Novidades

[Crítica] Nós

Sinopse:
Adelaide (Lupita Nyong'o) e Gabe (Winston Duke) decidem levar a família para passar um fim de semana na praia e descansar em uma casa de veraneio. Eles viajam com os filhos e começam a aproveitar o ensolarado local, mas a chegada de um grupo misterioso muda tudo e a família se torna refém de seus próprios duplos.

   
 
                                           O quê eu achei?
Já começa apresentando alguns elementos que a princípio, não parecem ter conexão nenhuma: um monte de coelhos, uma lembrança da mãe, Adelaide (Lupita Nyong'o)
de um trauma na casa dos espelhos quando era criança mas tudo no final se ligará.
A história começa quando a família composta por Adelaide, o marido Gabe (Winston Duke, o M'Baku de Pantera Negra) e os filhos Zora (Shahadi Wright Joseph) e Jason (Evan Alex) que vão passar férias em sua casa de veraneio junto com o casal de amigos Kitty (Elisabeth Moss de O conto da aia) e (Tim Heidecker) e suas filhas gêmeas adolescentes, Gwen e Maggie (Cali e Noelle Sheldon).
Algumas coincidências estranhas acontecem que deixam Adelaide desconcertada e a faz querer voltar para casa mas Gabe não a leva a sério até que uma família vestindo macacões vermelhos aparece no jardim.
O mais intrigante: cada um deles é uma cópia idêntica de cada um deles.
Mas quando as duplicatas começam a atacá-los e suas vidas correm riscos, eles terão que se separar para tentar se salvarem.

"Nós" não tem nada de clichê daquele gênero de filmes em que um bando de psicopatas colocam máscaras e saem atacando as pessoas em suas residências por pura diversão. Há motivos bem mais sinistros em jogo, que só serão revelados no final. Seriam clones? Gêmeos perdidos? Döpelgganger?

A Lupita e a Elisabeth são dois destaques da atuação: observem o contraste entre os trejeitos das pessoas com suas duplicatas: o olhar vidrado, a voz distorcida, o sorriso exagerado.

A trilha sonora também deve ser citada, provoca um momentos bem tensos.

E o final... bom, se alguém quiser comentar aqui depois de assistir (estreia nessa quinta)
fiquem à vontade mas avisem antes de dar spoiler, só digo que é surpreendente e que não responde todas as perguntas.

Com apenas dois filmes, Jordan Peele se mostrou um diretor talentoso. Ansiosa para ver o novo reboot de The Twilight Zone com ele.

                                 Trailer:
      





Nenhum comentário