13 junho 2017

[Crítica Teatral] Tirullipa: Não sou o cara, mas sou filho dele

Data: 11 de junho de 2017
Hora: 18 horas
Local: Barra Music
Toda vez que vamos a um stand up comedy temos aquela grande dúvida: será que assistiremos a um show que se resume a uma pessoa contando histórias bem-humoradas e engraçadas ali na frente? Não que isso seja algo ruim, mas sempre esperamos um pouco mais.

Assim que assumiu o palco, Tirullipa, através de um bate-papo muito descontraído com o público, deixou claro em palavras que aquele seria um espetáculo de stand up diferenciado.

Depois disso, já fomos surpreendidos com uma performance dele e de seus dançarinos (sim, ele tem um grupo que o acompanha nas músicas do início ao fim do show). Eles sempre faziam as interpretações das paródias juntamente com Tirullipa, enquanto os respectivos vídeos eram exibidos no telão.

O público que é fã dos vídeos de paródia pode contar com muitos deles durante todo o show.
Deu para perceber até aqui que estamos falando de uma megaestrutura para um show de humor, certo? E o Barra Music cumpriu magnificamente o seu papel.

Como a maioria das pessoas do Rio de Janeiro sabe, Barra Music é uma casa tradicionalmente de shows de música. Trazer um espetáculo de humor pela primeira vez foi um investimento, uma aposta que deu muito certo. Casa praticamente lotada!

Não vou pontuar cada detalhe do espetáculo para não estragar as surpresas que são muito gostosas da forma como acontecem. Mas posso garantir que Tirullipa é um artista completo e conduz seu show de humor com maestria.

Interage fortemente com a plateia, convida pessoas do público para fazer parte de quadros do espetáculo no palco, agradece a essas pessoas por tornarem possível que ele faça aquele tipo de quadro (achei isso de uma gentileza imensa) e trouxe diversos personagens, incluindo o Tiririca presidente, que conta ótimas histórias.

Ao final, achei superinteressante, pois Tirullipa abriu seu coração e contou sobre toda a sua trajetória profissional de uma forma motivacional e inspiradora, e sim, isso me deixou absurdamente emocionada.

E então ele cantou uma belíssima música agradecendo a Deus por todas as bênçãos da vida. Ele tinha razão: você sai de lá transformado.

Como não se encantar por um show desses? Tirullipa ainda recebeu todos para fotos e autógrafos ao final do show e seu DVD fica à venda durante o espetáculo para quem quiser garantir o seu.

Obrigada à equipe Barra Music por ter nos recebido tão bem! Parabéns pela iniciativa de trazer um show de humor e fazer essa abertura com uma pessoa tão querida e talentosa que é o Tirullipa.

A casa tem uma infraestrutura maravilhosa quanto ao estacionamento, acesso ao espaço, visibilidade do palco, telões, iluminação, som, serviço de comidas e bebidas, bilheteria, credenciamento e uma equipe muito receptiva e atenciosa.


Escrito por Bruna Brezolini

Um comentário

  1. Oi Bruna,
    Tirulipa realmente é muito divertido, com certeza eu assistiria sua peça/espetáculo.
    beijos

    ResponderExcluir