16 janeiro 2018

[Programação] Lennine e orquestra no Teatro da Caixa Nelson Rodrigues

LENINE E ORQUESTRA À BASE DE CORDA REALIZAM SHOWS EM CURTA TEMPORADA NO TEATRO DA CAIXA NELSON RODRIGUES

Concerto traz no repertório versões orquestradas para sucessos da carreira do cantor

O cantautor Lenine se junta à Orquestra à Base de Corda, de Curitiba, para quatro apresentações no Teatro da CAIXA Nelson Rodrigues, nos dias 18, 19 e 20 de janeiro de 2018 (quinta e sexta, às 19h; e sábado com dois shows, às 17h e às 19h). O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

O repertório inclui sucessos de várias fases da carreira de Lenine, como Lavadeira do rio (Lenine/ Braulio Tavares), Leão do Norte (Lenine / Paulo César Pinheiro), Silêncio das estrelas Paciência (Lenine / Dudu Falcão). Considerado o trabalho mais “pernambucano” de sua discografia pela presença marcante do frevo, do maracatu e de referências à cultura afro-brasileira, o disco Carbono, lançado em 2015, estará presente com as músicas O Universo na cabeça do alfinete e À meia noite dos tambores silenciosos, gravadas com a Martin Fondse Orchestra e Letieres Leite & Orquestra Rumpilezz.

"Cantar junto com uma orquestra é sempre um momento muito especial, você consegue formar sonoridades diferentes, mais acadêmicas. Por isso nos preocupamos em selecionar um repertório que estimulasse essas descobertas e inventividades sonoras.", afirma Lenine, que estreou, em 2005, seu primeiro show sinfônico com a Orquestra Nacional de Île de France, no Theatro Zenith, em Paris. O evento coroou o Ano do Brasil na França e trouxe suas composições com novos arranjos feitos pelo maestro Ruriá Duprat.

Ao ver sua obra “vestida de roupa de domingo”, Lenine decidiu que, de alguma maneira, incluiria novos concertos como aquele em suas futuras turnês. Desde então, dividiu o palco com diversos talentos da música instrumental, de orquestras eruditas, como a Orquestra Sinfônica Brasileira, a de Minas Gerais, do Mato Grosso, de Campinas, do Recife, de Heliópolis, entre outras, a orquestras contemporâneas como a Rumpilezz, do maestro Letieres Leite, e a Martin Fondse Orchestra, da Holanda, com quem excursionou o Brasil e a Europa com o espetáculo The Bridge .

Por outro lado, a Orquestra à Base de Corda, dedicada à música popular, desde 2003 tem tocado com convidados, tanto instrumentistas quanto compositores, lembra seu diretor artístico e maestro, João Egashira. O grupo já se apresentou ao lado de grandes nome como Dominguinhos,Zeca Baleiro, Diogo Nogueira, Roberto CorrêaLetieres Leite e Paulinho Moska. “A Orquestra tem caráter autoral. Quase todos nossos músicos compõem. No entanto, para esta sequência de concertos, fomos além das composições próprias do grupo e homenageamos outros compositores”, diz o maestro.

Sobre Lenine:
Oswaldo Lenine Macedo Pimentel, cantautor, produtor musical e arranjador, nasceu no dia 2 de fevereiro de 1959. Recifense-carioca, brasileiro do mundo, traz em suas composições influências de manifestações culturais de seu país e de inúmeros gêneros musicais, desconsiderando rótulos ou classificações.

Com mais de 30 anos de carreira e dez discos lançados, Lenine já teve suas canções gravadas por nomes como Elba Ramalho, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, O Rappa, Zélia Duncan, entre tantos outros.

Ganhou cinco prêmios Grammy Latino, dois APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), nove Prêmios da Música Brasileira e já se apresentou em dezenas de países em suas rotineiras turnês internacionais, que também o levaram a alguns dos maiores festivais de música do mundo.

