16 junho 2017

[Crítica Musical] Sevdaliza: Ison


A cantora Sevdaliza lança seu primeiro álbum no dia 26 de Abril, intitulado ISON (inspirado no cometa rasante de mesmo nome), que conta com 16 faixas - sendo duas já conhecidas (Human e Amandine Insensible) e lançadas anteriormente em seu segundo EP Children of Silk (2015).

Com uma imagem forte e extremamente feminina, a cantora chega com uma sonoridade quente, sensual e envolvente, que nos leva por uma experiência totalmente sensorial, com sua voz única. As faixas são pura poesia, com letras intimas e reflexivas, usando de versos não muito longos, mas, ainda assim, poderosíssimos em suas mensagens. Passamos por melancolia depressiva de Hero; a sensualidade realista de Human; o feminismo de Amandine Insensible e seu videoclipe DESTRUIDOR; enfim, um turbilhão de emoções que compõe a parte poética desse provocante álbum de estreia.


Sevdaliza é uma mulher forte, atenta ao mundo ao seu redor, mas nunca imune à melancolia de viver onde e quando vivemos. Misturando elementos do trip-hop e R&B tanto moderno quanto clássico dos anos 80, além de elementos eletrônicos e distorções sonoras experimentais, é impossível não se envolver, em algum nível de reconhecimento, emocional ou até mesmo corpóreo, com alguma de suas faixas, que captam sua feminilidade com total maestria e nos presenteia com poesia musical que abraça nossos sentidos. De alguma forma – se é que isso é possível – o álbum possui uma sonoridade intimista, mas também expansiva e dominadora. Longe de ser feroz, ele é quase um lamento ornado com volúpia; um sofrimento melodioso, realista e sincero.

É impossível ficar indiferente ao som de Sevdaliza, que traz um novo alento a cena musical, com músicas ricas e bem construídas, vídeos absurdamente criativos; tudo unido à uma obra artística conceitual, que trafega livre pela alma humana da cantora, explorando toda e cada parte do seu ser.

A complexidade emocional e a atmosfera obscura desse álbum faz com que ele seja um dos melhores – se não O melhor – lançamento que tive o prazer de ouvir esse ano.


Tracklist:

01. Shahmaran
02. Libertine
03. Marilyn Monroe
04. Hubris
05. Amandine Insensible
06. Hero
07. Scarlette
08. Bluecid
09. Loves Way
10. Human
11. Do You Feel Real
12. The Lenguage Of Limbo
13. Repleaceble
14. Grace
15. When I Reside
16. Bonus Track: Angel


3 comentários

  1. Nunca ouvi falar da Sevdaliza, vou pesquisar o trabalho dela

    ResponderExcluir
  2. Oi Irlan,
    Como a Clara também não conhecia!
    mas agora buscarei as músicas para conhecer o trabalho.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aichha. Espero que goste do trabalho dela ❤ é lindo

      Excluir