Nefussi), que se dedica quase integralmente à família. Descrente em relacionamentos amorosos, Baby começa a mudar de opinião quando conhece Max (Paulo Miklos), um músico de churrascaria recém-instalado no apartamento ao lado. Igualmente solitário, o homem acena com a possibilidade de um novo amor. Há, no entanto, alguns obstáculos: a obsessiva ex-namorada do vizinho e o vício de Baby. Ele não demonstra qualquer tolerância a cigarro e deixa claro sua impossibilidade de manter um relacionamento com uma fumante inveterada.
 

METANÓIA (2015)(114’) 


Horário: Terça, dia 26, às 20:20

ESTREIA

Direção:
Miguel Nagle
Classificação: 14 anos

Sinopse:
A trama caminha pela história de Eduardo (Caique Oliveira), morador da periferia paulistana criado com dificuldades pela mãe, Solange (Einat Falbel). A partir de um amigo em comum, o rapaz conhece Jeff (Caio Blat), um jovem de classe média acostumado a organizar reuniões regadas a álcool e drogas. Entre um cigarro e outro, os dois passam a utilizar entorpecentes em encontros cada vez mais perigosos. Após uma fatalidade, Eduardo perde o controle de sua vida e passa a morar nas ruas de São Paulo. Ele fica perdido em meio à autodestruição, enquanto sua mãe tenta salvá-lo do vício.
 

O PROCESSO (2018) (137’) 


Horário: Quarta, dia 27, às 20h

INÉDITO e EXCLUSIVO


Direção:
Maria Augusta Ramos
Classificação: Livre

Sinopse: Em cerca de 450 horas de material filmado, Maria Augusta Ramos acompanhou o processo que culminou no impeachment da presidente Dilma Rousseff. Concentrada em sua defesa, formada por José Eduardo Cardozo, Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias, a diretora faz um estudo particular dos bastidores desse momento histórico, ao longo de reuniões e discussões no Senado Federal, mas também por meio das expressões de seus protagonistas e dos defensores do impeachment. Coprodução do Canal Brasil, o filme foi exibido com destaque no Festival de Berlim em 2018.
 

TODO MUNDO TEM PROBLEMAS SEXUAIS (2008) (120’) 


 

Horário: Quinta, dia 28, às 21h

Direção: Domingos Oliveira
Classificação: 14 anos

Sinopse: As dificuldades sexuais de divertidos e diferentes casais. Baseado na peça homônima de Domingos Oliveira e Alberto Goldin, o filme revela situações complicadas em meio a reflexões sobre a vida íntima.


ISOLADOS (2014) (89’)

 

Horário: Sexta, dia 29 às 0:15

ESTREIA

Direção:
Tomás Portella
Classificação: 16 anos

Sinopse: O residente em psiquiatria Lauro (Bruno Gagliasso) e sua namorada e ex-paciente Renata (Regiane Alves) decidem alugar uma casa na região serrana do Rio de Janeiro para descansar e reanimar a relação. O casarão é sombrio e Lauro escuta histórias sobre atos violentos na região, mas não conta nada para Renata porque jovem vive um momento conturbado em sua saúde mental. Quando ela decide dar um passeio pela região, coisas estranhas começam a acontecer
 

O GRANDE CIRCO MÍSTICO (2018) (111’) 
 

Horário: Sábado, dia 30, às 21:45

Direção: Carlos Diegues
Classificação: 16 anos

Sinopse: A tradicional família austríaca Knieps é a dona do Grande Circo Místico. A arena torna-se palco do improvável romance entre o jovem Fred (Rafael Lozano), médico e herdeiro do aristocrata Dr. Frederico (Antonio Fagundes), e a acrobata Beatriz (Bruna Linzmeyer). Após a morte do patriarca, o rapaz pede à Imperatriz (Catherine Mouchet) o comando do picadeiro. Tem início, então, a história de um clã criado à frente de seu respeitável público ao longo de um século, com todas as gerações de artistas das mais diferentes especialidades. O fio condutor da trama, no entanto, não carrega o mesmo sobrenome e responde pelo nome de Celavi (Jesuíta Barbosa), um mestre de cerimônia que não envelhece e repete sua alcunha como o famoso bordão francês c’est la vie ¬– é a vida, em português.


CHICO XAVIER (2010) (124’)
 


Horário: Domingo, dia 31, à 18h

Direção: Daniel Filho
Classificação: Livre

Sinopse: O pequeno Chico Xavier (Matheus Costa, na infância) alega ouvir vozes e ver pessoas já falecidas desde criança. Na maioria das vezes, muitos imaginam tratar-se apenas de imaginações. Na fase adulta (vivido por Ângelo Antônio), no entanto, seu dom começa a aflorar e ele psicografa mensagens de espíritos desencarnados. Os anos se passam e, agora mais velho (vivido por Nelson Xavier), Chico é convidado para participar de um programa de televisão no qual comenta detalhes sobre o espiritismo. Orlando (Tony Ramos), o diretor da atração, é um ateu cujo filho com Glória (Christiane Torloni) faleceu em um acidente com uma arma. O dom do médium ajuda a confortar a dor dos pais após a perda da criança, mas eles precisam confrontar outra importante decisão: continuar ou não com o processo que pode condenar o responsável pela morte do menino. 



Nenhum comentário