Sobre a Orquestra à Base de Corda:
Mantida pela Fundação Cultural de Curitiba, a Orquestra À Base de Corda se dedica à pesquisa e à divulgação da música brasileira, com uma formação instrumental ímpar – desde 2001 conta com violino, bandolim, cavaquinho, viola caipira, violão, violão 7 cordas, piano e percussão – o que confere ao grupo sonoridade bastante particular.

Seu repertório procura abranger diversos períodos da história da música popular brasileira e inclui composições de seus integrantes. Os arranjos são especialmente elaborados por músicos da orquestra e por nomes como Paulo Bellinati, Maurício Carrilho, Leandro Braga, Dante Ozzetti, Jayme Vignoli, Mario Manga, André Abujamra, Paulo Aragão, Josimar Carneiro. Em 2008, lançou seu primeiro CD intitulado Antiqüera, ao lado do violeiro Roberto Corrêa, tendo sido indicado para o Prêmio Rival.

Mais informações sobre os músicos podem ser encontradas nos sites de Lenine (www.lenine.com.br) e da Orquestra à Base de Corda (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/musica/grupos/orquestra-a-base-de-corda).

João Egashira – Direção Artística:
É natural de Santo André (SP), onde deu seus primeiros passos na música. Ainda na infância mudou-se para Curitiba, onde continuou desenvolvendo seus estudos musicais. Dedica-se principalmente à pesquisa e performance em Música Brasileira, tendo realizado diversos projetos, muitos deles em colaboração com artistas como Roberto Corrêa, Paula Santoro, André Abujamra, Consuelo de Paula, Nicolas Krassik, entre outros.

Dirige a Orquestra à Base de Corda de Curitiba desde 2001, grupo com o qual já apresentou ao lado de nomes como Paulinho da Viola, Dominguinhos, Zeca Baleiro e Renato Borghetti. É mestre em música pela UFPR e atuou como professor em instituições como a PUC (PR) e Conservatório de MPB de Curitiba. Ministrou aulas também nos festivais de Antonina, Londrina e na Oficina de Música de Curitiba. Atualmente é um dos diretores artísticos da Oficina de Música de Curitiba.

Ficha técnica:
Direção Artística e Violão: João Egashira
Cavaquinho e assistente de direção: Julião Boêmio
Bandolim: Renan Bragatto
Violino: Helena Bel
Piano: Fábio Cardoso
Viola de dez cordas: Junior Bier
Contrabaixo: Rodrigo Marques
Violão sete cordas: Vinícius Chamorro
Percussão: Luís Rolim
Músico convidado: Pantico Rocha (bateria)
Técnicos de som: Francisco Santarosa Esmanhoto e Henrique Paiva
Produção Orquestra à Base de Corda: Elizabete Eyting Carlos
Produção: Elias Oliveira
Produção Local: Hecktor Colombo
Design gráfico: Adriana Alegria
Produção Executiva: Banalíssima Arte
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal 

Serviço:
Show Lenine e a Orquestra À Base de Corda
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro - Teatro da CAIXA Nelson Rodrigues              
Endereço: Avenida República do Chile, 230, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
(Entrada pela Avenida República do Paraguai).
Informações: (21) 3509-9600(21) 3980-3815
Lotação: 400 lugares (08 para cadeirantes).
Datas: 18, 19 e 20 de janeiro de 2018(quinta, sexta e sábado)
Horários: quinta e sexta, às 19hsábado, às 17h e às 19h
Duração: 70 min
Ingressos: Plateia - R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)/ Balcão: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 13h às 20h. (As vendas de ingressos iniciam na terça-feira, dia 16, na bilheteria do Teatro).
Classificação indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência



Por Leonardo Alves

2 comentários

  1. Leonardo!
    Ele teve aqui em João Pessoa no final do ano passado e lotou, muita gente, mais atrasada nem conseguiu ingresso e o show foi um arraso.
    Novo Ano repleto de realizações!!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Moro em cidade pequena, quase nunca tenho a oportunidade de participar de shows! Se estivesse no Rio de Janeiro, com certeza iria!

    ResponderExcluir