Novidades

[News] Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, já foi visto por mais de 130 mil pessoas





Longa premiado em Cannes estreia em mais 20 cidades nesta quinta

O longa “Bacurau”, coescrito e codirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, estreou na última quinta, 29 de agosto, em 246 cinemas e até ontem foi visto em todo país por 130.241 espectadores. O total de público acumulado inclui os 22.542 bilhetes vendidos nas pré-estreias realizadas em mais de 40 cidades antes do lançamento.

Na próxima quinta, 5 de setembro, o longa entra em cartaz em mais 20 cidades: Arapiraca – AL, Paulista – PR, Imperatriz – MA, Volta Redonda – RJ, Petrópolis – RJ, Itanhaém – SP, Poços de Caldas – MG, Leme – SP, Rio grande – RS, Santa Cruz do Sul – RS, Resende – RJ, Pouso Alegre – MG, Altamira – PA, Marabá – PA, Itajubá – MG, Bragança Paulista – SP, Araras – SP, Rio Verde – GO, Araraquara – SP e São Carlos – SP.

“Bacurau” teve sessões lotadas em vários cinemas, no top 10 das cidades com melhor média de público estão: Recife (São Luiz, em primeiro lugar), terra natal dos diretores, São Paulo (Salas do grupo Espaço Itau), Rio de Janeiro (Espaço Itau e Estação NET, em Botafogo), Brasília (Cine Brasília), Belo Horizonte (Belas Artes) e Natal (Cinemark Natal).

Neste mês de setembro, além de estar em cartaz no Brasil, o longa continua sua trajetória por festivais internacionais. “Bacurau” será exibido no Festival de Toronto (TIFF 2019) na prestigiosa Mostra ‘Contemporary World Cinema’; no MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Horror de Lisboa, em Portugal ; e no New York Film Festival, na principal Mostra ‘Main Slate’.Vencedor do prêmio do juri no Festival de Cannes e do prêmio de melhor filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique, “Bacurau” é o representante brasileiro nos prêmios Goya, o equivalente ao Oscar na Espanha, e concorre a uma vaga na disputa pelo prêmio de melhor filme ibero-americano.

Na trama, o pequeno povoado de Bacurau some do mapa misteriosamente e seus moradores começam a presenciar estranhos acontecimentos e uma série de assassinatos inexplicáveis. "Bacurau" é a segunda coprodução entre a CinemaScopio do Recife (“O Som ao Redor”, “Aquarius”) e a SBS em Paris (“Synonymes”, de Navad Lapid, vencedor do urso de ouro em Berlim, “Elle”, de Paul Verhoeven, “Mapas Para as Estrelas”, de David Cronenberg). “Bacurau” também é uma coprodução com a Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil. A distribuição no país é da Vitrine Filmes.Produzido por Emilie Lesclaux, Said Ben Said e Michel Merkt, tem patrocínio da Petrobras, Fundo Setorial do Audiovisual, Funcultura (Governo de Pernambuco) e do CNC (Centre National de la Cinematographie, France).

SINOPSE:

Num futuro recente, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

ELENCO

Sonia Braga : Domingas

Udo Kier : Michael

Teresa: Bárbara Colen

Pacote: Thomás Aquino

Lunga: Silvero Pereira

Plinio: Wilson Rabelo

Damiano: Carlos Francisco

Forasteira: Karine Teles

Forasteiro: Antonio Saboia

Erivaldo: Rubens Santos

Isa: Luciana Souza

Madalena: Eduarda Samara

Carmelita: Lia de Itamaracá

Terry: Jonny Mars

Kate: Alli Willow

Jake: James Turpin

Julia: Julia Marie Peterson

Bob: Charles Hodges

Willy: Chris Doubek

Joshua: Brian Townes

Carranca: Rodger Rogério

DJ Urso: Jr. Black

Madame: Zoraide Coleto

Sandra: Jamila Facury

Deisy: Ingrid Trigueiro

Robson : Edilson Silva

Tony Jr: Thardelly Lima

Claudio: Buda Lira

Nelinha: Fabiola Liper

Flavio: Marcio Fecher

Maciel: Val Junior

Raolino: Uirá dos Reis

Bidé: Valmir do Coco

Luciene: Suzy Lopes

Angela: Clebia Sousa

Darlene: Danny Barbosa


FICHA TÉCNICA

Roteiro e Direção: Kleber Mendonça Filho & Juliano Dornelles

Produtores: Emilie Lesclaux, Saïd Ben Saïd et Michel Merkt

Produtora Executiva: Dora Amorim

Produtor Associado: Carlos Diegues

Produção: CinemaScopio, SBS

Coprodução: Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil

Diretor de Fotografia: Pedro Sotero

Diretor de Arte: Thales Junqueira

Figurino: Rita Azevedo

Montagem: Eduardo Serrano

Som : Nicolas Hallet

Design de som e montagem de som : Ricardo Cutz

Mixagem: Cyril Holtz e Ricardo Cutz

Casting: Marcelo Caetano

1° assistente de direção : Daniel Lentini

Direção de Produção: Cristina Alves & Dedete Parente

Música Original: Mateus Alves e Tomaz Alves Souza

Caracterização e Efeitos: Tayce Vale 


 





Nenhum comentário